A Dieta das 8 Horas – Como Funciona, Cardápio e Depoimentos

Especialista:
atualizado em 20/12/2019

Passar horas do dia sem comer nada, com o objetivo de impulsionar o metabolismo e acelerar o processo de perda de peso. Ao mesmo tempo, alimentar-se da maneira que desejar nos períodos em que não estiver em jejum.

É mais ou menos assim que funciona a nova moda do mundo das dietas, de incluir períodos de jejum ao longo do dia. Um desses programas alimentares é a dieta das 8 horas, do livro de mesmo nome, cuja autoria é de David Zinczenko, que também é editor-chefe da revista Men’s Health, e Peter Moore.

Como a dieta das 8 horas funciona?

A ideia do plano alimentar consiste em consumir todas as calorias de um dia dentre o período de oito horas. Por exemplo, isso pode acontecer entre 9h até 17h ou das 11h até as 19h. E, como já adiantado, a pessoa fica livre para montar o cardápio de suas refeições da maneira que bem entender.

Já nas outras 16 horas do dia, a dieta das 8 horas determina que o corpo deve se ausentar da tarefa de digerir alimentos e focar-se nas atividades de reparação e descansar. O programa alimentar baseia-se na teoria de que o organismo humano foi desenvolvido para passar por períodos em que se alimenta, intercalados por momentos de jejum.

A janela de oito horas de consumo de calorias pode acontecer em qualquer período, que provavelmente será determinado pelo cronograma da rotina do praticante do método. E essa janela pode acontecer em um período diferente a cada dia.

Recomenda-se que os iniciantes no plano alimentar comecem seguindo-o somente três vezes por semana, enquanto come da maneira à qual estava habituado nos outros dias. Conforme o tempo for passando, ele deve aumentar gradualmente os dias em que obedece a dieta das 8 horas até chegar a cumpri-la todos os dias.

É permitido comer tudo o que quiser mesmo? 

Sim, porém, as coisas não são tão liberais quanto parecem. Apesar de não apresentar nenhuma restrição em relação aos alimentos, a dieta das 8 horas aconselha seus seguidores a tomar cuidado para não comer em excesso e ficar de olho no tamanho de suas porções, evitando o chamado overeating.

No entanto, o livro da dieta das 8 horas estimula seus leitores a escolher os chamados superalimentos no lugar de comidas processadas e refinadas para compor os seus pratos. A justificativa é que isso aumenta bastante a eficiência da dieta e melhora, de maneira geral, a saúde do seguidor do método.

Além disso, há uma exceção quanto à regra de se alimentar da maneira de que bem entender. Estamos falando das bebidas adocicadas – o programa alimentar desencoraja a ingestão de calorias líquidas, ou seja, de bebidas abundantes em calorias.

Os lanches na dieta das 8 horas 

Dentro do plano alimentar é permitido fazer lanches quantas vezes a pessoa desejar, desde que eles aconteçam dentro da janela de oito horas, obviamente. Entretanto, neste caso também continua valendo o conselho de ter precaução em relação ao tamanho das porções.

Atenção ao café da manhã

Quanto à primeira refeição do dia, a recomendação de um dos escritores do livro, David Zinczenko, é a de começar o dia com o consumo de água, uma xícara de chá ou uma xícara de café, que deve ser seguido de uma sessão leve de prática de exercícios físicos.

Só depois disso é que os seguidores do programa alimentar são aconselhados a consumir as suas primeiras calorias do dia.

Exemplo de cardápio para a dieta das 8 horas

Confira a seguir um exemplo de cardápio para a dieta das 8 horas:

  • Logo após acordar: água, chá ou café.
  • Café da manhã: aveia com amora e xarope de ácer e café, chá ou água.
  • Lanche da manhã: uma barra de granola.
  • Almoço: Arroz, frango, uma salada de vegetais verdes folhosos, 100 g de berinjela grelhada e uma maçã.
  • Lanche da tarde: um brownie.
  • Jantar: um filé de salmão grelhado, uma batata-doce assada com manteiga, uma xícara de brócolis e meia xícara de sorvete para a sobremesa.

Os exercícios físicos

O plano alimentar sugere a prática de oito minutos diariamente como maneira de maximizar o processo de queima de gorduras.

A dieta das 8 horas funciona? 

O programa alimentar promete a eliminação de cerca de 9 a aproximadamente 27 kg. Para ter contato com opiniões mais isentas do que a do autor do livro que apresenta a dieta, é importante conhecer depoimentos na internet de pessoas que aderiram ao método.

No site thefastdiet.co.uk, encontramos o relato de uma internauta que afirmou ter seguido o plano alimentar todos os dias durante o período de um mês. Ela contou que não perdeu peso algum durante esses 30 dias.

Por outro lado, outra usuária da mesma página afirmou estar seguindo o método há uma semana e já ter perdido um quilo.

A palavra de uma especialista

A nutricionista Azmina Govindji, que é da Associação Dietética Britânica (BDA, sigla em inglês), explicou que ao seguir o método é necessário certificar-se de que o jejum não seja muito extremo e que os alimentos escolhidos ofereçam o equilíbrio nutricional requerido pelo organismo para funcionar e prevenir deficiências nutricionais.

Uma preocupação da nutricionista em relação ao método é que o fato de permitir a pessoa comer o que quiser pode não estimular a fazer escolher nutritivas e dar a entender que ela está liberada para consumir todas as guloseimas e fast-food que desejar, desde que seja dentro da janela das oito horas. Algo que sabemos que não é nada saudável.

Ela ainda explicou que a perda de peso não é determinada pelo fato de ficar horas em jejum, mas sim pelo fato da pessoa consumir uma quantidade menor de calorias do que aquela que é gasta pelo seu corpo.

Govindji ainda explicou que mais do que simplesmente o costume de se alimentar dentro de um período de 24 horas, fatores como pouca atividade física, teores escondidos de açúcar e gordura nos alimentos, o hábito de encomendar comidas de rua, fazer lanches calóricos e os tamanhos das porções são determinantes para a crise da obesidade.

Ou seja, isso indica que não é simplesmente o fato de uma pessoa fazer períodos de jejum durante o dia que determina se ela perderá peso ou não. A quantidade de calorias que ela consome, a qualidade, composição e tamanho das porções de suas refeições e seu nível de prática de exercício físico também influenciam em como será o seu processo de emagrecimento.

Desta maneira, para quem deseja emagrecer, o conselho que deixamos é buscar o acompanhamento de um nutricionista, que indicará o melhor e mais saudável método para o seu caso.

Isso é importante para garantir a saúde durante o processo e certificar-se de que se trata de um programa alimentar que possa ser seguido a longo prazo, garantindo que os resultados permaneçam e que o organismo não saia prejudicado.

Você conhece alguém que tenha praticado e que afirme que a dieta das 8 horas funciona? Tem curiosidade de experimentar o método? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (36 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

4 comentários em “A Dieta das 8 Horas – Como Funciona, Cardápio e Depoimentos”

  1. Eu perdi 8 quilos em aproximadamente 2 meses e meio fazendo o jejum das 16 horas. Nas 8 horas eu me alimentava com tudo…não restringi em nada minha alimentação. E o mais importante, como a perda de peso é devagar, cerca de 700 gramas por semana, o peso não voltou depois que parei a dieta. Eu adorei esse método. Recomendo.

      • vc come oq quiser durante oito hrs, dps disso tem que fazer jejum durante 16 hrs. eu como minha primeira refeição ao meio dia e meia e fico ate oito e meia da noite comendo normalmente, dps disso é sem comer nada. mas vc faz seu horario de acordo com oq achar melhor pra vc, eu não costumo comer de manha, entao achei melhor deixar esse tempo sem comer, pois lá pelas oito hrs da noite eu janto.