A Saúde do Intestino Pode Ajudar a Lutar contra Depressão, Diz Estudo

Especialista da área:
atualizado em 28/01/2020

Todos nós já sabemos como a saúde intestinal pode afetar nossa digestão, imunidade e nos ajudar a gerenciar doenças crônicas. Mas e quanto à nossa saúde mental?

  Continua Depois da Publicidade  

Os cientistas há anos já imaginavam que poderia haver uma ligação entre os dois, e um estudo recente mostra como a saúde mental e intestinal podem estar conectadas.

Pesquisadores da Universidade Católica de Leuven, na Bélgica, analisaram a saúde intestinal e cerebral de 1.054 participantes, dos quais 173 foram diagnosticados com depressão ou transtorno de humor. Suas descobertas, publicadas pela Nature Microbiology, mostraram que a presença (ou falta) de certos tipos de bactérias afetou seriamente tanto o humor quanto a depressão nos participantes.

Os pesquisadores decidiram avaliar como seria um microbioma normal e procuraram descobrir se havia uma ligação verdadeira entre as bactérias do intestino e a saúde mental. Faecalibacterium e Coprococcus são duas bactérias indicativas de melhor humor, de acordo com o estudo. Evidências mostraram que várias espécies de bactérias intestinais, incluindo estas duas, estavam faltando nos participantes com depressão.

Mesmo aqueles participantes que tomavam antidepressivos ainda mostraram ter poucas dessas importantes bactérias. Embora os pesquisadores ainda não possam declarar isso como uma causa ou efeito da depressão, evidências mostram que certas substâncias produzidas pelas bactérias intestinais podem afetar a função das células nervosas e, possivelmente, o humor.

Os pesquisadores observaram que a idade, o sexo e o uso de antidepressivos foram fatores consideráveis, já que eles podem influenciar a saúde intestinal e as bactérias por conta própria. Eles também descobriram que alguns participantes com depressão tinham maiores quantidades de uma bactéria específica relacionada à Doença de Crohn, que está relacionada à inflamação e problemas digestivos. Esse é um elo interessante, pois muitos estudos mostraram a proeminência da depressão associada à inflamação.

A conclusão a que chegamos é: apesar de não ser recomendada a troca de antidepressivos por kimchi e kombucha, existem muitos estudos sugerindo que nossas dietas podem ter um impacto sério em nossa saúde mental.

  Continua Depois da Publicidade  

Mudar a forma como você come, optando por gorduras saudáveis, escolhendo grãos integrais no lugar de refinados e etc, não vai curar suas doenças, mas pode ser um bom começo para o abastecimento de seu corpo e boas bactérias com o que eles precisam para lutar contra a doença. Até lá, mais evidências precisam surgir para mostrar o quanto a saúde mental e a intestinal estão interligadas.

Você já tinha ouvido falar que a saúde intestinal é tão importante para o resto do corpo? Pretende mudar um pouco a dieta a fim de cuidar da saúde mental? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário