Açaí Faz Mal Para o Fígado?

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

Conhecido como uma ótima fonte energética, o açaí é uma frutinha roxa bastante conhecida no Brasil e que é típica da região amazônica, onde cresce a açaizeira, que é a palmeira que dá origem a ele.

Considerado também fonte de antioxidantes, o também é conhecido por ter uma ação anti-inflamatória.

Além disso, a cada 100 g de açaí há 247 calorias e ele serve como fonte de nutrientes importantes para o bom funcionamento do nosso organismo, como carboidratos, fibras, potássio, cálcio, ferro, fósforo, vitamina B1 e vitamina C.

Tudo isso parece ser muito bom, não é mesmo? Mas você já parou para pensar em como a fruta pode afetar diferentes órgãos do nosso organismo? Por exemplo, será que o açaí faz mal para o fígado?

A importância do fígado 

Antes de trabalharmos a questão se o açaí faz mal para o fígado ou não, que tal conhecermos um pouco a respeito da importância desse órgão dentro do nosso organismo?

O fígado é conhecido como a maior glândula que existe no organismo humano, que oferece suporte a praticamente todos os outros órgãos do corpo. Não é possível para uma pessoa sobreviver sem que ela tenha um fígado saudável.

O órgão é responsável pela produção de uma substância chamada bile, que é necessária para a digestão de gorduras. Além disso, o fígado atua na desintoxicação do sangue para a eliminação de substâncias prejudiciais como álcool e drogas e no armazenamento do mineral ferro e de algumas vitaminas.

Ele trabalha ainda no armazenamento de glicose, na conversão do açúcar armazenado em açúcar funcional nos períodos em que os níveis de glicose estão abaixo do normal e na decomposição da hemoglobina, da insulina e de outros hormônios.

Mas não termina por aí – o fígado também converte a amônia em ureia, algo descrito como vital para o metabolismo, e atua na destruição dos glóbulos vermelhos velhos.

E então, o açaí faz mal para o fígado? 

O açaí apresenta uma potente ação antioxidante e é uma das frutas que têm maior poder contra os radicais livres, substâncias que causam prejuízos à saúde do organismo e estão associadas ao envelhecimento precoce e ao desenvolvimento de doenças graves como o câncer.

O alimento possui um efeito significativo no que se refere ao sistema de defesa antioxidante do fígado, podendo auxiliar inclusive o processo de eliminação de toxinas.

Vale lembrar aqui que estamos falando da fruta natural e não de suplementos de açaí ou das versões industrializadas do alimento.

Por outro lado

Se estivermos falando do açaí que costumamos tomar em lanchonetes e estabelecimentos do tipo longe da região amazônica, a história pode ser diferente.

Como o sabor original da fruta não é doce, o que acontece é que, para melhorar o seu sabor e originar uma consistência mais atraente e parecida com a do sorvete, o que algumas empresas fazem é acrescentar uma quantidade elevada de conservantes, açúcar, gordura vegetal e emulsificantes.

Um dos ingredientes encontrados nesse tipo de açaí que passa bem longe da fruta original é o xarope de guaraná, que é composto por frutose, que, por sua vez, está associado ao desenvolvimento de gordura no fígado.

Além disso, segundo informações da Agência Fapesp, estudos realizados no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) mostraram que os ganhos metabólicos dos nutrientes da fruta são eliminados quando se trata de bebidas comerciais de açaí, que contam com a adição do xarope de glicose.

A professora associada do ICB-USP, Marília Seelaender, conversou com a Agência e contou que durante a primeira fase das pesquisas, ela e sua equipe testaram as bebidas de açaí em ratos sadios. O resultado foi que eles notaram o início de uma esteatose (ou fígado gorduroso).

Por outro lado, segundo a Agência Fapesp, na segunda etapa dos estudos, os cientistas substituíram o xarope de glicose pelo mel orgânico. Seelaender revelou que, dessa vez, tanto nos bichinhos sadios quanto nos com tumor, a ingestão da bebida fez com que a propriedade anti-inflamatória do açaí fosse manifestada.

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos analisou o açaí na tigela comercializado por uma rede de sucos e smoothies chamada Robeks.

Segundo a pesquisa, o resultado observado foi que cada porção vendida pela empresa, que vinha acompanhada somente de granola e fatias de banana, continha 65 g de açúcar, que é o correspondente a uma garrafa de 600 ml de Coca-Cola.

Agora, imagine só se além da banana e da granola, o consumidor adicionar outros complementos ricos em açúcar como chocolates, caldas, leite condensado e mousses?

A nutricionista e mestre em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Camilly Fratelli, revelou que essa mistura vendida em estabelecimentos como o Robeks leva uma quantidade menor da fruta açaí em sua composição, o que diminui a ação antioxidante.

A nutricionista aconselhou ao consumidor sempre verificar as embalagens dos açaís que comprar para checar se o produto carrega muitos conservantes.

Segundo ela, quanto menos ingredientes ele apresentar, mais saudável ele é. Fratelli ainda deu a dica de comprar o açaí em feiras orgânicas como forma de encontrar opções mais saudáveis do produto.

De acordo com o que a mestre em Ciências disse, existem alternativas de massa que trazem somente açaí e água, que a pessoa pode preparar em casa e acrescentar à própria mistura em sua casa, utilizando acompanhamentos saudáveis como as frutas, por exemplo.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já tinha ouvido falar que o açaí faz mal para o fígado? Tem costume de comer açaí? Como você o encontra em sua cidade? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (16 votos, média: 3,69 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Lucio Pacheco

Dr. Lucio Pacheco se formou em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Em 1996 fez um curso de aperfeiçoamento no Hospital Paul Brousse, da Universidade de Paris-Sud, um dos mais especializados na área de transplantes na Europa. Concluiu o mestrado em Medicina (Cirurgia Geral) em 2000 e o Doutorado em Medicina (Clinica Médica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 2010. Dr Lucio Pacheco é um profundo estudioso na área de doença hepática e escreveu dezenas de livros e artigos sobre transplante de fígado. Atualmente é médico - cirurgião, chefe da equipe de transplante hepático do Hospital Copa Star, Hospital Quinta D´Or e do Hospital Copa D´Or. É diretor médico do Instituto de Transplantes. Tem vasta experiência na área de Medicina, com ênfase em Transplante hepático, atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia geral, oncologia cirúrgica, hepatologia,e transplante de fígado. Dr. Lucio é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos e diversos. Para mais informações, entre em contato com ele.

Deixe um comentário

10 comentários em “Açaí Faz Mal Para o Fígado?”

  1. Então não foi só eu que pensei que açaí do mercado era saudável e comecei tomar todos os dias em uma semana comecei a sentir que o lado direito embaixo da costela dói.Ai fiz vários exames nada consta.Então percebi que toda vez que tomo açaí dói muito embaixo da minha costela sem contar que engordei 3 kg…O açaí com guaraná que eu consumia e não o natural. Agora parei e emagreci novamente e a dor em baixo da costela diminuiu muito.

  2. To chocada! Fiz exames em 10/2018 e tudo normal, fiquei esses últimos 6 meses comendo muito açaí, pois aqui tava muito calor e eu acreditava que o açaí era melhor que o sorvete. Minha barriga começou a ficar estufada e engordei 5 quilos em um mês, dai resolvi fazer exames novamente, estou com o TGO em 143, ou seja, fígado prejudicado. Como eu bebo pouco e não tome remédios, fiquei tentando encontrar uma resposta pra isso, foi quando resolvi pesquisar sobre o açaí. Adeus meu amor pelo açaí. Agora é cuidar da saúde e do meu amado fígado ❤️

  3. Eu 70 anos e suo diabética do tipo 2. como boa paraense de nascença adoro açaí puro, apenas água e a fruta, . aliais eu cultivo a fruta aqui em Magé, Rio de Janeiro, para consumo próprio.
    tenho também gordura no figado. Tomo o açaí diariamente, pois li que o produto é bom para o figado.Assim, não sei até que ponto ele é benéfico para minha saudê.

  4. ola gente! ultimamente vinha comendo muito acai e apresentei um problema de dor abdominal que ate então não tinha ligado diretamente ao consumo de acai.. e foi só piorando até que senti tanta dor abdome enjoo cólicas, que tive que ir pra emergência de um hospital, suspeitaram de pedra na vesícula e fui encaminhada pra fazer ultrassom… resumo descobri que estou com gordura no figado, e isso me causou todos esses problemas como to sem plano de saude não dei continuidade no acompanhamento medico.. e essa matéria que li hoje confirmou oq eu suspeitava realmente esse acai industrializado não é puro e sempre queremos com vários adicionais que pioram ainda mais a “classe nutricional do alimento” a tal da frutose então foi o que me causou tudo isso.. obrigada mundo da boa forma pelo esclarecimento. (detalhe nao tem cura estou impossibilidade de me alimentar normalmente agora é dieta resto da vida).

    • Que bom que contou sua história. Você acaba de ajudar muitas pessoas.
      Espero que em breve, consigam criar uma solução para este problema.

    • tinha 45 anos e descobri que ( ESTAVA ) com gordura no fígado , sofria com enxaqueca e não conseguia trabalhar direito, achei um remédio chamado ( xantinom ) custa aki em manaus R$ 6,45 que mudou minha historia triste graças a DEUS, tomei 3 pílulas ao dia , fiz caminhada , tomei o chá do ibisco junto com a água da beringela , baixei 6 kilos , minha vida mudou, como de tudo agora claro com moderação, estou com 48 anos e agora sou atleta de novo. adeus vida sedentária , não aceite doença na sua vida, vamos lutar contra elas, boa sorte e que DEUS abençoe

      • Fabio. Sua história me incentivou a mudar meus hábitos. To c gordura no fígado e funções hepáticas super elevadas. Tenho q criar vergonha na cara e fazer exercício

  5. Boa noite,

    Descubri que estou com estía tosse hepática que conhecemos como gordura no sangue e fui restrita de come ,frituras, refrigerante ,e massas.
    Até do açai fui restrita esse regime estar correto.

    E O que devo fazer para melhorar? Pris,ajudeminha.

  6. O açai do Pará é o melhor açai para consumo.É puro e livre de misturas que geralmente se vê nos sucos comercializados no sul e sudeste. Gostaria de saber se esse da amazônia, que é um liquido grosso e puro, faz mal? Geralmente ele comido aqui com farinha de madioca e outras comidas. No pará há um grande índice de câncer de estomago. Será que tem haver com a ingestão da fruta?