Ácido Hialurônico para Olheiras – Como Funciona, Riscos, Antes e Depois e Cuidados

Existe um grande debate entre pessoas que acreditam ou não na eficácia dos cremes para a região dos olhos. Diariamente, mulheres e homens usam cremes e produtos ao redor dos olhos até duas vezes por dia com a intenção de diminuir rugas e olheiras. Mas será que esses produtos realmente funcionam? Quais são os riscos de aplicar cremes em uma região tão sensível?

Em tratamentos para olheiras, uma substância muito presente em diversos produtos para esse fim é o ácido hialurônico. Apesar de ser um ácido, que muitas pessoas associam a algo que resseca e danifica a pele, este composto é um ótimo hidratante. A hidratação promovida pelo ácido hialurônico permite que a pele fique menos rugosa e flácida.

Vamos discutir o uso de ácido hialurônico para olheiras, conferir como funciona e tratar dos riscos e cuidados associados ao seu uso.

Causas das olheiras

As olheiras incomodam muito porque fazem a pessoa parecer mais velha e cansada. Com o passar dos anos, os tecidos ao redor dos olhos vão se degenerando, causando a aparência indesejada de cansaço devido ao volume ao redor dos olhos.

Existem dois tipos de olheiras:

  • Pigmentadas: são aquelas em que as pessoas tem a pele muito fina e é possível enxergar as veias sob a pele, dando a impressão de que o redor do olho está roxo ou esverdeado.
  • Profundas: ocorrem quando a região ao redor dos olhos fica funda devido à perda de tecido adiposo (gordura) na região.

Por ser mais sensível que o resto do rosto, qualquer alteração nessa região dos olhos causa um desconforto, pois acaba se destacando em relação ao resto da pele, que é mais grossa e resistente. Além disso, à medida que envelhecemos, um osso presente na região se alarga, causando um afundamento adicional no local.

Antes de começar a procurar produtos com ácido hialurônico para olheiras, é preciso investigar as causas das mesmas. Muitas vezes as olheiras ocorrem por causa da retenção de líquido, principalmente água, causando um inchaço permanente na região. Outro fator envolvido pode ser genético. Além disso, a exposição sem proteção à radiação UV proveniente do sol, envelhecimento, estresse, fadiga e alergias podem influenciar no aparecimento de olheiras.

Apesar de qualquer creme ou produto que contenha ácido hialurônico ser eficaz no tratamento das olheiras, o efeito é apenas temporário. Por conta disso, é interessante usar o método de injeção de ácido hialurônico, procedimento que pode ser feito em clínicas estéticas e que pode durar um tempo maior, apesar de também ser temporário.

Ácido hialurônico – O que é?

O ácido hialurônico é um componente natural importante produzido por células fibroblastras da pele, que diminuem à medida que você envelhece. A pele começa a perder o ácido hialurônico desde os 18 anos, mas rugas e outros danos causados pela perda de ácido hialurônico geralmente não aparecem até o final dos 30 ou início dos 40 anos de idade.

Preservar ou recuperar o ácido hialurônico da pele é um objetivo de muitos cientistas e produtos de cuidados da pele que podem ajudar com essas tarefas para manter a pele flexível e jovem por mais tempo.

Esse ácido é uma substância com capacidade de atrair e absorver água com grande facilidade – capaz de absorver até mil vezes sua própria massa em água. Por esse motivo, ela pode ser usada como um método para preenchimento de imperfeições na pele como olheiras, rugas, cicatrizes, contornos e remodelação do nariz.

Dentre as propriedades interessantes do ácido hialurônico estão funções importantes que incluem a retenção de umidade, proporcionando uma espécie de amortecimento que ajuda no reparo de tecidos, mantendo juntos os componentes estruturais da pele compostos por colágeno e elastina e ajudando a criar uma barreira protetora contra micro-organismos.

Dose

A concentração, isto é, a quantidade de ácido hialurônico utilizada nos tratamentos varia de acordo com o alvo almejado.

Para preenchimento de lábios, por exemplo, a densidade do produto deve ser maior do que a usada na redução de linhas finas como rugas. Para tratar olheiras, é utilizada uma densidade intermediária, porque a pele ao redor dos olhos é bem mais fina que a dos lábios.

As injeções, no caso das olheiras, devem ser mais profundas do que em outros lugares para evitar o acúmulo de ácido hialurônico na superfície da pele, o que pode causar o efeito contrário gerando hematomas, nódulos e inchaço.

Efeito

Apesar do ótimo resultado final, a utilização do ácido hialurônico para olheiras não é um enchimento permanente. O ácido aplicado geralmente é quebrado após a aplicação e absorvido pelo organismo em 3 a 9 meses a partir da injeção inicial (dependendo da dose aplicada), o que requer uma nova aplicação após esse período para manutenção dos resultados obtidos.

O lado bom disso é que se o resultado não for aquilo que o cliente esperava, em alguns meses o efeito vai se perdendo e a pele retorna ao estado inicial. O desconforto é que a aplicação deve ser feita frequentemente para manter os resultados.

Existem produtos no mercado que combinam um gel de ácido hialurônico de baixa densidade que estimula a produção de colágeno e elastina com substâncias que trabalham para melhorar o tom e qualidade da pele. Dentre essas substâncias usadas estão aminoácidos, antioxidantes, minerais e vitamina B6.

Como funciona o ácido hialurônico para olheiras

Muitos produtos de uso diário para cuidado da pele usam ácido hialurônico em sua composição. Produtos tópicos como cremes com ácido hialurônico são considerados eficazes para hidratar as células presentes na superfície da pele, o que evita a perda de água e protege a pele da sujeira e poluentes do ar.

Já os enchimentos são injetados nas camadas mais profundas da pele, podendo substituir o ácido hialurônico ausente na derme, restaurando ao menos temporariamente o tecido adiposo escasso e preenchendo rugas e imperfeições. Isso provoca uma aparência mais jovem nas regiões em que o produto é aplicado, além de aumentar a elasticidade na pele.

O preenchimento por meio de injeções de ácido hialurônico para olheiras é um tratamento rápido em que a aplicação não dura mais de meia hora e o resultado pode ser observado por cerca de um ano.

As agulhas usadas no procedimento são muito finas e pequenas. O tratamento é feito sob anestesia tópica (usando um creme anestésico) e no mesmo dia é possível fazer atividades normalmente. Após as injeções, é aplicada uma leve pressão sobre o tecido para distribuir a substância no local e obter melhores resultados. As propriedades do ácido hialurônico fazem o resto, corrigindo as imperfeições e melhorando o aspecto da pele.

O resultado é imediato e duradouro. O ácido hialurônico utilizado para esse tipo de tratamento possui propriedades que melhoram a estrutura da pele, melhorando também o tom e a luminosidade. A recomendação é realizar esse tratamento gradualmente, pois é melhor repetir a aplicação, se necessário, do que realizar uma aplicação de dose elevada e obter resultados exagerados ou muito visíveis. Para evitar um resultado exagerado, é melhor que as mudanças sejam progressivas.

Geralmente, este tratamento é realizado em homens e mulheres com 40 anos, já que é nessa idade que a região dos olhos efetivamente começa a perder volume no sulco ocular e as olheiras se tornam mais pronunciadas. No entanto, o tratamento pode ser feito em pessoas mais jovens que sofrem com o problema por motivos relacionados à etnia ou hereditariedade.

Deve ficar claro que a pigmentação nem sempre é alterada com este tratamento. O ácido hialurônico é usado para preencher o sulco da área, mas não altera o pigmento escuro da pele. Embora existam casos em que a cor escura seja melhorada nas olheiras, não se trata de um efeito garantido do produto.

Riscos

O mais importante em qualquer procedimento é encontrar um médico qualificado. Contraindicações existem no caso de mulheres grávidas ou que estão amamentando, por poder causar problemas ao bebê.

Também é preciso tomar cuidado com pessoas que sofrem de doenças autoimunes, alérgicas à substância lidocaína, que possuem cicatrizes hipertróficas ou quelóides. Nesses casos, a aplicação de ácido hialurônico também não é indicada por poder ocorrer alergias ou inchaço ainda maior na região, ao contrário do resultado desejado.

Por se tratar de um componente natural, é muito raro ocorrer efeitos secundários e há baixa incidência de reações alérgicas. Porém, em alguns casos podem ser observadas irritação ou inflamação na área de aplicação, vermelhidão, hipersensibilidade, descoloração da pele, dureza, irregularidade e coloração roxa. Ainda que existam, tais efeitos colaterais do ácido hialurônico costumam ser leves e desaparecem em 2 ou 3 dias após a aplicação.

Outro efeito colateral bem menos frequente tem relação com os músculos presentes na região do olho. O músculo orbicular do olho é menos compacto que os demais e apresenta uma maior separação entre as fibras. Por este motivo, existe um risco de que o ácido hialurônico injetado migre através dessas fibras para um plano superficial, causando um inchaço sob os olhos.

Isso pode ocorrer mesmo se a aplicação for bem sucedida. É um risco associado ao tratamento. Para evitar este problema, é recomendado que o tratamento seja contínuo com um produto de baixa densidade e em pequenas doses.

De um modo geral, os produtos à base de ácido hialurônico para olheiras são altamente seguros. Existem poucas reações alérgicas ou efeitos colaterais envolvidos e quando ocorrem, somem em poucos dias após a aplicação da substância.

Antes e depois do uso de ácido hialurônico para olheiras

Os enchimentos cosméticos para tratar olheiras são um dos tratamentos mais procurados em clínicas de estética. Como se trata de uma questão muitas vezes genética, muitos jovens sofrem com olheiras e procuram procedimentos estéticos para melhorar a aparência.

É possível realizar o procedimento através de um método simples que não envolve cirurgia. É o caso dos enchimentos injetáveis abordados acima. Porém, é preciso analisar bem a área e consultar um médico especialista na clínica escolhida. Isso porque em alguns casos, o tratamento pode resultar em maior volume na área abaixo dos olhos, onde já existe tecido adiposo. Uma tentativa de camuflar esse inchaço pode piorar a situação. Por esse motivo, é preciso analisar caso a caso em uma clínica especializada antes de iniciar o tratamento com ácido hialurônico para olheiras.

Com essas precauções, é possível obter ótimos resultados. A imagem abaixo mostra um antes e depois do tratamento com ácido hialurônico para olheiras realizado na clínica Prasad, especializada em tratamentos cosméticos em Nova York, nos EUA. Mais imagens abaixo representam o antes e depois do tratamento com ácido hialurônico realizado numa clínica de cosméticos em Londres.

O resultado é realmente impressionante e disfarça muito bem as olheiras, sem a necessidade de ficar usando maquiagem na região diariamente para camuflar o problema.

Cuidados e dicas

Não há dúvidas de que a pele em torno de seus olhos é mais frágil do que a pele do resto do rosto, portanto ela necessita de atenção redobrada.

Além do tratamento com ácido hialurônico para olheiras, é importante ter uma alimentação saudável, beber bastante água, tomar vitaminas, fazer exercícios e usar protetor solar diariamente para ter uma pele saudável.

Um destaque é o retinol (um derivado da vitamina A), que apresenta uma eficácia bastante comprovada no combate ao envelhecimento. Além da vitamina A, especialistas recomendam o uso de vitamina C e peptídeos que também apresentam benefícios quanto à prevenção  do envelhecimento da pele e a deixa mais forte e saudável. Além de agir na redução das olheiras, o ácido hialurônico também é utilizado para diminuir rugas.

Sempre que se submeter a um tratamento estético, escolha bem a clínica e um profissional capacitado para avaliar o seu caso e preste atenção na resposta do seu organismo. Se ocorrer irritação ou inchaço na região, o tratamento deve ser interrompido imediatamente.

Você tem vontade de experimentar um tratamento com ácido hialurônico para olheiras? Conhece alguém que tenha feito e obtido bons resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (61 votos, média: 3,85 de 5)
Loading...

22 comentários em “Ácido Hialurônico para Olheiras – Como Funciona, Riscos, Antes e Depois e Cuidados”

  1. Oiii que delicia , vc consegui , que sonho !! Foi aplicado a famosa enzima ? Doe-o? Deformou os contornos dos teus olhas na hora eu teve que esperar uma semana para uma voltra ao normal ? Quem
    Fez pra vc querida ? Estou desesperada …. com com Bolas , e Bolsa’s …. super trite obrigada por ajudar , viajo amanhã fora do país , terei umas horas para fazer isso ??

  2. Foi usado o renova fill. Esse é indicado para aplicação em olheiras mesmo? andei dando um pesquisada, me parece que esse não é indicado pra essa região, a densidade não é adequada. Alguém pode me dizer se esse pode ser aplicado nas olheiras?

  3. Eu fiz o preenchimento faz 15 dias. Continua inchado e roxo, o procedimento foi feito com canula. Meu médico disse que é normal, não senti firmeza no que disse. Nunca fiz procedimento algum. Pesquisei bastante para achar um cirurgião capacitado, mas acho que não deu certo. No sábado fui na pizzaria, e a luz do local ressalto bem o lugar da aplicação, ficou um vergão no local da aplicação. Parece que fiquei deformada. Fiquei muito triste. Dependendo a iluminação do local aparece certinho onde passou a canula com o ácido. Horrível. Agora estou procurando alguém pra me ajuda a reverter isso. Nunca mais faço essa aplicação. Sumiu as olheiras mas em compensação fiquei deformada.

  4. Eu fiz o preenchimento de olheiras com ácido hialurônico, mas eu tenho que fazer a massagem para por ele no lugar todos os dias, porque ele escorre para a bochecha! Isso é normal? Porque que isso ocorreu?

  5. Oi Dra, fiz um procedimento com Ácido Hialurônico na região dos olhos e ficou muito inchado. Na verdade esta até hoje. Faz 14 dias que o procedimento aconteceu e o inchaço não sai. O médico sugeriu que eu fizesse uma ação reversa. Que ele aplicasse uma enzima para reverter a ação. Não estou confiante. Poderia dizer se isso realmente existe?!
    Obrigada

  6. Passei pelo mesmo problema relatado acima. Tive uma reação horrível, mesmo o produto tendo sido aplicado, com toda a cautela, por um cirurgião plástico conhecido. Ficaram dois nódulos nos locais das aplicações, 24hs após o término do procedimento. Usei corticoides em doses altas, por via oral e melhorou o aspecto. Mas ao para de tomar dexametasona, o problema voltava, a reação alérgica retornava. Para solucionar definitivamente, meu médico acabou aplicando uma enzima chamada hialuronidase, que “dissolve” o ácido hialurônico. Depois, fez uma pequena punção no local e retirou todo o produto. Deu certo. Não fiquei com sequelas. Tenho certeza que meu médico foi competente, meu organismo ´que não aceitou o produto. Tanto que o uso da hialuronidase resolveu. Sugiro a quem quer acabar com o sulco embaixo dos olhos que procure um cirurgião plástico que use a sua própria gordura para fazer preenchimento. ÁCIDO HIALURÔNICO NUNCA MAIS.

    • O procedimento de reversão doeu muito? Vc sabe dizer se corre o risco de ficar pior?
      Estou bem preocupada

  7. Fiz a aplicação em dezembro de 2018. Achei q com o passar dos dias fosse desinchar as bolsas! No retorno a dermato disse q por conta do melada parecia, somente dava a impressão de inchaço, mas iria melhorar. Já estamos em março e por qualquer coisa as bolinhas sobem muito e ficam inchados com bolsas que nunca tive abaixo doa olhos!!!

      • Nossa, fiquei assustada agora. Fiz a segunda aplicação hoje e ficou super inchado. Uma bolsa sob o olho…. será que ficará assim? Ou é normal esse inchaço?

          • Desinchou, mas ficou roxo e vermelho embaixo. Não sei como conseguiram, mas ficou assim! E ainda está com profundidade. Outro dia tirei uma foto sem make para um grupo de amigas e perguntaram se eu estava chorando… tentando reverter, mas tenho receio de piorar.

          • Eu fiz no mesmo dia um preenchimento e aplicação de melasmo dia 16/05, meninas pense que meu rosto do lado esquerdo inchou, como se eu estivesse tomado um murro, debaixo do olho fez uma bolsa enorme. Entrei em contato com o medico ele disse que era normal do procedimento, que eu fizesse complexa de gelo por dias e tomasse Decadron por três dias…graças a Deus desinchou, mais passei uns 5 dias desesperada. Bom o resultado não foi o que eu esperava, pois eu já tinha uma bolsinha no olho esquerdo que continuou…não faço mais.

    • Ola suelen , o decadron foi para desinchar o ácido hialurônico ! Ajudou ????? Voltou ao normal, se instabilísou? Também tive problemas ….. fiquei inchada e pior , com
      Bolsas … nunca tive ! Estou procurando soluções ,help ! Obrigada querida

  8. Creio que você não teve sorte ou a aplicação não foi bem feita, pois fiz uma primeira seção com ácido hialurônico, na Santa Casa, no Centro do Rio De Janeiro, com excelentes resultados, e vou fazer a segunda aplicação, chamada de corretiva, nos próximos dias.

  9. Adoraria mandar a foto de como ficou o meu. Um verdadeiro pesadelo desde 2015. Tentei antídoto pra tirar, mas nao adiantou. O produto fez bolsas abaixo do olho e até hoje preciso conviver com essas bolotas horríveis que nunca tive. Tudo pq queria apenas nao ter q me maquiar pra esconder pequenas olheiras. Nunca foi vaidosa, apenas estava com alergia aos corretivos e queria evita-los. Mas essa aplicação foi terrível. Acabou comigo. Chorei muito. Fiquei mais de 3 meses trabalhando home office. Até hoje, anos depois, fico numa tristeza sem fim ao olhar pra elas. Q aparentemente diminuíram por conta de uma dermatologista que tentou me ajudar e conseguiu separar as bolotas que se criou. Muito triste. Muito mesmo.

    • Creio que você não teve sorte ou a aplicação não foi bem feita, pois fiz uma primeira seção com ácido hialurônico, na Santa Casa, no Centro do Rio De Janeiro, com excelentes resultados, e vou fazer a segunda aplicação, chamada de corretiva, nos próximos dias.

    • Oi Pessoal, só para compartilhar com todos, fiz a reversão do Ácido Hialurônico na segunda-feira passada. Ficou perfeito…. voltou todo aspecto anterior que estava e a ação é na hora. Eu preferi não fazer com o médico que preencheu porque não senti que ele fosse tee os cuidados necessários e acertei na escolha. . Um anjinho, cuidadosa e bem caprichosa no procedimento de reversão. Me pediu para aguardar na própria clinica uns 15 minutos e voltamos para ela ainda fazer o retoque. Conclusão: super feliz. Compartilho aqui para que vocês não se preocupem pois da jeito sim nesse problema

Deixe um comentário