Dieta de Usain Bolt para Máximos Resultados

Especialista:
atualizado em 12/02/2020

Quem nunca ouviu falar de Usain Bolt? O jamaicano é tricampeão olímpico na corrida nos 100 metros rasos do atletismo, já correu a prova em 9s58 e é detentor de um total de nove medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos.

A dieta de Usain Bolt

Qualquer atleta profissional que se preze necessita de toda uma preparação para manter sua performance em alto nível e atingir os seus objetivos, o que inclui uma alimentação apropriada e específica.

Você já parou para imaginar como funciona a dieta de Usain Bolt? O que será que o tricampeão olímpico costuma comer? É isso o que iremos descobrir mais abaixo.

O jamaicano revelou que durante o dia ele se alimenta de maneira que tenha energia suficiente para o seu treinamento e preocupa-se em manter uma digestão rápida. Já no período da noite, antes de dormir, ele consome uma quantidade alta de alimentos.

O medalhista olímpico ainda relatou que seu treinador o aconselhou a comer muitos vegetais, grupo de alimentos que ele consome mais do que outros tipos e confessou que, apesar de comer brócolis, não é um grande fã do legume.

Mas as coisas nem sempre foram assim: quando começou a correr, a dieta de Usain Bolt não era tão regrada. O atleta contou que comia tudo o que quisesse no início da carreira, mas que a partir do ano de 2012 passou a focar mais em sua alimentação e adaptou sua dieta de maneira a comer mais proteínas e vegetais.

Usain Bolt ainda contou que quando começa a trabalhar com um treinador e precisa atingir determinado peso e se pesa todos os dias, ele também tem a necessidade de tomar cuidado com o que come.

E os desejos por guloseimas?

E quem disse que campeão olímpico não sofre com os desejos por alimentos não saudáveis? O jamaicano revelou que quando isso acontece, o jeito é olhar para o lado oposto e que a comida que ele mais costuma desejar são as chamadas hot wings, um frango frito típico norte americano.

Uma mostra de como o atleta curte comer frango frito é que reza a lenda que Bolt consumiu mil nuggets de frango enquanto estava em Pequim, na China, para os Jogos Olímpicos no ano de 2008. Suas porções de nuggets de frango eram acompanhadas por batata frita e tortas de maçã.

A nutricionista do time de futebol inglês Fulham, Caroline Farrell, explicou que os atletas necessitam de muitas proteínas e que o frango (não os nuggets), que Bolt tanto gosta, serve como uma ótima fonte do nutriente.

Entretanto, o frango frito em imersão não é exatamente o jeito mais apropriado para atender as necessidades do corpo em relação às proteínas – a nutricionista afirmou que comer 100 nuggets diariamente traz mais gorduras não saudáveis e uma quantidade menor de proteínas que o frango magro.

Caroline ainda esclareceu que os atletas precisam consumir alimentos integrais que são densos em nutrientes no lugar de qualquer tipo de comida processada, que costuma ser rica em gorduras não saudáveis e pobre em nutrientes importantes para o organismo, e que é extremamente importante evitar o fast food.

Ela completou dizendo que esse cuidado é importante porque o fator alimentar afeta a recuperação, algo que é essencial para aqueles que praticam treinamentos em alta intensidade e volume.

O cardápio da dieta de Usain Bolt

Para você ter uma ideia de como funciona a dieta de Usain Bolt, o seu café da manhã pode trazer um sanduíche de ovo, o almoço pode contar com massa e carne de conserva ou peito de frango ou peixe, nas ocasiões em que ele precisa pegar leve na carne.

Durante o dia, o jamaicano consome frutas como manga, abacaxi e maçã e no jantar podem aparecer pratos como bolinhos jamaicanos e frango assado ou vegetais.

A nutricionista Caroline Farrell também analisou o cardápio da dieta de Usain Bolt. Em sua opinião, o café da manhã oferece um início sólido para o dia, já que se trata de uma combinação entre proteínas e carboidratos.

Porém, ela afirmou que adicionaria um iogurte natural com frutas vermelhas, canela e sementes de chia. A explicação é que o iogurte serve como uma fonte extra de proteínas, as frutas vermelhas e a canela são ricas em antioxidantes e as sementes de chia colaboram com a recuperação por serem fonte de ácidos graxos ômega 3.

Farrell acredita que o almoço da dieta de Usain Bolt é ótimo, apesar de esperar que a massa utilizada por ele seja integral. Ela também adicionaria uma salada cheia de vegetais coloridos e um molho de cúrcuma, que é apontado por ela como uma especiaria que é ótima para diminuir a inflamação e auxiliar a recuperação.

Os lanches do jamaicano com frutas também recebem elogios, mas ela destaca a necessidade de incluir proteínas que precisam ser consumidas durante o dia todo para contribuir com a manutenção da massa muscular. Por isso, ela indica a adição de ingredientes como nozes, sementes, iogurte, manteiga de amendoim, shakes de proteínas ou barrinhas de proteínas.

Por fim, ao analisar o jantar da dieta de Usain Bolt, a nutricionista afirma que se a escolha for os bolinhos jamaicanos com os vegetais, a refeição carece de proteínas. Além disso, se os bolinhos forem fritos, eles serão cheios de gorduras não saudáveis.

Sua sugestão de jantar para Bolt seria salmão orgânico, com vegetais cozidos ao vapor batata-doce em fatias, um cardápio que ela considera melhor para ajudar a recuperação depois de um dia de exercício intenso.

A dieta de um velocista 

Como o treinamento de um atleta velocista é rigoroso, é necessário consumir uma determinada quantidade suficiente de calorias para sustentar o esforço exigido ou o treino não poderá ser realizado.

Ainda assim, ao ser comparado com um atleta de resistência, suas necessidades são relativamente baixas, e o velocista precisa tomar cuidado para manter o seu percentual de gordura no corpo no mínimo, especialmente na preparação para uma competição.

Na comparação de Bolt com um atleta como Mo Farah, que possui quatro medalhas de ouro olímpicas e é campeão das corridas de 5 mil metros e 10 mil metros, enquanto o primeiro precisa apenas combater a fome ao mesmo tempo em que garante que não esteja totalmente saciado, o segundo necessita carregar o seu corpo de carboidratos antes de uma competição.

60% das calorias consumidas diariamente por um velocista devem vir de fontes magras de proteínas, enquanto 30% deve corresponder à ingestão dos carboidratos. Já os 10% devem vir das gorduras saudáveis.

Além disso, Usain Bolt também utiliza regularmente um suplemento de vitamina C e consome bebidas energéticas da marca Gatorade, que patrocina o jamaicano, como forma de enfrentar o calor escaldante de seu país.

Entretanto, a respeito do uso de bebida energéticas, a nutricionista Caroline Farrell acredita que elas só devem aparecer em um contexto de treinamento, por conta do seu teor considerável de açúcar, que pode fazer com que a sua serventia como fonte de carboidratos, sódio e potássio não valha a pena (fora de um contexto de treino).

Farrell ainda alertou que o mais importante para a dieta de Usain Bolt é comer as coisas certas na hora certa, de modo que tenha a estrutura necessária para suportar os exercícios e treinamento. Segundo a nutricionista, isso inclui as proteínas, os carboidratos, as gorduras, os antioxidantes e a hidratação.

Caroline também ressaltou a importância do velocista inserir alimentos que fortaleçam o seu sistema imunológico – até porque ele não pode treinar doente.

Cuidados 

Você pode até inspirar-se na dieta de Usain Bolt para obter os seus máximos resultados, porém, não pode simplesmente copiá-la sem passar por um nutricionista e ter orientação na hora de definir o seu próprio cardápio.

É necessário ter em mente que tanto a rotina quanto os objetivos do jamaicano provavelmente são diferentes dos seus – ele ganha a vida treinando e competindo em alto nível e por isso precisa alimentar-se de determinada maneira.

Assim, antes de saber qual tipo de alimentação é ideal para você, o primeiro passo é definir quais são os seus objetivos. Depois, você deve consultar-se com o nutricionista, apresentar a sua rotina diária, incluindo a de treinamentos, para que ele possa definir como deve ser o seu cardápio para que essas metas sejam alcançadas, você receba os nutrientes e energia que seu corpo precisa para trabalhar e a integridade da sua saúde seja mantida.

O que você achou do cardápio da dieta de Usain Bolt? Esperava alguma coisa diferente pra preparação do supercampeão jamaicano? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “Dieta de Usain Bolt para Máximos Resultados”

  1. ESSE ASSUNTO DE “GORDURAS NÃO SAUDÁVEIS” É MUITO POLÊMICO, COM AS METANÁLISES QUE VÊM SENDO PUBLICADAS ULTIMAMENTE. O QUE SÃO “GORDURAS NÃO SAUDÁVEIS”? GORDURAS SATURADAS? ISSO VEM SENDO CONFRONTADO COM NOVOS ESTUDOS.