Dor nos seios – O que pode ser e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 29/04/2021

A dor nos seios pode afetar mulheres grávidas, puérperas e sem filhos. Entenda agora o que pode ser a dor na mama e como tratar.

  Continua Depois da Publicidade  

A dor na mama (ou mastalgia) é a dor que algumas mulheres sentem nos seios. Apesar de ser preocupante, fique tranquila, pois é pouco provável que esse seja um sintoma de câncer de mama.

Além disso, é importante saber diferenciar a dor nos seios da dor no peito – que pode ser um sintoma de algo grave.

Ainda assim, é importante saber a causa da dor para conseguir tratar o problema e se livrar da dor. Por isso, veja abaixo o que pode ser e o que fazer para aliviar a dor nos seios.

O que pode ser

dor na mama

As principais causas da dor nos seios se devem a alterações hormonais que ocorrem no corpo das mulheres ao longo da vida.

Existem dois tipos de dor: a cíclica e a não cíclica.

1. Dor nos seios cíclica

A dor cíclica é aquela relacionada com o sistema reprodutivo feminino. Assim, ela geralmente surge no início da menstruação e diminui durante ou depois do período menstrual.

A maioria dos casos de dor nos seios é uma dor cíclica causada por:

TPM ou menstruação

A maioria das mulheres sofre com sintomas da tensão pré-menstrual. E um dos sinais de que a menstruação está chegando é a dor nos seios.

Puberdade

As primeiras dores nas mamas podem surgir no início da puberdade – justamente por causa das mudanças hormonais que ocorrem no corpo da mulher.

  Continua Depois da Publicidade  

Menopausa

Mulheres que estão prestes a passar pela menopausa ou que acabaram de chegar nessa etapa da vida podem ter dor nas mamas por causa da alteração brusca nos níveis de hormônios como o estrogênio e a progesterona.

Gravidez

No primeiro trimestre da gravidez, as mulheres podem sentir dores nos seios. Isso acontece porque são nos primeiros meses de gestação que o corpo mais muda para nutrir e proteger o feto.

Amamentação

Durante a amamentação, muitas mulheres têm dor nos seios. As causas podem ser variadas – desde a pega inadequada do bebê até um bloqueio nos dutos mamários (mastite).

Cisto mamário

Ao longo do tempo, parte do tecido mamário da mulher pode ser substituído por gordura. Nesse processo, podem se formar cistos mamários.

Na maioria dos casos, o cisto mamário não é preocupante, mas é importante monitorar o cisto (ou cistos) em consultas periódicas com o seu ginecologista.

2. Dor nos seios não cíclica

Enquanto isso, a dor não cíclica tem outras causas que não estão relacionadas com o ciclo menstrual.

Lesão na mama

Qualquer lesão na região das mamas pode causar dor. Nesse caso, geralmente é observado também algum outro sintoma na pele: como vermelhidão, inchaço ou hematomas.

Uso de remédios

Certos medicamentos podem causar dor nas mamas. Nem sempre isso acontece de fato, mas é importante informar ao seu médico se você sente dor nos seios e toma remédios como:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Antidepressivos;
  • Remédio para terapia hormonal;
  • Antibióticos;
  • Remédio para doença cardíaca.

Como tratar

mastalgia

Para que você elimine a dor na mama, é importante entender se a dor é cíclica ou não cíclica. Assim, será possível determinar a melhor abordagem terapêutica.

Dessa forma, se a sua dor é causada por flutuações hormonais associadas ao ciclo menstrual, você tem uma dor cíclica que pode ser reduzida:

  1. Usando um sutiã que dê suporte às mamas durante o dia;
  2. Reduzindo a ingestão de sódio na dieta;
  3. Tomando um anticoncepcional oral recomendado pelo ginecologista para regular o ciclo menstrual;
  4. Diminuindo o consumo de cafeína;
  5. Usando o tamoxifeno, que é um remédio que bloqueia o estrogênio, se você tiver estrogênio muito alto;
  6. Massageando o local;
  7. Bebendo chás com propriedades relaxantes;
  8. Usando uma compressa quente que alivia a dor;
  9. Tomando remédios para aliviar a dor como os analgésicos ou os anti-inflamatórios como o ibuprofeno e o paracetamol, por exemplo.

Veja também quais são os melhores chás para a menstruação descer mais rápido.

Já uma dor não cíclica precisa ser tratada de acordo com a causa específica. Por exemplo, casos de mastite precisam ser tratados com antibióticos.

Por outro lado, uma mulher com dor por causa de mamas grandes pode precisar de ajustes na postura ou até mesmo de uma cirurgia de redução de mamas.

Quando a dor é causada pelo uso de algum remédio, o médico deve ser informado para que ele possa fazer ajustes na dose ou trocar o remédio. Mas nunca interrompa nenhum tratamento sem antes conversar com o seu médico.

Por fim, saiba que cada caso é um caso e alguns nem precisam de tratamento. Mas cabe a você e ao seu ginecologista determinar a melhor forma de tratar a dor nos seios – principalmente se o desconforto está afetando a sua qualidade de vida.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sentiu dor nos seios? O que fez para se sentir melhor? Comente aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário