Espartilho Afina a Cintura?

Especialista:
atualizado em 07/09/2018

Todas as mulheres gostam de ser sensuais e vestir roupas que evidenciem as partes mais atraentes de seu corpo, não é verdade? Há diversas roupas que podem ser consideradas as mais utilizadas pelas mulheres, mas podemos notar que independente dos horários, ou das ocasiões, o espartilho estará presente, independente das combinações escolhidas.

Sabemos que a peça pode atribuir uma característica diferente à combinação de roupas, mas não é apenas por esse motivo que ela pode se tornar a favorita em muitos guarda roupas. Afirma-se que o espartilho afina a cintura, mas será que essa é uma realidade ou apenas um efeito visual?

É exatamente sobre isso que iremos compreender melhor; gostando das dicas e informações aqui expostas, você poderá correr para comprar aquele que lhe agrade mais e sair por ai com a autoestima mais elevada e com a cintura mais fina.

O que é um espartilho?

O acessório pode ser utilizado sobre blusas e peças. Ele dá destaque à região abdominal e pode inclusive destacar outras regiões do corpo. O espatilho afina a cintura por ser adequado de acordo com as suas medidas através do método conhecido como tight lacing, que pode ser traduzido da língua inglesa como laço apertado, ou seja, quanto mais apertado você amarrar os laços, mais delineada pode ficar sua cintura.

Afirma-se que a peça não só oferece o benefício de reduzir a circunferência, mas pode ocasionar consequências à sua postura, às costelas e até à circulação sanguínea. Você pode encontrar o espartilho conhecido como tight comfort, que é confortável e ideal para ser utilizado diariamente, e os modelos mais elaborados para eventos especiais.

Treinamento da cintura

É importante ressaltar que há diferença entre treinamento de cintura e tight lacing, as divergências podem ser diversas e assim oferecer benefícios e prejuízos diferentes. Diversas empresas fabricantes de espartilho utilizam os termos como sinônimos, o que pode se tornar confuso e até resultar em riscos para a saúde das consumidoras.

A pessoa pode adquirir com a intenção de modelar a cintura, mas há diversos modelos que não são projetados com essa finalidade, e é importante analisar e escolher um modelo mais adequado.

Há um livro escrito por Ann Grogan, chamado por Corset Magia e ele pode ser comprado aqui no Brasil. Esse livro oferece informações sobre a formação da cintura. As pessoas realmente acham um alto grau de dificuldade em diferenciar tight lacing e treinamento de cintura.

O que é tight lacing?

Há afirmativas de que esse método nada mais é que a redução de 4 polegadas na circunferência da cintura. Há outros indícios de que esse método reduz cerca de 20%, mas ainda não há estudos aprofundados para fins de comprovação de efeitos oferecidos. O fato é que não podemos fazer afirmativas incontestáveis de que todo espartilho afina a cintura, pois cada um possui atributos diferentes.

Pessoas com as mesmas medidas também podem obter benefícios e prejuízos diferentes, já que pode haver uma diversidade de modelos de espartilhos. As pessoas possuem padrões corporais diferentes e os laços ainda podem ser feitos de forma particular. O tight lacing é recomendado para ser feito de forma eventual, como para oferecer melhor aparência em apresentações e ocasiões especiais.

O que é treinamento de cintura?

O treinamento de cintura pode ser adequado à musculação, e este deve ser um procedimento feito a longo prazo, requer dedicação e trabalho contínuo para um objetivo final.

Pessoas que estão em fase inicial desse treinamento de cintura não devem esperar reduções significativas. Afirma-se que uma pessoa que use espartilho todos os dias pode reduzir de 2 a 3 polegadas das medidas. É afirmado que o espartilho afina a cintura, mas não há conquista de resultados significativos. Há pessoas que afirmam terem obtido resultados após os 6 primeiros meses de uso de espartilho todos os dias, então não podemos afirmar que a peça de roupa pode oferecer milagres.

Por que ter uma cintura fina?

Nós ficamos nos perguntando por que há pessoas que se dedicam a conquistar uma cintura mais fina através de artifícios pouco fundamentados como o espartilho. Essas mulheres desejam dar destaque a outras regiões do corpo através da redução de medidas na região abdominal.

É normal notarmos que os seios ou a região glútea e quadris podem se destacar através da redução de medidas na cintura, e exatamente por esse motivo a maioria das mulheres busca combinar o espartilho com outras peças de roupas comuns.

É possível reduzir a cintura de forma natural?

O uso de espartilho para fins médicos pode reduzir a cintura de forma natural a longo prazo. Há diversas pessoas que buscam vestir espartilhos cada vez menores para conquistarem uma cintura ainda mais fina, mas o que elas não sabem é que isso pode oferecer consequências graves ao bem estar dessas.

A utilização permanente do modelador pode induzir a um redimensionamento, mas podemos considerar que essa redução é quase acidental, principalmente por oferecer esse resultado apenas a longo prazo.

Reduz medidas, mas pode oferecer prejuízos

Visualmente falando, ao apertar os laços, o espartilho afina a cintura, mas esse benefício pode ser limitado apenas ao momento do uso. O que você pode não saber é que o uso incorreto da peça pode resultar em consequências graves à sua saúde.

Ao apertar os laços de forma intensa, você pode reduzir a circulação sanguínea, dificultar a digestão e ainda dificultar a respiração. Consequências mais graves podem ocorrer devido ao uso excessivo de espartilho, como a deformação da região torácica e ainda resultar em uma atrofia muscular na região abdominal e lombar. Podemos concluir que são consequências graves demais apenas para reduzir algumas poucas medidas da circunferência corporal.

Corset

Há diversas mulheres que escolhem a utilização dessa peça. Ela nada mais é que o espartilho, porém confeccionado com uma material mais resistente e com mais ajustes. É recomendado que as mulheres utilizem essa peça por no máximo seis horas por dia, já que pode oferecer as mesmas consequências do espatilho à saúde das usuárias.

Afirma-se que após o primeiro mês de uso, já podem ser notadas as diferenças, mas é importante ressaltar que essas afirmações não possuem comprovações, e caso você queira se arriscar a conquistar uma cintura mais fina, é fundamental que você adote uma alimentação saudável, já que essas peças não podem oferecer efeitos milagrosos.

Costelas

O desejo de ter uma cintura mais fina é tão comum entre as mulheres que diversas delas optam pela extração de costelas inferiores, as quais podem ser conhecidas também como flutuantes. Elas são retiradas através de um procedimento cirúrgico e este pode oferecer grande risco para aquelas que se submetem à extração. Esse método não é recomendável, já que é realizado apenas para fins estéticos.

Ortopedista

A utilização do espartilho com a finalidade de reduzir as medidas da cintura pode ser acompanhada por um ortopedista. A avaliação médica pode ser um diferencial para que você se conscientize dos riscos que pode se expor ao adotar as peças para modificações corporais.

Métodos naturais

Diante de todas as contradições e poucos embasamentos sobre as afirmativas de que o espartilho afina a cintura, é recomendável e mais seguro que você escolha procedimentos naturais para reduzir suas medidas. Busque uma dieta equilibrada e nutritiva com o acompanhamento de um profissional da saúde que reconheça quais são as suas necessidades e funcionamento de seu metabolismo, para que assim possam se dedicar à conquista dos objetivos juntos.

Os exercícios físicos também são aliados com os quais você sempre pode contar para eliminar gorduras de seu corpo. Obviamente, você deseja afinar a cintura porque possui gorduras localizadas, então saiba que há uma diversidade de atividades físicas que podem contribuir de forma significativa para que sua cintura afine de forma natural e ainda favorecendo à sua saúde e equilíbrio de seu corpo.

Vídeo Relacionado:

Gostou das dicas?

Você já experimentou usar espartilho para afinar a cintura alguma vez? Obteve algum resultado satisfatório? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (90 votos, média: 3,90 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

14 comentários em “Espartilho Afina a Cintura?”

  1. Só exercícios físicos deixa a mulher quadrada, com corpo masculino. E a finalidade do corset não é emagrecer como diz a matéria, e sim definir, dar curvas.

  2. Eu fiz uma cesariana a um mês e 27 dias estou iniciando o uso de Corselet agora,e já consigo sentir os resultados,meu corpo já começou a tomar forma,é o Corselet ajuda muito na redução de medidas dá cintura.

  3. Oi manas
    Meu nome é Vitoria eu tenho 19 e quero muito começar a usar corset pois eu não gosto muito da minha cintura, quero definir um pouco mais ela é claro imagrece, entao como eu vir que vocês tem bastante experiência por usar já um tempo, eu meio que queria uma madrinha para me oriente nesses início

  4. Eu amo usar corselet, eu comecei a usar minha cintura era meio reta, agora minha cintura é bem desenhada, o meu incômodo é a terrível dos nas costas, falta de ar é normal, no começo é difícil de comer, mas vc acostuma a comer pouco e com isso emagrece tbm…. E nunca coma de mais com o corselet vc vai passar muito mal pois o alimento não sera digerido muito bem devido a pressão da amarração.

    Minhas peças foram fabricadas sob medida por um estilista paguei entre R$400 á R$750. Mas tudo vai de adaptação, ficar poucas horas no início e ir evoluindo até um total de 8 horas.

    Espero ter ajudado, bjus

  5. Eu usei por dois anos e diminui mais de 10cm de cintura ! Meu corpo era estilo bomb esponja e agora está ampulheta ! E sou completamente apaixonada pelo corset!

  6. Ninguém usa espartilho para afinar a cintura. Utiliza-se o corset, que, ao contrário do que diz a matéria, é BEM diferente. Espartilho é só pano e pano. Corset tem barbatanas de aço e funciona SIM. Traz prejuízo a quem não pode usar e não faz abdominal.

  7. Esse texto confunde mais do que esclarece… Em algumas partes acerta mas em outras erra feio. Eu não me darei ao trabalho de citar todos os erros e acertos porque não estou sendo paga para revisar esse texto, mas posso dizer que o uso do corset reduz sim a cintura e de forma significativa. Apesar do corset não ser indicado para todas as pessoas e de que a usuária deve ter certos cuidados, o corset não traz prejuízo algum.

    Milagre, realmente, não existe. O resultado que uma pessoa obteve não necessariamente será o mesmo que outra terá mas, para mim, corset foi algo mais próximo de milagre que consegui. Não conseguia moldar minha cintura nem com dieta nem com exercícios – e não conseguiria pois meu problema é estrutural, da ossatura. Perder 2cm de cintura em um mês, sem dieta e com excesso de peso, e de forma permanente não tem preço, portanto corset não é algo inócuo. Não é barato, não é rápido, não é muito prático mas o resultado não há preço que pague.