Fat Burner Funciona? O Que É e Qual É o Melhor

Especialista:
atualizado em 15/07/2020

O caminho para a perda de peso é, para muitas pessoas, longo e cheio de dificuldades. Obter o corpo desejado nunca é tão fácil quanto parece, sobretudo para quem tem tendência ao acúmulo de gordura corporal. Frente a todas as dificuldades, não se admira que seja possível encontrar no mercado suplementos que prometem oferecer uma considerável ajuda.

Os chamados Fat Burners (queimadores de gordura) são aperfeiçoados constantemente e conquistam cada vez mais consumidores. Mas o que é exatamente um Fat Burner? Esses suplementos funcionam mesmo? Como devem ser tomados?

O que é Fat Burner

Fat Burner é um nome comercial utilizado para muitos produtos que são, na verdade, muito variados. Todos se destinam ao mesmo objetivo: auxiliar o consumidor a perder gordura corporal. Entretanto, apesar do mesmo nome, diferentes produtos promovem (ou dizem promover) esses efeito por meios muito diferentes.

A maior parte dos Fat Burners é composta por uma variedade de elementos sobre os quais há a crença de que auxiliam em algum estágio do metabolismo a fim de aumentar a queima de gordura. Há substâncias que prometem acelerar o metabolismo, outras que prometem auxiliar na liberação de gordura das células e no seu transporte.

Os chamados termogênicos prometem aumentar o gasto de energia do corpo, estimulando a produção de calor. Outras substâncias, ainda, prometem regular a produção e a atuação de hormônios-chave (sobretudo os hormônios da tireóide e a insulina).

As funções se acumulam, chegando ao controle de apetite e passando por propriedades diuréticas e por promessas de evitar que as gorduras consumidas sejam absorvidas pelo organismo.

Cada Fat Burner, em geral, possui a sua própria combinação de ingredientes e efeitos prometidos. Os ingredientes usados, sua dosagem e combinação determinam, em larga medida, a eficácia do suplemento.

Todo Fat Burner Funciona?

A eficácia dos Fat Burners é uma questão muito complexa. Enquanto há substâncias cuja eficácia é reconhecida (como a efedrina, cujo uso traz sérios riscos à saúde), há outras cuja eficácia é extremamente questionável (como, por exemplo, o extrato de chá verde).

A pergunta exige, portanto, uma resposta ambígua: há Fat Burners que funcionam, e há outros que não. Cada um deles deve ser avaliado pelos seus ingredientes, que podem ou não ser eficazes.

Mais do que isso, cada um deles pode ser mais ou menos eficaz dependendo a pessoa que o consome: um Fat Burner à base de cafeína pode ser eficaz para algumas pessoas, mas certamente não será para aquelas pessoas resistentes à cafeína.

A publicidade e os mitos que se constroem em torno das opções de Fat Burner, porém, só servem para gerar mais confusão. Não existe nenhuma substância segura que seja capaz de fornecer efeitos milagrosamente rápidos e intensos, de modo que recomenda-se ao usuário extrema cautela e ceticismo.

Cuidados Necessários

É necessária muita cautela no consumo de um Fat Burner. As substâncias utilizadas são frequentemente perigosas em altas dosagens, e outras não devem ser consumidas em hipótese alguma, sobretudo a efedrina. Os termogênicos são especialmente perigosos, e não devem ser consumidos sem orientação médica.

Os cuidados devem ser tomados em três direções: ingredientes, procedência e dosagem. Em primeiro lugar, verifique se os ingredientes utilizados são seguros. Apesar da imensa quantidade de ingredientes, é possível encontrar informações sobre praticamente todos. Em caso de dúvida, não use o suplemento.

Em seguida, deve-se verificar a procedência. Muitos suplementos alegam utilizar substâncias seguras, mas secretamente estão cheios de substâncias perigosas e ilegais para garantir os efeitos.

Se o suplemento passar no teste da confiança, só falta estabelecer a dosagem: recomenda-se começar com a menor dosagem possível e só aumentá-la lentamente. Procure se informar sobre a maior dosagem permitida, e jamais ultrapasse-a.

Como Tomar um Fat Burner

Observadas as medidas de segurança, tomar um Fat Burner pode ser de grande ajuda para quem procura perder peso. Entretanto, para que os efeitos desejados sejam obtidos, é necessário que o suplemento seja tomado da maneira certa.

A primeira necessidade é lembrar que o Fat Burner jamais fará todo o trabalho sozinho. Além disso, deve-se ter em mente que, gradualmente, essas substâncias passam a ser toleradas pelo nosso corpo e perder o seu efeito.

É necessário, portanto, combinar o Fat Burner com um programa consistente de exercícios físicos e com uma dieta equilibrada. Não há o menor sentido em tornar o seu corpo mais apto à queima de gorduras se, através da alimentação e do sedentarismo, você estiver acumulando calorias mais rapidamente do que pode perder.

Ainda que sejam muitas as variáveis, não há como escapar da fórmula geral: se você consumir mais calorias do que gasta, não irá emagrecer.

O problema da crescente tolerância às substâncias dos Fat Burners deve ser abordado através do consumo cíclico: isto é, alternando períodos de consumo do Fat Burner com períodos de abstinência.

A periodicidade ideal varia conforme o suplemento e conforme as características corporais de uma pessoa, de modo que é necessária alguma experimentação. Uma periodicidade popular é, porém, duas semanas de consumo seguidas por uma semana de abstinência.

Como Escolher o Melhor Fat Burner

A imensa diversidade de substâncias, bem como os seus numerosos efeitos duvidosos, tornam a busca do melhor Fat Burner muito difícil. A adaptação da pessoa às substâncias é, além disso, um fator a mais na complicada equação a ser resolvida.

A escolha em termos de eficácia, portanto, precisa ser feita com uma dose de experimentação. Além disso, é importante informar-se sobre os efeitos das diferentes substâncias, bem como sobre a reputação de cada suplemento e marca.

Além disso, deve-se praticar o ceticismo na escolha: produtos que prometem efeitos irreais são, via de regra, mentirosos. A seriedade do consumidor, nesses momentos, pode fazer a diferença.

Escolha um suplemento que ofereça uma ajuda certa, mesmo que pequena – e saiba que o trabalho duro da dieta e dos exercícios ainda cabe a você.

Você já utilizou algum Fat Burner em sua vida? Como foram os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (313 votos, média: 3,76 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

2 comentários em “Fat Burner Funciona? O Que É e Qual É o Melhor”

  1. década de 80 90 fazia musculação kung fu box e trabalhava com meu irmão com restauração de carros tomava algumas coisas como óleo de germe de trigo lecitina de soja amino acido e então conhecemos fat burner já com efedrina em três meses estávamos definidos ao extremo muito bom hoje ainda comentamos sobre ele me desculpa mas essa historia que é prejudicial a saúde pra nos não passa de manipulação de médicos e da indústria farmacêutica se houver algun remédio milagroso muita gente vai deixar de ganhar muito dinheiro.so tem resultado com efedrina já fizeram com sinefrina mas o resultado não e o mesmo se acharmos com efedrina vamos tomar

    • Já tomei efedrina. Me fez um mal.lascado. taquicardia, tremedeira e palpitação. O pior é que foi a longo prazo.