Fisiculturista Charles Atlas – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

A história dos ídolos do fisiculturismo não é tão longa se comparada à história de outros esportes, mas certamente vai além dos feitos de Arnold Schwarzenegger. Muitos dos ídolos mais aclamados só atingiram seus objetivos em virtude dos heróis fundadores que vieram antes deles: os pioneiros, que lançaram as bases para um estilo de vida baseado no cultivo do corpo.

Um desses pioneiros foi Charles Atlas, que deixou sua marca no mundo do fisiculturismo através de seu sucesso extraordinário e sobretudo através de sua determinação implacável. É inegável que o mundo mudou muito desde os tempos de Charles Atlas, e o mesmo aconteceu com o fisiculturismo. Entretanto, muitos pensam que ainda há o que aprender com esse velho mestre.

Quem foi Charles Atlas?

Charles Atlas, nascido Angelo Siciliano, imigrou da Itália para os Estados Unidos aos 10 anos de idade em 1903. Sua história carrega as marcas da imigração: a superação de dificuldades e a recriação de si mesmo, duas marcas que não são alheias ao mundo do fisiculturismo.

A vida difícil de Charles Atlas, que trabalhava como artesão de couro, foi deixada para trás à medida que o seu obsessivo cultivo de seu próprio corpo passou a lhe render sucesso profissional. Atlas relata que o ponto de partida para sua transformação foi a humilhação que sofreu quando um homem mais forte lhe deu uma surra. A experiência negativa motivou Charles Atlas a trabalhar duro para nunca mais permitir que isso acontecesse.

Após desenvolver seu próprio método de treino, sua própria dieta e verdadeiramente o seu próprio método de viver, Charles Atlas obteve gradativo sucesso. Primeiro como membro de um circo, no qual ele impressionava os visitantes com sua força; posteriormente, como modelo para esculturas em virtude de seu físico impecável; por fim, como autor de um best-seller que motivou e ajudou milhares de pessoas no mundo todo a obter um corpo desenvolvido.

Charles Atlas, que adotou o nome de “Charles” por soar mais americano que “Angelo” e o nome de “Atlas” depois que um amigo o comparou a uma estátua dessa figura mitológica, teve seu sucesso cristalizado ao receber duas vezes seguidas o título de homem mais bem desenvolvido do mundo. A conquista foi, na verdade, completa: o concurso deixou de ser realizado, uma vez que todos concordaram que Charles Atlas o ganharia todas as vezes.

O Treino de Charles Atlas

Após sua decisão de dedicar-se ao cultivo do corpo, Charles Atlas mergulhou nos estudos e nas práticas dos programas de exercícios disponíveis em sua época. Charles Atlas comprou uma série de equipamentos e seguiu os programas rigorosamente, mas ficou insatisfeito com os resultados. Essa insatisfação o fez criar o seu próprio treino.

A inspiração veio de uma visita ao zoológico. Ao observar um leão, Charles Atlas se perguntou: como é possível que o leão se mantenha tão forte, se ele não tem pesos para levantar? A força do animal era obtida sem qualquer equipamento, de modo que Charles Atlas se convenceu que a chave para a real força física era simplesmente opor um músculo ao outro.

Dessa forma, Charles Atlas desenvolveu o seu programa de exercícios, baseados no levantamento do peso corporal e em esforços simetricamente opostos. Colocando o corpo para trabalhar contra si mesmo, Charles Atlas obteve finalmente o corpo que sempre desejou – e decidiu espalhar sua descoberta pelo mundo.

O programa de treino de Charles Atlas, conhecido como “Tensão Dinâmica”, foi um gigantesco sucesso após os criativos anúncios feitos em histórias em quadrinhos. Acredita-se, hoje, que o “Tensão Dinâmica” foi o precursor do treino isométrico, amplamente consagrado e adotado por ninguém menos que Arnold Schwarzenegger.

A Dieta de Charles Atlas

O esforço de Charles Atlas, porém, não se limitou a desenvolver apenas um programa de treino. Sua abordagem ao fisiculturismo era total, de modo que a dieta simplesmente não pode deixar de ser regulada. Nesse ponto, a disciplina extrema de Charles Atlas se revela, uma vez que o programa é extremamente restritivo.

As proibições se enumeram. Segundo Atlas, não se deve consumir absolutamente cafeína, açúcar refinado, farinha branca ou arroz branco. Não há, no programa de Atlas, tolerância para esses alimentos, bem como para refrigerantes, carnes gordas, chás e temperos ácidos. O programa, que certamente assusta o leitor mais moderado, impressiona por sua consistência.

A dieta deve ser composta por carnes magras, farinhas integrais e vegetais em abundância. É importante que todos esses alimentos sejam consumidos frescos, e, sobretudo, que sejam “orgânicos”: trata-se, enfim, de só consumir o que é será certamente benéfico para o corpo.

A Filosofia de Vida de Charles Atlas

O treino e a dieta de Charles Atlas, certamente radicais, não são pontos isolados. Trata-se, na verdade, de momentos específicos em todo um estilo de vida que se dedica completamente ao desenvolvimento físico e psíquico.

Charles Atlas deixa clara essa filosofia de vida em seus manuais. Tudo que pode ser prejudicial é evitado, de modo que álcool, tabaco e outras drogas são simplesmente proibidos. As normas de conduta são sólidas: jamais dormir depois da meia-noite, sempre respirar ar fresco, manter uma atitude positiva, entre outras orientações claras que pouco a pouco saem do domínio do fisiculturismo.

Muitos rejeitam os ensinamentos de Charles Atlas em virtude desse radicalismo. De fato, a vida proposta por esse velho mestre é a vida de um monge dedicado à própria saúde. O que se deve reter, em todo caso, é a mensagem por trás dessa filosofia de vida: Charles Atlas é um exemplo claro de que o sucesso na obtenção do corpo desejado não depende de equipamentos e suplementos caros, e nem de técnicas mirabolantes.

A chave nesse ponto, mais do que em qualquer outro da vida, é a determinação com que o objetivo é perseguido. Charles Atlas conseguiu o que queria pois dedicou-se completamente a isso. Para quem luta contra as dificuldades de emagrecer e ganhar massa muscular, trata-se de uma poderosa mensagem de motivação: saiba o que você quer, e persiga esse objetivo com todos os meios possíveis.

As Medidas de Charles Atlas

As medidas obtidas por Charles Atlas são, naturalmente, impressionantes. Não se comparam, é claro, aos corpos imensos obtidos por fisiculturistas hoje em dia, mas são consistentes e, sobretudo, proporcionais e simétricas.

  • Altura: 177,8cm
  • Peso: 81,5kg
  • Pescoço: 43cm
  • Peito: 119cm
  • Bíceps: 43cm
  • Antebraço: 35,5cm
  • Cintura: 81cm
  • Coxa: 60cm

Curiosidades

As medidas de Charles Atlas tornaram-no um exemplo do homem fisicamente perfeito. Essa impressão foi tão grande na sociedade da época que as suas medidas foram inseridas na primeira cápsula do tempo jamais construída, junto com obras de arte e outras proezas da humanidade destinadas a impressionar os povos do futuro.

Charles Atlas foi processado pelo proprietário de uma empresa produtora de pesos para musculação, sobre a acusação de que o seu programa de treino era ineficiente e de que os resultados prometidos eram falsos. O resultado, longe de provar que Charles Atlas era uma farsa, apenas aumentou seu sucesso: o veredicto foi que não havia qualquer sinal de propaganda enganosa, sobretudo porque o próprio Charles Atlas havia conseguido seu sucesso no fisiculturismo através do método que ele passou a divulgar.

Apesar de sua riqueza crescente, Charles Atlas levou sempre a vida humilde e espartana que defendia em seus manuais. Para ele, a felicidade não estava nos prazeres que podia obter com a sua riqueza, mas na certeza de que estava permanentemente se desenvolvendo.

O seu físico manteve-se praticamente inalterado com o envelhecimento, algo que até hoje impressiona os especialistas. Entretanto, a sua insistência em treinar acabou com um grande infortúnio: após um ataque cardíaco controlado, Charles Atlas, já idoso, continuou a fazer suas corridas matinais contrariando o conselho dos médicos. Após uma dessas corridas, um segundo ataque cardíaco o levou à morte.

Fotos

atlas1

00n/47/arve/G2513/016

charles-atlas

Vídeos

https://www.youtube.com/watch?v=oKJ_VRJqHOg

Você já tinha ouvido falar em Charles Atlas? Acredita que hoje seria possível uma pessoa moldar seu corpo a partir dos conceitos vividos por ele? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

9 comentários em “Fisiculturista Charles Atlas – Dieta, Treino, Medidas, Fotos e Vídeos”

  1. COMPREI O MÉTODO DE UM AMIGO QUE COMPROU OS FASCICULOS DOS ESTADOS UNIDOS. Segui e pratiquei com método , persistência e garra. Hoje tenho 74 anos e minhas medidas ainda estão próximas das do CHARLES ATLAS. Tenho muito orgulho disso e influenciei muitos amigos. Depois vendi para um amigo que se tornou muito mais forte do que eu. Em 1992 montei uma academia completa , moderna com equipamentos de ponta , onde fiz muitos amigos e treinei muitos deles ensinando também o método CHARLES.

  2. Sim eu acredito,meu tinha livro ou manual o que seja,que ensinava como fazer os exercícios,mais meu tio fez o favor de perder,gostaria de arrumar um.

  3. Conheci durante os anos de 1960 o método Charles Atlas. Comprei pelo correio e o pratiquei. Com constantes mudanças da minha família extraviei o método. Mas, considero ótimo e deve ser oportunizado hoje. Acreditem! É bem melhor que usar os pesos das academias, consumir porcarias, para se ter um corpo demasiado enorme e cheio de músculos. O melhor é a nossa saúde.
    Obrigado.

  4. Era jovem quando vi propaganda do método Charles Atlas.
    Não tinha dinheiro para compra-lo e aos 16 anos, comecei na musculação com pesos.
    Muitos anos mais tarde, consegui pela internet , salvar o método em pdf.
    Tinha um amigo que antes de praticar musculação, praticou por alguns anos o método Charles Atlas e conseguiu um bom físico.
    Charles Atlas tinha um físico simétrico, diferente dos de hoje em dia, em que se usa esteróides e os físicos ficam abrutalhados, não muito ao gosto das mulheres.

  5. Faço fisioterapia para cura do deslocamento do meu ombro, e notei que muitos dos exercícios são baseados nos exercícios isométricos, como a tensão dinâmica.
    Portanto Charles Atlas foi o precursor dos exercícios isométricos.

  6. Claro que acredito! Charles Atlas sabia das coisas, ele era muito lindo, um corpo invejável. Um homem que possuía 43cm de bíceps numa época em que homens normais tinham apenas 22, 23, 24, 25, e os mais fortes 30cm de bíceps apenas.