Giardíase – O que é, sintomas e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 20/05/2021

Essa infecção intestinal pode ser transmitida por alimentos contaminados. Saiba o que é, quais são os sintomas e como tratar a giardíase.

  Continua Depois da Publicidade  

Infecções causadas por parasitas intestinais são sempre desagradáveis. Na giardíase, não é diferente. É comum o surgimento de sintomas como náuseas, cólicas intestinais e diarreia em pessoas infectadas.

Entenda então como tratar essa doença e o que fazer para prevenir a infecção.

O que é

A giardíase é uma infecção causada pelo protozoário Giardia duodenalis (chamado também de G. lamblia ou G. intestinalis).

Você pode pegar giardíase ingerindo alimentos ou água contaminada pelo parasita.

Além disso, você também pode se contaminar através do contato com pessoas infectadas.

Sintomas

É possível ter giardíase e não apresentar sintomas, mas podem surgir sintomas como:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Flatulência;
  • Diarreia ou fezes gordurosas;
  • Perda de apetite;
  • Distensão abdominal;
  • Náusea e vômito;
  • Fadiga;
  • Má digestão;
  • Azia e queimação;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de peso;
  • Cólica abdominal.

Certamente, se a giardíase for ignorada, os sintomas como diarreia e vômito podem levar à desidratação.

Além disso, existe o risco de má absorção de nutrientes, anemia e algumas pessoas podem desenvolver intolerância à lactose ou síndrome do intestino irritável por causa da giardíase.

Para saber se seus sintomas são sinais de giardíase, é importante fazer um exame de fezes para detectar a presença dos parasitas.

Como tratar

probióticos

Depois de comprovar a presença de vermes intestinais nas fezes, o médico deve fazer algumas recomendações, que incluem:

  1. Beber bastante água para evitar a desidratação;
  2. Comer alimentos leves;
  3. Tomar soro fisiológico na veia, se houver sinais sérios de desidratação ou se você não conseguir manter nada no estômago;
  4. Usar remédios antibióticos com efeito antiparasitário – como por exemplo o tinidazol, o metronidazol ou a nitazoxanida por até 10 dias.

Logo após o início do tratamento, os vermes serão eliminados nas fezes e você estará livre da infecção. Mas alguns sintomas podem persistir por algumas semanas.

Algumas pessoas com sintomas leves ou assintomáticos melhoram sem precisar tomar remédio.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas, quando o tratamento medicamentoso é necessário, é importante tomar o remédio pelo tempo recomendado pelo seu médico para garantir a eliminação de todos os focos de parasitas no seu intestino.

Depois de terminar o antibiótico, é interessante tomar probióticos para restabelecer o equilíbrio na flora intestinal.

Como prevenir a giardíase

Apesar de não ser possível evitar a infecção, você pode diminuir o risco de ter giardíase. Para isso, basta seguir as dicas:

  1. Lavar bem as mãos antes de preparar alimentos e também antes de comer;
  2. Higienizar bem os alimentos antes do preparo;
  3. Tomar apenas água mineral ou água previamente filtrada ou fervida;
  4. Evitar nadar em locais que parecem impróprios para o banho;
  5. Sempre se proteger usando preservativos durante relações sexuais.
  6. Ao viajar, sempre leve água ou compre água engarrafada para tomar já que você não sabe a procedência da água da torneira.

Por fim, a prevenção é muito importante para evitar não só a giardíase como várias outras doenças. Por isso, tome cuidado com a origem dos seus alimentos e procure um médico no caso de qualquer sintoma persistente.

Vídeo

Vários vermes intestinais podem causar sintomas semelhantes aos da giardíase. Por isso, confira os vídeos abaixo em que a nossa nutricionista fala sobre os sintomas de vermes e mostra quais os melhores remédios caseiros para vermes intestinais:

  Continua Depois da Publicidade  

Fontes e referências adicionais

Você já teve diarreia e mal-estar por causa de uma giardíase? Por isso, precisou tomar algum remédio? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Marcos Marinho

Dr. Marcos Marinho é especialista em Gastroenterologia, Endoscopia Digestiva e Ultrassonografia - CRM 52.104130-4. Formou-se em Medicina pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio) e é pós-graduado em Gastroenterologia pelo IPEMED. Realizou cursos de ultrassonografia geral e intervencionista pela Unisom, ultrassonografia musculoesquelética e Doppler pelo CETRUS. Atualmente, é pós-graduando de Endoscopia Digestiva pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora-MG. No momento, atua em vários municípios do estado do Rio de Janeiro como na capital, Niterói, Magé e Araruama. Dr. Marcos Marinho tem experiência em setores variados de sua especialização e continua em constante aprendizado e evolução para ser uma referência da área. Para mais informações, entre em contato através de seu Instagram oficial @drmarcosmarinho

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário