Chá para infecção intestinal – 4 melhores, como fazer e dicas

Especialista da área:
atualizado em 01/10/2021

O termo mais adequado para a infecção intestinal é gastroenterite aguda, uma condição que pode ser provocada por vírus e bactérias. Essa doença é causada pela ingestão de alimentos e água contaminados.

  Continua Depois da Publicidade  

Enquanto uma gastroenterite viral pode durar até quatro dias, a versão bacteriana da doença tem um média cinco dias de duração, embora possa se estender por até 45 dias.

Os sintomas mais comuns da doença incluem vômito, náusea, diarréia, febres, calafrios, mal-estar, dor nos músculos, dor abdominal, cólica e perda de apetite.

Confira abaixo as melhores opções de chá para infecção intestinal e aproveite para conhecer algumas opções de remédio para infecção intestinal.

4 opções de chá para infecção intestinal

chás diversos

O tratamento para a infecção intestinal consiste no repouso, na hidratação e na alimentação adequada.

A pessoa deve ingerir pelo menos 2 litros de água por dia para prevenir a desidratação e evitar determinados alimentos, dando prioridade a outros. A dieta deve ser leve, à base de alimentos cozidos e preparados na hora, sem conservantes e gorduras.

Também é importante comer em pequenas quantidades (cinco a seis vezes ao dia) e evitar forçar a comer quando o mal estar é muito grande ou há dificuldade em engolir.

  Continua Depois da Publicidade  

Esse tratamento também pode incluir medicamentos para controlar as náuseas e os vômitos, quando a perda de líquidos é muito grande, e a administração de soro para repor os sais e líquidos. O uso de antibióticos pode ser indicado pelo médico quando a infecção intestinal é causada por bactérias.

Vale registrar ainda que, quando uma pessoa com infecção intestinal apresenta sinais de desidratação, diarreia intensa, muito vômito, pouca capacidade para ingerir água, pouca urina, perda de peso, sede, taquicardia e pele pegajosa, o médico precisa ser consultado com uma certa urgência.

Diarreia com sangue, dor aguda e febre alta são outros sintomas alarmantes e as crianças e os idosos constituem os grupos de maior risco.

No entanto, se o quadro não for agudo, há quem recorra a um chá para ajudar no tratamento de infecção intestinal. Esses chás devem ser consumidos em pequenas quantidades ao longo do dia.

1. Chá de hortelã-pimenta

chá da folha de hortelã

O chá de hortelã-pimenta é uma boa alternativa para complementar o tratamento da infecção intestinal porque alivia a inflamação e acalma a irritação da parede do intestino.

Este chá também absorve o excesso de gases intestinais e tem propriedades antiespasmódicas que aliviam bastante o desconforto abdominal. A hortelã-pimenta também acalma o estômago e, por isso, pode ajudar bastante em casos de infecção intestinal acompanhada de sintomas gástricos como enjoos ou vômitos.

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, há relatos de que a hortelã-pimenta pode provocar efeitos colaterais com potencial para piorar os sintomas de quem já sofre com uma infecção intestinal. A planta também pode causar reações alérgicas na pele. O uso da hortelã-pimenta por parte de bebês, crianças com menos de cinco anos de idade, gestantes e mulheres que estejam amamentando exige cuidados.

Como fazer chá de hortelã-pimenta

Ingredientes:

  • 6 folhas de hortelã-pimenta frescas;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

  1. Coloque as folhas de hortelã-pimenta na água fervente;
  2. Tampe e deixe descansar durante 5 a 10 minutos.
  3. Coe e consuma imediatamente.

2. Chá de camomila

chá de camomila

O chá de camomila é um dos chás calmantes que têm a sua ingestão permitida em um quadro de gastroenterite. A ingestão deste chá ajuda a combater a diarreia.

A camomila deve ser evitada caso a pessoa seja alérgica a tasneira ou plantas similares, se a mulher estiver grávida, tomar pílulas anticoncepcionais ou se possui um histórico de câncer associado a problemas hormonais.

  Continua Depois da Publicidade  

Como fazer chá de camomila

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de folhas e flores secas de camomila;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

  1. Coloque a água em uma panela e leve para ferver;
  2. Desligue, adicione a camomila, tampe a panela e deixe em infusão por 15 minutos;
  3. Coe o chá e sirva imediatamente.

3. Chá de alcaravia (Carum carvi)

Chá de alcaravia (Carum carvi)

A bebida pode auxiliar a acalmar os espasmos intestinais e o desconforto que acompanham a diarréia, um sintoma comum da infecção intestinal.

Porém, é importante saber que o uso da alcaravia não é recomendado para mulheres que estejam grávidas ou amamentando. A alcaravia deve ser usada com cuidado pelos diabéticos, já que pode provocar uma redução nos níveis de açúcar no sangue. O extrato de alcaravia pode fazer mal para quem sofre com a hemocromatose, o excesso de ferro no organismo.

Como fazer chá de alcaravia

Ingredientes:

  Continua Depois da Publicidade  

  • 1 colher de chá de sementes de alcaravia;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

  1. Adicione as sementes de alcaravia na xícara de água fervente;
  2. Tampe e deixe descansar ao longo de 15 minutos;
  3. Coe e beba imediatamente.

4. Chá de gengibre

chá de gengibre

O chá de gengibre pode ajudar a aliviar a náusea e o vômito, dois sintomas associados a um quadro de infecção intestinal.

Entretanto, ao tomar o chá de gengibre, corre-se o risco de atrapalhar o organismo em seu processo natural de eliminação de substâncias nocivas através do vômito. Portanto consulte o seu médico antes de ingeri-lo.

Além disso, diabéticos e hipertensos devem ter cuidado com o consumo do chá de gengibre, assim como mulheres que estejam grávidas ou que se encontram em processo de amamentação. Sua utilização deve ser feita com moderação.

Como fazer chá de gengibre

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de gengibre;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

  1. Coloque o gengibre e a água dentro de uma panela e leve ao fogo durante 10 minutos;
  2. Desligue o fogo, tampe e deixar abafar durante 10 minutos;
  3. Coe e sirva imediatamente.

Cuidados com os chás para infecção intestinal

Antes de começar a tomar qualquer chá para infecção intestinal, é recomendado consultar um médico para saber se a bebida realmente é indicada no seu caso particular.

Mesmo os chás podem ter contraindicações e provocar efeitos colaterais, principalmente se forem utilizados de maneira inadequada ou exagerada. Portanto, não exagere no consumo de qualquer chá para infecção intestinal, mesmo que a ingestão da bebida tenha sido autorizada pelo médico.

Dicas

O ideal é tomar um chá logo após o seu preparo, entretanto caso a quantidade preparada seja grande, deve-se armazená-lo na geladeira, em um pote vedado, para evitar a oxidação dos seus compostos ativos.

Um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo, porém, depois desse período, as perdas são consideráveis.

Certifique-se ainda de que os ingredientes que são utilizados no preparo do chá para infecção intestinal sejam de boa qualidade, de boa procedência, orgânicos e frescos.

Fontes e referências adicionais

Você já tomou algum chá para infecção intestinal? Teve resultado positivo no combate à condição? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média 4,67)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário