Ginástica Localizada Emagrece? Benefícios e Dicas

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

A ginástica localizada se refere a uma série de exercícios físicos realizados geralmente sem a utilização de equipamentos. Esses exercícios também são simples, podem ser rítmicos e durante uma aula é possível trabalhar a musculatura de todo o corpo.

É possível dizer que a ginástica localizada emagrece porque o gasto energético durante uma hora de atividades pode variar entre 350 a 500 calorias. A quantidade exata é definida levando em conta fatores como a intensidade da aula, o ritmo (em batimentos por minuto) e o peso corporal do praticante.

Esse tipo de exercício também contribui com a preservação da massa muscular, o que faz com que maiores quantidades de massas gordas sejam eliminadas, a flacidez diminua e o processo de emagrecimento seja saudável.

Entretanto, por ser um tipo de atividade que também serve para deixar o corpo mais definido e modelado, quem quer perder peso não deve investir somente na ginástica localizada. É importante verificar com o personal trainer da academia quais atividades podem complementar e manter uma dieta saudável e balanceada.

A aula de ginástica localizada

Geralmente uma aula de ginástica localizada é dividida em quatro partes: aquecimento, parte principal, exercícios de solo e relaxamento e volta à cama.

O aquecimento dura por volta de dez minutos e é composto por exercícios mais leves e alongamentos, feitos de maneira suave. É o momento de adaptação do corpo para a bateria de exercícios que está por vir. Na maior parte das vezes, o profissional de educação física direciona as atividades de aquecimentos às partes do corpo que serão mais exigidas durante a malhação.

Durante 30 a 40 minutos, acontece a parte principal de uma aula de ginástica localizada. Nesse momento são exercitados intensamente os principais grupos musculares do corpo. Logo após, é a vez dos exercícios de solo que duram de 15 a 20 minutos e movimentam o abdômen, glúteos e adutores.

No final da sessão, ocorrem os exercícios de relaxamento, que duram de cinco até dez minutos. São atividades sem muita intensidade que promovem uma desaceleração gradual, para que o praticante vá se recuperando devagar e o grau de excitação ocasionado pelos exercícios mais intensos também seja reduzido.

Exercícios para fazer em casa

Nem todo mundo tem o dinheiro ou disposição para frequentar uma academia e fazer aulas de ginástica localizada. Para facilitar, fazer em casa a sua ginástica localizada emagrece também. Entretanto, é preciso ter atenção quanto ao grau de intensidade das atividades, especialmente para as pessoas mais sedentárias, para que a prática dos exercícios não venham ocasionar alguma lesão ou trazer danos sérios à saúde.

Uma das opções de exercícios é para trabalhar o tríceps. Para executá-lo, basta deitar de costas e segurar pesos em cada uma das mãos, mantendo os cotovelos flexionados de maneira que formem um ângulo de 90 graus e estendê-los mais uma vez.

Para trabalhar o bíceps e os ombros, a utilização dos pesos em cada uma das mãos ainda será necessária. O praticante deve sentar em uma cadeira com as costas apoiadas e os braços estendidos ao longo do corpo. Para fazer o movimento, é preciso manter as mãos voltadas para a frente, flexionar os cotovelos e levar as mãos na direção dos ombros.

O exercício que trabalha o abdômen dispensa a utilização dos pesos. Para praticá-lo é necessário deitar-se de costas e estender as pernas para cima. Depois, flexionar o tronco para um lado e o joelho da perna oposta a esse lado em direção ao cotovelo. Depois basta ir alternando os lados simultaneamente.

Todos os exercícios citados devem ser feitos em três séries de 20 repetições, com 40 segundos de intervalo entre as séries e os exercícios.

É importante ressaltar que manter a prática do mesmo tipo de atividade física durante um longo período de tempo não é recomendado, tendo em vista que, se o músculo se acostumar a um certo tipo de movimento, pode ser que ele já não receba um estímulo tão grande quanto costumava nos primeiros dias da realização do exercício.

Benefícios

A ginástica localizada emagrece, mas também proporciona diversos outros benefícios à saúde. Por exemplo, ela beneficia o condicionamento cardiovascular, ajuda a fortalecer os músculos, é importante na melhoria das habilidades psicomotoras como agilidade, equilíbrio e coordenação e melhora a capacidade cardiorrespiratória de uma pessoa.

Fazendo um treinamento equilibrado para o corpo, ainda é possível que a ginástica localizada ajude a melhorar a postura. Os exercícios também ajudam a diminuir e aliviar lesões rotineiras causadas por atividades como carregar crianças, transportar móveis de um lugar para o outro, fazer faxina na casa, carregar sacolas cheias de compras e praticar esportes.

Isso porque os exercícios fazem com que a musculatura fique mais resistente e o condicionamento físico melhore.

O treinamento da ginástica localizada também previne alterações no metabolismo que acompanham o envelhecimento e pode até mesmo contribui em questões emocionais aumentando o bem-estar e a autoestima.

Mito da queima de gordura localizada

Por mais que possamos afirmar que a ginástica localizada emagrece, não é correto pensar que ela queimará gorduras localizadas em uma parte específica do corpo. A explicação é que a perda de gordura é sistêmica, ou seja, ela acontece de forma geral.

O organismo não identifica de onde as reservas de energia produzidas pelas gorduras são retiradas, devido ao fato de que ele está constantemente mobilizando e armazenando gordura de diversas partes do corpo, em vários momentos do dia.

Além disso, o corpo de cada indivíduo apresenta um padrão diferente para o processo de armazenamento de gordura e diversos fatores poderão influenciar onde ficará localizada a maior parte de gordura no organismo.

Alguns desses fatores são os níveis hormonais, a genética e até o gênero. A sensibilidade que cada corpo possui em relação à insulina também é importante para definir em que partes as gorduras ficarão armazenadas.

Você conhece alguém que tenha feito aulas de ginástica localizada? Pretende praticar também? Acha que fazer ginástica localizada emagrece o suficiente para você? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (21 votos, média: 3,71 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

1 comentário em “Ginástica Localizada Emagrece? Benefícios e Dicas”

  1. Gosto da ginástica localizada, percebo que meu corpo responde bem a esse tipo de exercício; estava fazendo musculação, mas constantemente me sentia mal: tontura, enjoos e dores de cabeça. Sempre pratiquei exercícios físicos, então não entendi o pq do mal estar, será devido a minha idade? Tenho 61 anos. Estou fazendo em casa, frequente e corretamente. Obrigada pela orientação.