Homem É Preso Por Malhar Pelado em Academia nos EUA

Especialista:
atualizado em 01/07/2020

Quando nós achamos que já vimos de tudo que poderia ser mais estranho na academia, surge uma notícia nova…

Um homem foi preso em uma academia da rede Planet Fitness, em New Hampshire, nos Estados Unidos, por supostamente se exercitar nu e usar o slogan da academia como desculpa, de acordo com relatos.

O New York Post afirma que Eric Stagno, de 34 anos, tirou suas roupas no meio da academia e começou a fazer poses de yoga em um colchonete.

Quando a polícia chegou ao local, o homem pegou o slogan da empresa e disse aos policiais que achava que ele estava se exercitando em uma “zona livre de julgamentos” ( o slogan publicitário da rede é 100% Judgement Free – 100% livre de julgamentos, em tradução livre).

Ele agora está enfrentando acusações de exposição indecente e conduta desordeira, segundo relatos.

Qual foi a coisa ou pessoa mais estranha que você já viu em uma academia? Tem vontade de malhar pelado um dia, mesmo que em casa, sabendo que em público é proibido? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário