Mamão Solta o Intestino Mesmo?

Especialista:
atualizado em 01/06/2020

Fonte de antioxidantes e com 59 calorias a cada unidade pequena (de aproximadamente 150 g), o mamão também é composto por nutrientes importantes para o funcionamento do nosso organismo como carboidratos, fibras, potássio, vitamina A, vitamina B9 e vitamina C.

A fruta contém ainda quantidades pequenas de cálcio, magnésio, vitamina B1, vitamina B3, vitamina B5, vitamina E e vitamina K.

Além disso, o alimento já foi associado a benefícios como proteção contra a degeneração macular por conta do envelhecimento, diminuição do risco de desenvolver asma, auxílio à digestão, à saúde do coração, à saúde dos cabelos e à saúde da pele e contribuição com a redução da inflamação.

Será que o mamão solta o intestino mesmo?

Você provavelmente já deve ter escutado alguém dizer que o mamão solta o intestino. Mas será que isso é realmente verdade ou não passa de crença popular?

Pois bem, o alimento é rico tanto em água quanto em fibras, dois elementos que promovem a regularidade e a saúde do trato digestivo e combatem a prisão de ventre, que também é conhecida como o intestino preso.

A prisão de ventre acontece quando os movimentos intestinais não são regulares ou quando eles não esvaziam completamente o acúmulo de resíduos no cólon.

Segundo o livro Harrison’s Principles of Internal Medicine, o intestino preso pode trazer sintomas como dor abdominal, inchaço, perda de apetite, náusea, dor de cabeça, mau hálito e língua saburrosa (língua branca).

É importante não deixar a prisão de ventre sem tratar porque ela pode gerar complicações como obstrução intestinal, colite, diminuição da absorção de nutrientes, hemorroidas e hérnias.

A publicação Biochemistry of Human Nutrition (Bioquímica da Nutrição Huama, tradução livre) ensina que é o mamão parcialmente verde (imaturo) que contém a maior quantidade de papaína, uma enzima que auxilia casos de intestino preso porque previne o acúmulo de proteínas parcialmente digeridas no intestino grosso.

É por essa razão que nas culturas indígenas, as pessoas comem mamão depois de fazerem refeições ricas em proteínas.

O suco de mamão também é utilizado há gerações como um remédio popular para auxiliar o sistema digestivo justamente por conta de suas propriedades laxativas. Conforme informou o livro Biochemical, Physiological and Molecular Aspects of Human Nutrition  o mamão apresenta um efeito laxante leve, que colabora com o peristaltismo no intestino grosso.

De acordo com o Medline Plus, o peristaltismo engloba uma série de contrações musculares que movimentam o alimento em diferentes estações de processamento dentro do trato digestivo. O peristaltismo é concluído no intestino grosso, onde a água da comida não digerida é absorvida na corrente sanguínea e os resíduos restantes são eliminados do corpo por meio do reto e do ânus, completou.

As fibras insolúveis

O mamão solta o intestino também porque serve como uma boa fonte de fibras insolúveis, que são conhecidas por ajudarem em relação ao volume das fezes no cólon, fazendo com que elas movimentem-se com maior facilidade.

O consumo de fibras insolúveis ajuda a manter a regularidade no banheiro e pode ajudar a melhorar problemas intestinais como a prisão de ventre.

A importância de ingerir as fibras acompanhadas de água

É fundamental certificar-se de consumir uma boa quantidade de água ao longo do dia para acompanhar a ingestão de alimentos fontes de fibras – como é o caso do mamão, que possui 3 g de fibras em uma unidade pequena de aproximadamente 150 g.

A fibra necessita de água para passar pelo sistema digestivo e formar as fezes, e quando uma pessoa consome mais fibra, mas não ingere uma quantidade suficiente de água, pode ocorrer o agravamento de um quadro de intestino preso e ela ainda pode sofrer com dor abdominal.

Além disso, a ingestão de fibras sem a presença da água pode resultar no ressecamento do intestino.

Cuidado com o excesso de fibras

Conforme informações da Academia Nacional de Medicina dos Estados Unidos, replicadas pelo Instituto Linus Pauling da Universidade Estadual de Oregon, pessoas adultas devem consumir entre 21 g a 29 g de fibras por dia, dependendo de fatores como o sexo ou a idade da pessoa.

Ultrapassar esse limite pode trazer problemas: segundo o site Livestrong, quando as fibras alimentares são ingeridas de maneira excessiva, elas podem provocar fezes moles, movimentos intestinais frequentes e inclusive a diarreia.

Isso acontece por conta da necessidade que o corpo tem de puxar água para passar a fibra para fora do corpo, o que resulta na diarreia, condição que também pode vir acompanhada de uma desidratação.

Consumir uma quantidade de fibras mais elevada do que a recomendada por dia em um curto espaço de tempo também pode causar o intestino preso, além de outros problemas como inchaço, gases, cólica e o prejuízo à absorção de minerais como ferro, zinco, magnésio e cálcio.

Pode ser difícil passar desse limite com o mamão? Até pode, porém, se a pessoa se empanturrar da fruta corre esse risco, especialmente tendo em vista que ela não é o único alimento presente nas refeições do dia a dia que serve como fonte do nutriente.

O suco de mamão ou a fruta? 

Enquanto o suco contém um teor mais alto de água e representa uma forma mais concentrada da enzima papaína, a fruta apresenta uma quantidade muito maior de fibras insolúveis.

Para quem escolher o suco, se a pessoa apenas bater o mamão, ela terá a integralidade das suas propriedades, porém, será mais difícil de beber. Já se a pessoa utilizar uma máquina de sumos ou extrator de sucos, perderá a maioria das fibras insolúveis da fruta, porém, terá uma bebida bem mais aguada.

Considerações 

Visto que a fruta pode auxiliar em casos de intestino preso, podemos concluir que o mamão solta o intestino ou, para sermos mais exatos, ajuda a soltar o intestino.

Entretanto, se você já consome alimentos para ajudar a sua prisão de ventre, como o mamão, e não obteve sucesso, o melhor é que busque rapidamente a ajuda de um médico para saber como deve fazer para se livrar do problema. Até porque, como vimos acima, o intestino preso não tratado pode trazer complicações.

No mesmo sentido, se você já luta contra o intestino solto, vale a pena tomar cuidado com o mamão para não agravar o problema.

Não se esqueça que este artigo serve somente como informação, porém, não substitui nenhum diagnóstico ou prescrição de tratamento, que devem ser dados pelo médico.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Você certamente já ouviu que o mamão solta o intestino, não é verdade? Utiliza a fruta com este intuito? Teve sempre bons resultados com ela? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,17 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Mamão Solta o Intestino Mesmo?”

  1. Boa noite.
    Sempre tive intestino muito preso,dores horríveis.
    Quando passei a fazer uso do mamão com a semente todos os dias,em jejum,obtive uma melhora significativa.
    Pra mim foi muito bom,acabaram as dores.