Home » Suplementos » Nutricionista da Growth Supplements Indica Suplementos para Ganhar Força e Energia Durante os Treinos

Nutricionista da Growth Supplements Indica Suplementos para Ganhar Força e Energia Durante os Treinos

Evidências científicas sugerem que o uso de suplementos alimentares está associado aos resultados obtidos através da atividade física na mudança corporal e aumento de força. Estes produtos devem ser programados de acordo com as características individuais, de forma que complementem a dieta alimentar.

  Continua Depois da Publicidade  

A busca pelo aumento de força talvez seja, destes três elementos, o maior causador de discussões e divergência nas opiniões. De fato, muito se especula e pouco se comprova quando se fala em estratégias dietéticas para este fim.

O que existe de fato!

Creatina

creatina_growthSem dúvida a creatina é um dos suplementos mais estudados pela ciência esportiva. A creatina aumenta o conteúdo intramuscular e também a velocidade de regeneração da fosfocreatina (molécula fornecedora de energia à contração muscular) e regula a acidez muscular melhorando a atividade da via glicolítica, (conjunto de reações que fornece energia à célula muscular).

Além disto, a creatina reduz o tempo de relaxamento no processo contração-relaxamento da musculatura esquelética, mantendo a musculatura tensionada por mais tempo, exigindo e estimulando com mais eficiência o tecido muscular. Por último, aumenta a concentração de glicogênio muscular (energia para o músculo).

  Continua Depois da Publicidade  

A creatina promove aumento de força por diversos mecanismos porém, todos ligados à ações de fornecimento de energia para a célula muscular.

Cafeína

cafeina_growthO mecanismo de ação da cafeína no aumento de força ainda não é bem claro. Acredita-se que a cafeína possua mecanismos de ação central e periférica capazes de desencadear tal benéfico. As hipóteses existentes ainda são especulativas devido às limitações que cercam este tipo de estudo.

Em nível celular, a cafeína potencializa a liberação de cálcio armazenado no retículo sarcoplasmático. Esta ação regula os ciclos de contração muscular. Outra teoria seria a ação da cafeína sobre o sistema nervoso central, afetando a percepção subjetiva de esforço e a propagação dos sinais neurais entre o cérebro e a junção neuromuscular.

Arginina

Já está bem documentada a ação deste aminoácido no aumento de força. A hipótese para que isto aconteça está relacionada à produção de óxido nítrico e o aumento da perfusão muscular (volume de circulação sanguínea). Ao passo que se aumenta a perfusão, aumentamos o aporte de oxigênio e nutrientes aos tecidos, a oferta de glicose para o músculo durante atividade e reduzimos concentração plasmática de amônia e lactato. A interação destes efeitos com o exercício físico resistido promove maior aumento da síntese de proteínas o que leva ao aumento de força.

Suplementos com ação indireta no aumento de força

Não poderíamos deixar de comentar sobre as proteínas, que são simplesmente necessárias. O treinamento de força induz ao aumento na captação de proteínas, estas por sua vez disponibilizam aminoácidos gerando aumento de massa muscular e força.

HMB ou b-hidroxi-b-metilbutirato

HMB promove benefícios ao individuo que o consome, desde que este esteja engajado num programa de treinamento físico intensa. O HMB parece induzir ao aumento de força de maneira indireta, isto porque este é derivado da leucina e promove aumento da síntese de proteínas e redução do catabolismo proteico, fato que resulta em maiores ganhos musculares, desencadeando aumento de força.

  Continua Depois da Publicidade  

Beta alanina e l-carnetina também possuem efeitos indiretos no aumento de força. Tal efeito é decorrente do aumento na capacidade de execução dos exercícios, fato que gera aumento de massa muscular e consequentemente força.

Os fitoterápicos são uma classe de suplementos relativamente nova, porém, vêm chamando muita atenção por conta de resultados promissores na melhora do desempenho atlético. Em novembro de 2015 o importantíssimo Jornal da Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva publicou resultados obtidos com administração de Ashwagandha.

Ainda não esta claro os mecanismos de ação porém, observou-se diferenças significativas entre indivíduos que usaram e não usaram Ashwagandha durante 8 semanas.

  Continua Depois da Publicidade  

Texto elaborado por Diogo Círico, nutricionista esportivo R.T. Growth Supplements.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

2 comentários

  1. Geraldo Angelo de Barros Fonseca Fonseca

    Tenho muitas dores muscular,depois dos treinos,acho que meus musculos estao demorando a se recuperar.

  2. Geraldo Angelo de Barros Fonseca Fonseca

    Tenho muitas dores nos musculos apos os exercicios fisicos, o que pode ser.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*