Parentes Fazem Aposta e Perdem 36 Kg Juntos

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Parentes + brincadeira + aposta em dinheiro. Essa foi a fórmula de sucesso para que Sheile Cristine Gonçalves de Oliveira e outras mulheres de sua família conseguissem eliminar juntas 36 kg, como conta reportagem publicada no site do programa Bem Estar, da Rede Globo.

Tudo começou em janeiro do ano passado, quando durante uma festa de família, Ângela, uma das tias de Sheile, sugeriu que fizessem uma aposta para ver quem conseguiria perder mais peso. No total, oito pessoas aceitaram participar da brincadeira e ficou combinado que cada uma daria R$10 por mês, e no final do ano quem conseguisse perder o maior percentual de peso ficaria com a premiação.

Como é professora de matemática, Sheile ficou com a responsabilidade de fazer as contas e dividir o prêmio. No final da aposta, a campeã foi uma de suas primas, Tânia Fonseca, que perdeu 13 kg – aproximadamente 18% do peso que tinha anteriormente. Já Sheile foi a segunda colocada e eliminou 10 kg, equivalente a 16% de seu peso inicial.

Com dieta e exercícios, as oito participantes perderem o total de 36 kg, porém mais importante que isso, foi que a saúde da família melhorou. Se antes apenas duas delas tinham o Índice de Massa Corporal (IMC) abaixo de 25, que é o ideal, depois da competição mais três conseguiram atingir esse nível.

Depois de passarem o ano fugindo das comidas mais calóricas nos encontros familiares, as mulheres comemoraram o feito com uma festa de encerramento, com direito a entrega de medalhas, pódio, espumante e até uma feijoada. “Serviu para mostrar que a gente não precisa deixar de ir às festas, mas tem que saber como comer”, explicou Sheile em conversa com o site do Bem Estar.

Sheile luta desde 2012 contra a balança

emagreci-sheilaSheile antes e depois, ao lado da filha

A luta de Sheile contra a balança não é tão recente quanto o início da brincadeira em família, no ano passado. A paulista tenta emagrecer desde 2012, quando pesava 73 kg e tinha um IMC de 27,8.

A mudança no estilo de vida – que a fez chegar aos 52 kg e IMC de 21,6 – começou quando sua filha de nove anos de idade apresentou um nível alto de colesterol e sua casa teve que aderir a um cardápio de refeições mais saudáveis.

Com isso, Sheile levou o hábito para a escola onde trabalha, deixando de lado os pães e bolos na hora do intervalo e passando a se alimentar nos momentos de pausa com uma fruta trazida de casa.

A menina também foi o incentivo para que Sheile passasse a praticar exercícios. Como ela precisava levar a filha para a natação e tinha que ficar esperando a aula terminar, resolveu começar a fazer alguma atividade também. No início, ela fazia ginástica na piscina e depois entrou para a natação também.

Depois de quase três anos, Sheile acredita que a mudança nos hábitos a deixará longe dos quilos que já eliminou e seu objetivo agora é manter as conquistas que obteve por meio da reeducação alimentar.

Você faria uma aposta como essa em família, ou num grupo de amigos, para ver quem emagreceu mais? Conhece alguém que tenha feito isso e que tenha sido um bom incentivo para os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário