13 sintomas da doença de Crohn

Especialista da área:
atualizado em 26/10/2021

A doença de Crohn é um tipo de doença inflamatória que afeta o sistema digestivo, com sintomas que podem ocorrer desde a boca até o ânus. Geralmente, o intestino delgado e a parte central do intestino grosso, o cólon, são os locais mais afetados. 

  Continua Depois da Publicidade  

Os sintomas mais comuns são dor abdominal, diarreia, perda de peso e enfraquecimento. 

A doença de Crohn é crônica, o que significa que não tem cura. As pessoas que recebem o diagnóstico precisam seguir um tratamento contínuo, com medicamentos e dieta. O controle da doença é muito importante para a diminuição dos sinais e sintomas. O objetivo do tratamento é possibilitar uma vida ativa e de qualidade.

Os sintomas da doença de Crohn se manifestam em períodos conhecidos como “surtos ou crises“. Ocorrem também os períodos silenciosos, em que não há manifestação de nenhum sintoma, podendo durar semanas e até meses. Este período é conhecido como remissão.  

Os sintomas variam em grau, que pode ser leve, médio ou severo. Também variam de pessoa para pessoa, dependendo do local inflamado no sistema digestivo. 

Um melhor entendimento dos sintomas pode ajudar nos cuidados diários da sua saúde ou de quem você ama. Veja os sintomas mais comuns e as complicações da doença de Crohn: 

Dor abdominal e cólica

mulher com dor abdominal e mãos na barriga

A dor abdominal ocorre entre a região torácica e a pélvica, mais conhecida como “pé da barriga“. Essa dor por ser aguda, com sensação de pontadas fortes, ou pode ser uma dor contínua. Geralmente, a cólica atinge a região pélvica do lado direito. 

  Continua Depois da Publicidade  

Diarreia 

A diarreia pode ser do tipo persistente ou crônica. Na diarreia persistente, o número de evacuações durante o dia aumenta durante um período de até 14 dias. Quando esse problema continua por mais de 14 dias, torna-se um quadro de diarreia crônica. 

Outra característica da diarreia na doença de Crohn é que ela aparece subitamente, com sensação de urgência. As fezes podem conter muco, sangue e pus, indicando inflamação e infecção bacteriana no intestino. 

Algumas pessoas podem ter a sensação de evacuação incompleta. 

Febre

A febre é um sinal de que está ocorrendo uma inflamação, que no caso da doença de Crohn é em alguma porção do trato digestivo. Às vezes, a febre aparece antes mesmo dos sintomas. 

Por isso, a febre é um alerta para a necessidade de tratar a inflamação, que é a principal causa de todos os sintomas. Assim que a inflamação é tratada, os sintomas desaparecem.  

Perda de apetite e de peso

Falta de apetite

A perda de apetite é quando a pessoa não sente vontade de comer, mesmo que seja algo que ela goste muito. Até mesmo a ideia de comer ou o cheiro da comida podem causar náuseas e vômito. 

  Continua Depois da Publicidade  

A combinação da falta de apetite, as diarreias persistentes e má absorção de nutrientes pelo intestino inflamado leva à perda de peso. Em crianças, a má absorção de nutrientes pode afetar o crescimento e o desenvolvimento. 

Outro problema que surge com a desnutrição e as diarreias é a fadiga, que é diferente de cansaço comum ou sono. Quando uma pessoa está fatigada, não tem energia ou ânimo para fazer nada. 

Sangramento retal 

O reto é a região final do intestino grosso e termina no ânus. O sangramento retal pode acontecer acompanhado ou não de fezes. O sangue apresenta cor vermelho-vivo ou um vermelho mais escuro, quando misturado às fezes. A presença de sangue pode ser um sinal de feridas intestinais e na região do ânus. 

Fissura e fístula anal

A fissura anal é uma ferida na região do ânus que pode ser causada por fezes muito duras ou quadros de diarreia. Ela causa dor e sangramento durante a evacuação. 

A fístula anal é causada por uma inflamação, que forma um túnel estreito entre a região final do intestino e a pele do ânus.

Abscesso

Pode ocorrer a formação de bolsas com pus na região ao redor do ânus, causando dor ao evacuar e sentar. Essas bolsas podem sangrar ou eliminar uma secreção amarelada, que é o pus. O abscesso ocorre pela infecção de bactérias e inflamação no local, causando vermelhidão, inchaço e dor.  

  Continua Depois da Publicidade  

Outros sintomas da Doença de Crohn

dores nas articulações
Dor nas articulações é um possível sintoma da doença de Crohn

Os sintomas a seguir não são específicos da doença de Crohn, mas podem aparecer como consequências da doença. São complicações que atingem outras regiões do corpo, além do intestino. 

Úlceras orais 

São feridas dolorosas na boca, popularmente conhecidas como aftas, que aparecem durante uma crise de inflamação intestinal. Podem aparecer aftas maiores do que as comuns. 

Dor nas articulações (dor nas juntas)

Algumas pessoas com doença de Crohn podem sentir dores nas articulações, que são tipos de artrite. Geralmente, essas dores aparecem juntamente com uma crise de inflamação no sistema digestivo.  

As dores podem ocorrer nos joelhos, tornozelos, cotovelos, pulsos, quadris e articulações das mãos. 

Inflamação ocular

A inflamação também pode atingir os olhos, que causa dor, visão embaçada, vermelhidão e sensibilidade à luz. 

Inflamação do fígado e dos ductos biliares

A inflamação dos ductos biliares que estão dentro e fora do fígado causa sintomas como coceira, icterícia, que é a cor amarelada da pele, das mucosas e dos olhos, febre e calafrios. 

  Continua Depois da Publicidade  

Pedra nos rins

mulher com dor nos rins

O mal funcionamento do intestino na absorção de nutrientes pode permitir a ligação das gorduras não processadas ao cálcio, que libera uma substância formadora de pedras. 

A presença dessa substância associada à falta de água pode causar pedras nos rins. Isso acontece porque uma grande quantidade de água é eliminada na diarreia, podendo levar a pessoa à desidratação. 

Anemia

A anemia também é uma consequência da má absorção de nutrientes no intestino e da perda de sangue nas fezes.

Os sintomas da doença de Crohn são parecidos com os de outras doenças do sistema digestivo, o que pode complicar o diagnóstico. Por isso, somente os sintomas não são suficientes para se fazer o diagnóstico. 

O médico especialista pode solicitar alguns exames, como endoscopia e colonoscopia. Também podem ser feitos exames de imagem, como radiografia, tomografia e ressonância magnética.  

Com o diagnóstico, o profissional pode fazer o encaminhamento ao tratamento adequado, que busca reduzir os sintomas, conter a inflamação e reverter a deficiência nutricional com medicamentos e dieta. Em alguns casos, é necessária uma intervenção cirúrgica.

Fontes e referências adicionais

Você já conhecia os sintomas da doença de Crohn? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Marcos Marinho

Dr. Marcos Marinho é especialista em Gastroenterologia, Endoscopia Digestiva e Ultrassonografia - CRM 52.104130-4. Formou-se em Medicina pela Universidade do Grande Rio (Unigranrio) e é pós-graduado em Gastroenterologia pelo IPEMED. Realizou cursos de ultrassonografia geral e intervencionista pela Unisom, ultrassonografia musculoesquelética e Doppler pelo CETRUS. Atualmente, é pós-graduando de Endoscopia Digestiva pela Faculdade Suprema de Juiz de Fora-MG. No momento, atua em vários municípios do estado do Rio de Janeiro como na capital, Niterói, Magé e Araruama. Dr. Marcos Marinho tem experiência em setores variados de sua especialização e continua em constante aprendizado e evolução para ser uma referência da área. Para mais informações, entre em contato através de seu Instagram oficial @drmarcosmarinho

Deixe um comentário