Sintomas e tratamento da doença do beijo (mononucleose)

Especialista da área:
atualizado em 25/01/2021

Já ouviu falar em mononucleose? E em doença do beijo? Saiba quais os sintomas e como é o tratamento dessa condição contagiosa. 

  Continua Depois da Publicidade  

Mononucleose e doença do beijo são sinônimos que se referem a uma infecção viral contagiosa.

Muitos conhecem a mononucleose infecciosa (ou apenas mono) como a doença do beijo porque uma das formas de transmissão do vírus é justamente através da saliva. 

No entanto, essa não é a única maneira de contrair o vírus – já que ele também se espalha por meio do compartilhamento de objetos e itens de uso pessoal.

Apesar da facilidade de transmissão, a mononucleose não é tão contagiosa como outras infecções virais – como a gripe ou o resfriado, por exemplo, que aliás tem sintomas muito parecidos com os da mononucleose.

Ainda assim, é importante conhecer os sintomas da mono e as formas de se prevenir.

Mononucleose

Chamada também de febre ou doença do beijo, a mononucleose é uma infecção viral causada pelo vírus Epstein-Barr. Esse vírus é da mesma família do herpes simples, embora a doença em si seja diferente.

Apesar de o Epstein-Barr ser o vírus mais comum, há também outros tipos de vírus que podem causar a mono.

O vírus da mononucleose invade as células das mucosas que revestem o nariz e a garganta. Isso então afeta os glóbulos brancos e causa uma infecção.

Além do beijo, a doença pode ser transmitida pelo contato com qualquer tipo de secreção oral. Embora seja raro, a mononucleose também pode ser transmitida pelo contato sexual ou por meio de transfusão de sangue.

  Continua Depois da Publicidade  

A saber, o vírus também pode ser contraído através de:

  • Tosse;
  • Espirro;
  • Transplante de órgãos;
  • Compartilhamento de bebidas e alimentos.

O período de incubação do vírus pode durar de 30 a 45 dias. Ou seja, pode demorar todo esse tempo até surgirem os primeiros sintomas da mononucleose.

Sintomas da doença do beijo

mulher com tosse

Na maioria das vezes, a doença é assintomática pois afeta principalmente os mais jovens. Mas em muitos casos ela causa sintomas que podem incluir:

  • Febre alta;
  • Tosse e dor de garganta;
  • Gânglios linfáticos inchados no pescoço ou nas axilas;
  • Mal-estar;
  • Dificuldade para engolir;
  • Suor noturno;
  • Fadiga;
  • Dor de cabeça;
  • Fraqueza muscular;
  • Manchas rosadas ou roxas na pele ou na boca;
  • Amígdalas inchadas;
  • Inchaço do baço.

A saber, sintomas como a febre e a dor de garganta costumam durar de 7 a 15 dias. Por outro lado, outros sintomas como a fadiga e o mal-estar podem perdurar por várias semanas. 

Às vezes, a recuperação total só ocorre depois de 3 meses.

Tratamento

mulher doente descansando

Em geral, a mononucleose não precisa de tratamento, pois os sintomas melhoram sozinhos.

Porém, se seus sintomas não passarem ou se você estiver se sentindo muito mal, procure um médico pois pode ser que você tenha uma complicação.

As complicações da mono são raras, mas podem incluir:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Infecções secundárias como amigdalite, faringite e sinusite;
  • Problemas no fígado;
  • Aumento do baço, que pode levar ao rompimento do órgão;
  • Anemia;
  • Trombocitopenia;
  • Complicações que afetam o sistema nervoso como a meningite e a encefalite.

De qualquer forma, é importante fazer um exame sorológico para constatar a presença do vírus e um hemograma para detectar a infecção.

Se houver sinais de complicações, o médico também pode pedir exames de fígado.

No entanto, não existe um tratamento específico para a mononucleose. Por isso, o tratamento envolve repouso e outras medidas para aliviar os sintomas, como por exemplo:

Ingestão de líquidos

Beber bastante água e sucos de frutas é importante para prevenir a desidratação. Além disso, caprichar nos fluidos alivia a febre e a dor de garganta.

Analgésicos

Os analgésicos e anti-inflamatórios são úteis para aliviar a dor e a febre. Você pode optar por remédios de venda livre como o paracetamol ou o ibuprofeno, por exemplo.

Gargarejo com água salgada

O gargarejo com água salgada ajuda a aliviar sintomas como a dor de garganta.

Para isso, misture ½ colher de chá de sal em 1 copo de água morna. Em seguida, faça o gargarejo e repita o procedimento várias vezes ao dia para melhorar a dor.

Aliás, aproveite para conferir outras opções de remédios para dor de garganta mais usados!

Corticosteroides

Às vezes, um médico pode prescrever corticosteroides para diminuir o inchaço e melhorar a respiração.

Antibióticos

Embora o antibiótico não trate a mononucleose, ele pode ajudar no tratamento de complicações ou de infecções secundárias – como a infecção estreptocócia, a amigdalite ou a sinusite, por exemplo. 

No entanto, antibióticos como a amoxicilina e os derivados da penicilina são contraindicados, pois eles podem causar erupções cutâneas como efeito colateral. Assim, o antibiótico mais usado é o metronidazol.

Aciclovir

O aciclovir é um remédio antiviral que pode ajudar no tratamento da mononucleose. Ele está disponível em pomada ou em comprimido de uso oral.

Prevenção da mononucleose

Se você está com mono ou tem contato com alguém infectado, é bom tomar medidas a fim de evitar que a doença se espalhe.

O vírus da mono é muito comum e apesar de ser difícil de prevenir, ao suspeitar da doença você deve:

  • Evitar beijar ou abraçar outras pessoas;
  • Não emprestar itens de uso pessoal;
  • Lavar as mãos com frequência.

A boa notícia é que a mononucleose é uma doença leve que só se desenvolve uma vez na vida. Isto é, depois que você pega a doença uma vez, o seu corpo fica imune a uma nova infecção.

Fontes e referências Adicionais

Você já teve sintomas de mononucleose? Comente então aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário