10 Alimentos que Podem Ajudar Contra o Câncer

Especialista:
atualizado em 05/07/2020

Câncer é um nome que assusta, não é mesmo? O termo refere-se a um conjunto de mais de 100 doenças que são caracterizadas pelo crescimento desordenado de células, que invadem tecidos e órgãos do organismo.

Essas células dividem-se rapidamente e costumam ser agressivas, incontroláveis e capazes de infiltrar e destruir tecidos do organismo. Elas determinam a formação de tumores, que também podem ser espalhados para outras regiões do corpo.

Embora os índices de sobrevivência a vários tipos de câncer tenha melhorado graças à melhorias de diagnóstico e tratamento, a condição ainda é a segunda maior causa de morte no mundo. Dados do Ministério da Saúde e da Secretaria de Vigilância em Saúde apontam que em 2017 o Brasil registrou mais de 115 mil mortes de homens e aproximadamente 103,5 mil mortes de mulheres em decorrência de algum tipo de câncer.

Isso sem contar que o tratamento de um câncer, que pode envolver cirurgias, transplantes, radioterapia e quimioterapia, por exemplo, pode ser bastante penoso para o paciente. Ou seja, não faltam motivos para levar uma vida saudável e tomar mão de estratégias que auxiliem a prevenir contra a doença.

Saiba mais sobre o adenocarcinoma, o câncer de pulmão de Ana Maria Braga.

Embora não exista uma maneira certeira de se prevenir contra o desenvolvimento de um câncer, manter um peso saudável e seguir uma dieta saudável são dois dos diversos aspectos que diminuem o risco de ter a condição.

Não existem comidas ou bebidas que vão curar o câncer, entretanto, uma alimentação saudável e adequada pode ser bastante útil ao tratamento contra a doença.

Pensando nisso, vamos conhecer 10 alimentos que funcionam como poderosos aliados nessa luta contra a doença. Eles podem ajudar a prevenir a condição, além de serem boas escolhas para a dieta de quem já segue um tratamento contra o câncer. Confira:

1. Brócolis

Ele é rico em sulforafano, uma substância que já foi associada por estudos ao efeito de diminuir a agressividade e o crescimento do câncer de mama e câncer colorretal.

2. Frutas vermelhas

O grupo das frutas vermelhas inclui exemplos como morango, amora, mirtillo e framboesa. As frutas vermelhas são compostas um corante natural conhecido pelo nome de antocianina, que é um potente antioxidante.

Pesquisas já associaram o consumo de frutas vermelhas à diminuição do risco de desenvolvimento de câncer e o auxílio ao fortalecimento do tratamento de combate ao câncer.

3. Canela

Alguns estudos observaram que o extrato da canela induziu a morte programada de células com mutações, que poderiam se tornar células cancerígenas.

4. Oleaginosas

Este grupo de alimentos é composto pelo mineral selênio, que é classificado como um poderoso antioxidante. O nutriente é conhecido por regenerar o antioxidante mais potente do organismo, a glutationa peroxidase.

Além disso, a incidência de diferentes tipos de câncer está relacionada a uma maior produção e circulação de radicais livres, compostos que são inibidos justamente pelos antioxidantes. Alguns exemplos de oleaginosas são: nozes, castanha-do-pará e macadâmia.

5. Azeite

O consumo do azeite já foi associado por pesquisas a uma incidência mais reduzida de câncer de mama e câncer do sistema digestivo de maneira geral. No entanto, ainda não se sabe especificamente como é que o alimento promove esse benefício.

6. Cúrcuma (açafrão-da-terra)

A curcumina, substância encontrada na sua composição, já foi apontada em pesquisas como dona de efeitos em relação à diminuição da inflamação, de atividade antioxidante e de capacidade de combater uma série de tipos de câncer.

7. Linhaça

Composta por fibras e gorduras saudáveis, a linhaça já teve o seu consumo relacionado por algumas pesquisas à diminuição do risco de desenvolvimento de câncer colorretal e de câncer de próstata.

8. Tomate

Esta fruta rainha das saladas é bastante rica em licopeno. Ele é o corante natural do tomate, mas também é classificado como um poderoso antioxidante. O seu consumo é especialmente interessante para os homens devido à provável prevenção do câncer de próstata.

O licopeno é lipossolúvel (solúvel em gorduras), portanto, para conseguir absorver e aproveitar melhor o licopeno do tomate, recomenda-se cortar a fruta para que o composto seja liberado e consumi-la ao lado de alguma gordura boa como o azeite de oliva.

9. Alho

Boa notícia para quem costuma temperar as suas preparações com alho: alguns estudos apontaram que consumir mais alho no dia a dia está associado à diminuição dos riscos de desenvolvimento de câncer no aparelho digestivo, tanto no estômago quanto na região colorretal. Porém, ainda não se sabe como é que o alimento promove esse benefício.

Além disso, para obter as vantagens do alho para a saúde com mais eficiência, é necessário que ele seja amassado 15 minutos antes do consumo, o que serve para melhorar a disponibilidade dos seus compostos benéficos.

10. Peixes gordos

O grupo inclui exemplos como sardinha, cavala, atum, salmão e outros peixes naturalmente ricos em ômega-3 e vitamina D. Algumas pesquisas indicaram que esses alimentos também ajudam a diminuir as chances de surgimento de câncer, assim como auxiliam a fortalecer o organismo para combater a doença.

Acredita-se que eles sejam poderosos anti-inflamatórios, que alteram o curso de inflamação do organismo, de uma via pró-inflamatória para uma via anti-inflamatória.

Não é só isso

Além de incluir esses alimentos na dieta, é importante ter um estilo de vida saudável de maneira geral, ou seja, praticar atividades físicas (se houver liberação médica, obviamente), não consumir bebidas alcoólicas e abster-se do cigarro, por exemplo.

Outra ferramenta que também pode ajudar bastante é evitar incluir os alimentos com potencial cancerígeno nas refeições.

Se você já tem câncer, atenção!

Quem já foi diagnosticado com um câncer jamais deve abandonar o tratamento prescrito pela equipe médica e usar somente a alimentação ou outras estratégias de estilo de vida para combater a doença. O câncer é uma condição que pode ser fatal e deixar de lado o tratamento será extremamente perigoso.

Portanto, é fundamental continuar a obedecer a todas as instruções médicas. A ideia é usar os alimentos mencionado neste artigo apenas como forma de ter uma alimentação saudável para ajudar a fortalecer o organismo enquanto enfrenta uma doença tão grave como é o câncer. Com informações do Instituto Nacional de Câncer (INCA) e da Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tem o costume de ingerir esses alimentos que podem ajudar contra o câncer que listamos acima? Pretende comer mais deles agora? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo muito solicitada para palestras, consultoria a empresas e atendimento personalizado para atletas, pessoas com condições especiais de saúde e pessoas que desejam melhorar a forma física de forma saudável. É a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España). É também membro da International Society of Sports Nutrition. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma. Dra. Patricia Leite é uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento.

Deixe um comentário