12 Pessoas que Perderam Mais de 20 kg Dividem os Seus Melhores Conselhos de Emagrecimento

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Todo mundo sabe que perder peso não é tarefa das mais fáceis, mas todo mundo também sabe que quem precisa e/ou deseja atingir esse objetivo precisa começar de algum lugar. E que tal iniciar a jornada inspirando-se em outras pessoas que passaram pelo mesmo processo e obtiveram sucesso?

Hoje nós trazemos algumas dicas gerais para perder peso de 12 pessoas que conseguiram perder uma considerável quantidade de peso. Confira e aproveite tudo o que puder usar para a sua própria jornada rumo à boa forma:

1. Faça uma mudança saudável de cada vez

4aboaforma

“Eu comecei andando de casa para o trabalho – uma caminhada de quase 5 km. Eu fiz isso durante seis meses e então comecei a comer de maneira saudável: eu cortei açúcar e todas as comidas processadas e depois de um ano indo do trabalho para casa a pé, de três a cinco vezes por semana, eu contratei um personal trainer. Comecei a levantar pesos, fazer treinos em circuito e intervalados”, contou Signe Heffernan que eliminou 57 kg em aproximadamente dois anos.

O conselho de Signe consiste em começar devagar no começo, fazendo coisas que possam se adequar à sua rotina. Como ela, você pode começar a caminhar para o trabalho, faculdade ou qualquer lugar que não seja tão longe e que você esteja acostumado a usar o carro, moto ou ônibus para ir, em alguns dias da semana.

Uma vez que isso se tornar um hábito em sua vida, você deve dar o próximo passo, que pode ser entrar em uma academia ou tentar se alimentar de modo mais saudável. O segredo é continuar mudando e adicionando novos desafios ao dia a dia.

2. Fique atento às recomendações, mas ainda assim siga os seus instintos

4bboaforma

Para Hunter Montgomery, de 28 anos de idade, que perdeu em torno de 47,5 kg em um ano, é importante pesquisar e tentar diferentes tipos de treinamento e dieta, mas também é fundamental ter cuidado com a quantidade de especialistas em saúde em boa forma que existem na internet.

“O que eu descobri é que cada pessoa é diferente, e todos nós reagimos e obtemos benefícios de determinadas coisas de jeitos diferentes. Dito isso, tenha em mente que ninguém conhece o seu corpo melhor do que você e que nem todo mundo por aí é um especialista”, orientou.

Outro conselho de Hunter é encontrar o que funciona melhor para você e se apropriar disso.

3. Se você não gosta de exercícios aeróbicos, encontre algo que você ame fazer

4cboaforma

Quando começou a malhar, Olivia Sullivan, que hoje está com 28 anos de idade, pesava aproximadamente 127,5 kg e não gostava nem um pouco de praticar exercícios aeróbicos. Felizmente, ela entrou em contato com o treino de fortalecimento e encontrou uma atividade que realmente fazia com que ela se sentisse bem.

“Um amigo me apresentou e eu me apaixonei. Aquilo era viável a meu peso e eu percebi que eu era um pouco forte. Eu fazia exercícios aeróbicos algumas vezes por semana, mas era o levantamento de peso que me fazia voltar à academia. Então, em outubro, eu encontrei o boxe. Eu tinha construído força e resistência suficientes e a prática era bem divertida. Eu faço boxe três vezes por semana e treino de fortalecimento nas outras três… Exercícios aeróbicos são muito mais fáceis agora com aproximadamente 79,5 kg e eu espero fazer a minha primeira corrida de 5 km este ano!”

Olivia perdeu em torno de 46 kg no decorrer de um ano.

4. Se você sente vergonha de ir à academia, faça exercícios longe dela, até que adquira confiança

4dboaforma

Em 15 meses, Diana Noesgaard eliminou cerca de 41 kg. E ela não começou o seu processo de emagrecimento indo direto para a academia. Primeiro, Diana começou com as caminhadas, que a ajudaram a emagrecer quase 7 kg, partiu para as aulas de hidroginástica e então passou a frequentar uma academia.

“Eu continuei com as aulas na água quatro vezes por semana durante nove meses, até que me senti preparada para superar a academia. Eu nunca achei que eu seria aquela garota que vive para malhar, mas aqui estou eu. Eu vou à academia pelo menos cinco vezes por semana, em que faço exercícios aeróbicos e de fortalecimento”, contou.

Ter medo da academia ou das pessoas que poderia encontrar por lá não pode ser desculpa para nem tentar emagrecer, especialmente quando a perda de peso é necessária para a saúde. Fazer como Diana, com atividades que podem ser realizadas longe do local, é uma maneira de começar a se sentir melhor, ver algum resultado e ficar mais confiante e seguro para enfrentar o medo da academia e vencê-lo.

5. Você pode chorar no meio de um exercício. Apenas saiba que a próxima vez será mais fácil

4eboaforma

É normal que quem começa uma série de treinamentos, principalmente se nunca foi uma pessoa muito ativa, sinta dificuldades nos primeiros dias de malhação. Mas o importante é não ceder à tentação de desistir, e fazer assim como Jackie Kankam, que mesmo depois de passar por um momento embaraçoso na academia, seguiu em frente e conseguiu eliminar quase 32 kg em dois anos.

“Eu nunca esquecerei o meu primeiro treino. Eu chorei! Eu gostaria de dizer que foram apenas algumas lágrimas, mas eu chorei muito. Isso aconteceu na academia do meu trabalho, os colegas olhavam para mim e tentavam evitar contato visual. Em certo momento durante o exercício eu sentei e pensei: ‘Eu posso desistir agora… Ou eu posso aguentar porque a próxima vez que eu fizer esse treino, não será tão difícil.’ Então eu aguentei e decidi que desistir era fácil demais”, relatou ela.

“Minha citação favorita é: ‘A diferença entre cair e falhar é se você decide ou não se levantar de novo.’ Eu percebi que não importa o quão difícil tudo estava, se eu simplesmente continuasse a me levantar de volta seria mais fácil todo dia”, completou.

Depois dessa não tem muita coisa que a gente possa dizer a não ser: se houver a mínima possibilidade que seja de dar certo na próxima vez, não desista!

6. Não entre em uma dieta. Entre em uma jornada para mudar o seu estilo de vida

4fboaforma

Em três anos, Gurinder Pabla perdeu quase 32 kg. Para alcançar esses ganhos, ele ressaltou que teve que passar por uma reformulação desafiadora em seu estilo de vida.

“Não é uma dieta, não é um exercício e definitivamente não é um medicamento. É uma mudança total de estilo de vida. Tantas vezes eu desejei que eu pudesse voltar, sentar no meu sofá e comer uma pizza inteira ou um balde de asinhas (de frango). Mas eu não voltei porque eu sei que estou trabalhando para frente e eu não quero voltar à pessoa que eu era”, revelou.

Pelo relato de Gurinder, nós vemos como não é fácil mudar o estilo de vida. Mas ao mesmo tempo, essa é uma forma de perder peso com saúde e garantir que o emagrecimento seja algo duradouro e que os quilos perdidos não voltem poucos meses depois, como pode acontecer com uma dieta ou o uso de um remédio, por exemplo.

7. Encontre um grupo de pessoas que te apoiará e torcerá por você

4gboaforma

Durante o seu processo de perda de peso, Zachary Rieger contou com grande apoio das pessoas que estavam perto dele. Sua namorada na época, que hoje é sua esposa, esteve com ele em todos os momentos. Além de correr junto com o companheiro, ela ia assisti-lo em suas corridas.

Os pais de Zachary também o ajudaram. Eles ficavam de olho emcada etapa do progresso do filho e torceram por ele quando o rapaz completou a sua primeira maratona. Outros que fizerem parte dessa rede de apoio durante todo o processo foram seus melhores amigos. Um deles inclusive chegou a tentar acompanhá-lo em seu treino por um mês.

Aliado a tudo isso, também esteve o incentivo das pessoas que já tinham experiência na corrida, modalidade que fez parte de sua jornada: “Isso fornece um ambiente ótimo. Você não tem que ser um maratonista para correr com eles. Eles aceitam qualquer nível. Eu fiz grandes amizades com os caras que correram comigo”, disse.

Ao longo de um ano, Zachary eliminou 23,5 kg.

8. Identifique os seus hábitos não saudáveis e eduque-se para mudá-los

4hboaforma

A comida, principalmente o açúcar, era como uma espécie de droga na vida de Timothy Reed, então para emagrecer ele teve que passar por um processo de reeducação e mudar os seus hábitos.

“Eu comecei a me educar em relação à nutrição, sobretudo calorias. A tentação de comida, especialmente açúcar, foi a parte mais difícil da minha jornada. Você vence isso ao não deixar comida à vista na casa e não saindo tanto para comer. Eu preparo todas as minhas refeições com antecedência e compro somente alimentos nutritivos. Eu levei um ano e meio para perder 45 kg, mas a jornada continua até hoje. A luta continua”, contou.

9. Descubra quais bloqueios psicológicos ficam entre você e a sua mudança de vida

4iboaforma

Passar por uma transformação no peso não é algo que envolve apenas o físico, mas também o emocional, em relação a questões como autoestima, medo de não dar certo e confiança. Prova disso é Vanessa Nelson, que perdeu aproximadamente 32 kg em apenas cinco meses e afirma que ter tido ajuda profissional para lidar com o seu medo de fracassar foi importante para o seu processo de emagrecimento.

“Eu comecei a ir a aconselhamentos por conta do meu distúrbio de ansiedade generalizado. E uma vez que eu fui, muitos dos meus medos em relação a perder peso começaram a desaparecer. Parece estranho dizer que perder peso me assustava, mas é verdade. O pensamento de possível fracasso me assustava muito. Mas mandar embora tudo isso e lidar com a minha ansiedade dia a dia fez uma grande diferença”, disse.

10. Inscreva-se em uma corrida com amigos

4jboaforma

Quando pesava em torno de 108 kg, Jenn Flores estava sempre cansada, então decidiu que queria ter o seu corpo de volta. Ela traçou a meta de participar de uma corrida de 5 km, mas dois meses antes da corrida, ainda estava na vida sedentária. Foi então que depois de comentar com uma colega de trabalho que iria competir e dessa colega também decidir que participaria do evento com Jenn, a ficha da moça caiu e ela finalmente começou a se exercitar. Jenn passou correr em volta da praia junto com a companheira de trabalho, depois do expediente.

“Nas duas primeiras semanas eu não podia correr mais de um minuto por vez. Pouco a pouco eu comecei a ser capaz de correr trechos inteiros. Ela me motivou não apenas a me esforçar, mas também a relaxar um pouco. Aquela corrida foi o momento decisivo. Eu acho que vi um vislumbre do que poderia ser”, afirmou.

E o que poderia ser – e realmente foi – na vida de Jenn era a perda dos quilos em excesso. Ela eliminou 27 kg em um ano e quatro meses.

11. Celebre cada vitória – por menor que seja – e premie-se

4kboaforma

Athina Garza perdeu aproximadamente 84 kg em dois anos e meio e um dos segredos de sua transformação foi manter-se animada e estimulada mesmo quando o progresso não acontecia de maneira tão rápida.

“Quando eu comecei a minha jornada, eu perdia de 2 a 4,5 kg por semana! Isso começou a diminuir e em algumas semanas eu perdia de 450 a 900 g. Muitas semanas somente 450 g. Eu ainda me sentia animada em toda pesagem, porque eu estava progredindo. Desde o início eu pensei em como eu me premiaria quando eu alcançasse determinados marcos. Toda vez que eu concretizava uma meta, eu comprava uma roupa ou sapatos novos”, revelou.

12. Saiba que a vida pode interferir na sua perda de peso; siga em frente mesmo com os contratempos

4lboaforma

Kelly Geistler eliminou em torno de 55,5 kg em aproximadamente um ano, mas a sua jornada não foi nada fácil, já que ela teve que enfrentar um problema de saúde que atrasou o processo. Mas ela não desistiu, e depois de ter superado o problema voltou a lutar contra a balança e venceu!

“Durante a faculdade de direito, eu continuei a lutar contra o meu peso e ter sucesso, até que uma infecção viral me forçou a utilizar esteroides por conta de dor e inchaço incrivelmente debilitantes na articulação. Eu ganhei quase 32 kg em poucos meses durante o meu terceiro ano de faculdade. Levou em torno de seis meses para o vírus ir embora, mas eu parei com os esteroides e passei a lidar com o meu peso de novo… Eu perdi cerca de 32 kg, depois mais 22 e agora perdi 55,5 no total”, contou.

Qual dessas dicas você achou mais interessante e que pode realmente te ajudar a perder peso? Conhece ou você mesmo passou por alguma história marcante como essas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

1 comentário em “12 Pessoas que Perderam Mais de 20 kg Dividem os Seus Melhores Conselhos de Emagrecimento”

  1. gostei muito do artigo,estou começando agora espero com o tempo escrever artigos assim” parabens”.
    vou voltar para continuar lendo.