4 Tipos de Pessoas que Sabotam a Sua Dieta e Você Mal Percebe

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Quando contamos para as pessoas que estão próximas a nós que estamos fazendo aulas academia e seguindo uma dieta mais saudável para emagrecer, algo que podemos esperar delas são comentários e opiniões. E se por um lado alguns podem ser bastante encorajadores e dizer palavras agradáveis que nos deixem ainda mais animados, outros, mesmo sem querer, dizem ou fazem coisas que não nos estimulam tanto assim.

Esses últimos são os chamados sabotadores. E engana-se quem pensa que somente aquele tio que curte um churrasco de final de semana ou aquele amigo que não dispensa uma pizza ou um lanche de fast-food que ocupam esse papel. Os sabotadores podem surgir de onde a gente menos imagina e agir de maneira quase imperceptível.

Por isso, para te deixar um pouco mais alerta em relação aos amigos, colegas e parentes que não dão aquela força para a sua dieta, confira a lista a seguir com quatro tipos de pessoas que sabotam a sua dieta e você mal percebe e saiba o que fazer para mudar a situação.

1. O amigo da academia

13aboaforma

Já comentamos diversas vezes por aqui como é importante dividir o seu treino com alguém. E é mesmo. Ter um companheiro de academia ou corrida é uma ótima maneira de se manter motivado e ser estimulado nos dias em que o desânimo ou a preguiça batem. Isso sem falar que uma companhia deixa a malhação mais divertida.

Entretanto, quando essa pessoa que te acompanha nos treinos te puxa para atitudes não muito saudáveis, ela assume o papel de sabotador. Isso acontece quando depois do treino ela te chama para comer alguma coisa mais calórica. E não precisa ser uma pizza ou um refrigerante. Até mesmo batidas e shakes de proteínas podem prejudicar a sua dieta.

“Se você elimina 200 calorias na academia e toma um shake de proteínas de 350 calorias, você não está fazendo nada de bom a si mesmo”, explicou a blogueira e especialista em nutrição Caroline Kaufman.

Como mudar isso?

Não, você não precisa ignorar o seu parça de academia e fazer o treino sozinho. Mas é preciso fazer alguma coisa para mudar a situação, certo? Então evite sair para tomar alguma coisa depois do treino e deixe para comer assim que chegar em casa. Se mesmo assim o seu amigo insistir, fique de olho nas calorias do que você irá pedir e opte por uma batida feita com apenas duas frutas e leite desnatado. 

2. Os clientes do escritório

13bboaforma

Se você trabalha com algo que exige encontros e reuniões com clientes em restaurantes, você pode consumir mais calorias do que deve sem ao menos perceber. Isso porque enquanto conversa com o cliente, você se foca mais no seu trabalho do que na refeição que está fazendo e mal nota quando ele pede uma sobremesa ou um refrigerante para todos da mesa.

E mesmo na hora de fazer o pedido, quando você pode parar e pensar e escolher algo mais saudável, fica um pouco difícil resistir quando todos já pediram uma porção de batatas fritas, que será devorada bem na sua frente.

Como mudar isso? 

Se tiver a chance de escolher um restaurante, sugira algum que você sabe que tem opções de cardápio mais saudáveis, porém que não deixam de ser saborosas. Assim, quando pedirem aquilo que você sabe que não deve comer, seu sofrimento não será tão grande.

Além disso, faça o seu pedido antes dos outros e deixe bem claro, com educação e gentileza, é claro, que você não pedirá uma sobremesa ou refrigerante.

3. O seu amigo que não dispensa um bar

13cboaforma

Sexta à noite, você acabou de chegar da academia e está numa boa em casa, com os pés para cima, vendo um filme na televisão. Então, aquele seu amigo que não dispensa uma saída no final de semana te chama para dar uma passadinha em algum bar. Mesmo não estando tão disposto assim a sair, você vai, para aproveitar e colocar a conversa em dia.

O problema é que encontrar um amigo no bar é pedir para se empanturrar de calorias líquidas. Pode não parecer, mas as bebidas alcoólicas também são ricas em calorias e atrapalham a dieta. Por exemplo, uma lata de cerveja possui 155 calorias.

Isso sem contar que beber aumenta o apetite, especialmente para petiscos como batata frita e salgadinhos.

Como mudar isso? 

Você não precisa deixar de sair com o seu amigo, mas deve fazer escolhas sábias na hora de pedir a sua bebida. Evite as batidas feitas com sucos artificiais e refrigerantes e opte por bebidas com menor valor calórico, como uma taça de vinho tinto, por exemplo, ou uma gim tônica, limitando o consumo a apenas uma dose, ou pelo menos intercalando as doses com um copo cheio de água.

Se você não quiser correr o risco de não aguentar e querer repetir várias vezes a bebida, voluntarie-se para ser o motorista da rodada e passe a noite sóbrio.

4. Os filhos

mae-filha-comendo

 

Tem coisa mais fofa do que os seus filhos pequenos demonstrarem o seu amor por você ao querer dividir o docinho ou as balinhas que ganharam na escola ou dos avós? No entanto, por mais adorável que isso seja, não podemos negar que os pequenos estão agindo como mini sabotadores. Afinal, como fazer para resistir àquelas carinhas fofas oferecendo suas guloseimas?

Como mudar isso? 

Quando a criança te oferecer o docinho, agradeça, mas diga que não quer porque está com a barriga cheia. Se ela insistir, pegue e guarde a guloseima, mas seja forte para não comer mais tarde.

Aproveite também para determinar um horário adequado para que seus pequenos comam os doces. Determine uma certa quantidade por dia, pequena, é claro, e permita que seja somente depois que eles terminarem de almoçar e jantar, especialmente após terem comido os vegetais saudáveis que você colocou no prato deles.

Assim, você não somente limita e controla a tentação que passa perto de você, como também ensina seus filhos a terem uma alimentação mais saudável.

 

Você já percebeu alguma dessas situações em que uma pessoa inesperadamente acabou atrapalhando sua dieta? Você consegue ser uma pessoa forte para evitar estes momentos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário