5 Coisas Que Você Não Deve Dizer Para Alguém que Engordou

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Histórias de superação de pessoas que conseguiram vencer a luta contra a balança são o que não faltam, inclusive nós já trouxemos algumas para você. Porém, por outro lado, também existem situações em que as pessoas não conseguem manter ou perder peso e acabam engordando.

E como esse aumento de peso nem sempre acontece simplesmente porque a pessoa é preguiçosa ou come demais, mas também devido ao uso de algum tipo de medicamento, uma doença ou problema físico, é preciso saber exatamente como conversar com elas a respeito do assunto, para que não fiquem chateadas com a autoestima baixa.

Hoje nós falaremos sobre as cinco coisas que você não deve dizer para alguém que engordou. Confira quais são elas na lista abaixo e não corra mais o risco de ser indelicado:

1. “Você ganhou uns quilinhos?”

Se a pessoa tiver espelho em casa ou acesso a balanças, ela provavelmente saberá que engordou. Então por que ser indelicado e jogar na cara aquilo que o seu colega já sabe? Por mais que você ache que ele precisa emagrecer e que fazer essa pergunta poderá estimulá-lo, o resultado mais provável é que o seu amigo acabe se sentindo mal com o próprio corpo e chateado com você e sua indelicadeza.

2. “Nessa época do ano é tão mais fácil engordar do que emagrecer… não é mesmo?”

12bboaforma

Parece que você está falando de você mesmo e de suas experiências, mas dependendo do tom usado também pode soar como uma indireta para que o seu amigo traga à tona o assunto. E se você não estiver com excesso de peso, isso será mais evidente ainda.

Se ela for uma pessoa educada, poderá até concordar com você e dizer que as festas de final de ano ou aniversários induzem a comer mais. Entretanto, se não foi ele que começou a falar sobre o assunto, nada indica que ele está confortável em ter uma conversa a respeito disso.

3. “Ouvi dizer que tal dieta é boa… já tentou?”

Dar opinião sobre dietas, academias e até nutricionistas sem que a pessoa tenha perguntado pode soar como ofensa. Sabemos que a intenção até pode ser boa, mas comentários do tipo podem deixar o seu amigo ainda mais pressionado quanto a necessidade de perder peso.

O mesmo vale para quem conseguiu mudar para um estilo de vida mais saudável e vive falando sobre o sucesso. Algo mais efetivo e que pode fazer os outros se identificarem é contar os dilemas e dificuldades que teve que enfrentar durante todo o processo. Isso pode deixar o colega mais à vontade para contar os seus problemas e pedir ajuda.

4. “Essa roupa não está legal…”

12dforma

Com a falsa ideia de que estão demonstrando cuidado, pessoas mais próximas do convívio de quem ganhou uns quilos a mais, como os pais ou o cônjuge, podem querer ficar controlando o que alguém veste ou os seus hábitos alimentares.

Na cabeça deles pode parecer inocente, mas para quem está vivendo a situação é desconfortável e pode trazer mais pressão ainda, como se ele não fosse bom o suficiente por conta do excesso de peso e todos quisessem “consertá-lo” a qualquer custo.

Como mencionamos acima, não é aconselhado falar sobre o assunto sem a pessoa pedir, mas se mesmo assim os parentes próximos acharem que é preciso, a sugestão é conversar de forma amorosa e delicada, e de preferência sem a presença de outras pessoas, para evitar constrangimentos. 

5. “Você sabia que excesso de peso aumenta a sua pressão arterial (ou outro tipo de problema de saúde)?”

12eboaforma

Se a pessoa tiver frequentado a escola, ter televisão em casa e/ou acesso à internet, provavelmente já terá escutado ou lido sobre os riscos à saúde que o excesso de peso traz. Além dessa expressão soar como uma indireta, algumas pessoas só buscam emagrecer quando os quilos a mais afetam suas vidas na prática, seja na aparência, no baixo condicionamento físico ou na própria saúde. Logo, apresentar dados de pesquisas científicas não servirá tanto como estímulo.

Então, o que devo fazer?

Isso quer dizer então se uma pessoa do meu convívio engorda, eu devo simplesmente ignorar esse fato? Não necessariamente. Mas é preciso ter cuidado ao abordar o assunto. A melhor maneira é esperar que a própria pessoa mencione o problema e então você poderá dar um conselho, indicar um médico ou sugerir que vocês pratiquem alguma atividade física juntos.

Também é preciso saber entender e respeitar a individualidade das pessoas. Algumas, mesmo estando com sobrepeso, não enxergam a necessidade de emagrecer até que a questão se agrave ou que algo mais grave em relação à saúde aconteça. Outras simplesmente se aceitam como são e não se deixam afetar pelo número da balança ou o tamanho de suas roupas.

É claro que aqui estamos falando de casos em que a pessoa está com uns quilinhos a mais e não de pessoas obesas, em que a situação apresenta riscos muito graves à saúde.

Você já acabou cometendo alguma indelicadeza dessa com um conhecido que engordou? Ou você mesmo já sofreu com esse tipo de comentário? Comente abaixo como foi!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

2 comentários em “5 Coisas Que Você Não Deve Dizer Para Alguém que Engordou”

  1. Quando eu cheguei a 92kg, eu gostaria de que alguém tivesse tido coragem o suficiente para chegar em mim e dizer o quão gorda eu estava. Eu não tinha noção alguma do meu peso e acho que muita gente também passa por isso, foge de balanças e com o tempo pensa que só está um pouco acima do peso e não se preocupa quanto a isso, mesmo que soasse indelicado e eu me ofendesse com o alerta, eu acharia justo um pequeno empurrãozinho, abrindo os olhos para a realidade. Hoje estou perto da minha meta, 58 a 60kg, estou quase lá (;

    • Eu acho que se vc estava feliz qual era o problema, o negócio é estar feliz e ter saúde bom isso vai de pessoa a pessoa aí vc tem que ser perguntar será que eu quero emagrecer pra me sentir melhor comigo mesmo ou só quero emagrecer pra entrar em um padrão ou agradar alguém ?