Especialista da Área:

Alimentos Germinados São Realmente Mais Saudáveis e Nutritivos?

Sejam grãos integrais, nozes, sementes, feijões, lentilhas, ou grão de bico, alimentos germinados estão surgindo em todos os lugares, principalmente nas lojas de alimentos naturais e saudáveis. Mas será que eles são realmente mais nutritivos do que os não-germinados? Vamos aprender o básico sobre essa tendência abaixo.

Todo alimento germinado é um tipo de semente

Quando você pensa em sementes, você provavelmente lembra de sementes de girassol, abóbora e chia. Mas legumes – como grão-de-bico, ervilhas e ervilhas – também são sementes. E, tecnicamente, a quinoa, a aveia e as nozes também se qualificam dessa forma. Todas estas sementes podem ser germinadas. Mas o que significa exatamente isso?

Você provavelmente conhece o mínimo sobre o funcionamento das sementes. Elas contêm as matérias-primas que se transformam em uma nova planta quando as condições de temperatura e umidade são favoráveis. Alimentos germinados são essencialmente isso: as sementes que começaram a crescer. Para impedir que as plantas cresçam ainda mais, as sementes são secas ou trituradas e adicionadas a outros produtos.

Os alimentos germinados vêm em diversas formas

Há alimentos secos como amêndoas germinadas, e pães feitos com grãos germinados, sementes e feijão. Você pode até encontrá-los em pó para adicionar a seus shakes e sucos. E apesar de haver alguns produtos germinados processados no mercado (como alguns cereais), não se esqueça de escolher sempre aqueles que contêm apenas ingredientes naturais.

Eles podem ser super nutritivos

As sementes contêm compostos que as impedem de germinar até que as condições estejam perfeitas. Mas uma vez que uma semente brota, esses compostos são cancelados por um aumento das enzimas. Essas mesmas enzimas tornam os nutrientes da semente mais disponíveis, de modo que a planta germinada tem a energia que precisa para crescer. A teoria é que quando comemos alimentos germinados, seus nutrientes são mais biodisponíveis para nós também, e mais fáceis de serem digeridos.

As pesquisas até agora são promissoras

Não há uma grande quantidade de estudos sobre alimentos germinados, mas os que existem apoiam a idéia de que eles trazem um grande aporte nutricional. As pesquisas mostram que a germinação estimula os níveis de antioxidantes de arroz integral, amaranto e painço, por exemplo.

E um estudo publicado na revista Plant Foods for Human Nutrition descobriu que o teor de fibra de vários tipos de arroz integral aumentou de 6 a 13% após a germinação.

Germinação caseira pode ser arriscada

Há um monte de vídeos online que ensinam como germinar sementes em casa. Mas isso pode ser perigoso, a menos que você realmente saiba o que está fazendo. Por exemplo, algumas sementes são tratadas com produtos químicos nocivos, que se quebram em condições de germinação. Além do mais, as condições necessárias para a germinação também são ideais para o cultivo de bactérias que podem trazer doenças como salmonelas, E. coli e listeria.

Se você ainda assim quiser experimentar fazer a germinação em casa, é recomendável cozinhar o produto final (como sopas de lentilhas germinadas ou hambúrguer de grão de bico germinado). Caso contrário, procure marcas de confiança e qualidade que tenham técnicas de germinação seguras e apropriadas.

Você tem o costume de consumir alimentos germinados? Que tipos de receitas faz com eles? Onde consegue encontrá-los? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,80 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo muito solicitada para palestras, consultoria a empresas e atendimento personalizado para atletas, pessoas com condições especiais de saúde e pessoas que desejam melhorar a forma física de forma saudável. É a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España). É também membro da International Society of Sports Nutrition. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma. Dra. Patricia Leite é uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário