Como Fazer Exercícios de Yoga em Casa

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

Se você pode respirar, você pode fazer yoga”, segundo o professor BKS Iyengar. Ouvindo dessa forma, parece simples, mas também não é impossível. Fazer exercícios de yoga em casa, como todo exercício, vai exigir determinação, foco e disciplina.

Para os praticantes habituais, conhecidos por yogis, basta trazer para dentro de casa o que se pratica fora dela. Os iniciantes, como qualquer pessoa que está começando a se familiarizar com algo novo, vão ficar um pouco mais perdidos.

Os Prós e os Contras de Fazer Exercícios de Yoga em Casa

Tudo na vida tem seu lado yin e yang, principalmente no yoga, ou seja, as vantagens e desvantagens.

Entre as vantagens da prática em casa estão a economia com as aulas, não enfrentar trânsito, não ter que achar uma vaga para seu carro, evitar a perda de tempo entre o deslocamento casa/academia, afinal, não é preciso ir quando já se está no lugar.

Outra coisa positiva é a privacidade. O medo de passar vergonha não conseguindo executar algum movimento mais difícil fica restrito a quatro paredes. Algum familiar também pode se sentir estimulado a começar a fazer exercícios de yoga em casa.

A desvantagem: não ter contato com outros praticantes, não mudar de cenário, dificuldade em manter a disciplina, não ter um professor presente para tirar as dúvidas. Mas se o objetivo é realmente fazer yoga em casa, a adaptação é totalmente possível.

Uma vez resolvida a questão, há algumas exigências a seguir:

Local Adequado

A primeira coisa a se pensar é o local. Yoga não é um exercício comum: exige silêncio, tranquilidade, concentração. Não dá para começar a prática onde tem muita gente circulando, telefone tocando, panela de pressão chiando…

Qual o recanto de paz em sua casa? Reflita. É o lugar onde você se sente melhor. Não precisa ser espaçoso demais, basta caber seu colchonete e lhe trazer paz. Deve ser bem limpo, bem ventilado, iluminado e longe de móveis ou objetos cortantes ou pontiagudos.

Com o passar do tempo, esse local emitirá vibrações positivas, trazendo a sensação de conforto, harmonia e paz a todos que ali passarem. Uma vez encontrado esse local, vamos adiante.

Horários

Agora que o local da prática foi escolhido, vamos ver se ele está livre “full time”.

O momento do yoga tem que ser só seu. Veja quais são os horários mais tranquilos do seu dia. É neles que se deve fazer os exercícios de yoga em casa.

Os melhores horários são pela manhã. Quem pratica nessa hora, mantém altos níveis energéticos para atravessar o dia. Os que preferem fazê-lo à noite, terão oportunidade de se desestressarem dos aborrecimentos do dia. Para os que não puderem praticar nesses horários, escolha outro. O importante é não deixar de fazer.

Roupa Adequadas

Use roupas confortáveis, evite coisas que apertem o corpo. Não é porque os exercícios estão sendo realizados em casa que o uso de chinelos durante a prática está liberado. Nesse caso, é melhor ficar descalço.

Alimentação

Para realizar as posturas do yoga, é recomendável que o estômago esteja relativamente vazio.

Nada de alimentos pesados antes da prática. Yoga não é somente exercício físico, mas principalmente mental, geralmente acompanhado de meditação e exercícios respiratórios; portanto, deixe para comer depois.

Aquecimento

Essa é uma regra que não pode ser descartada, de forma alguma. Antes de iniciar os movimentos do yoga, faça exercícios de relaxamento e alongamento, para que a musculatura responda positivamente e não sofra lesões durante as posturas.

Disciplina

Estabelecer metas será fundamental para o êxito. Continuar praticando nos mesmos dias e horários estabelecidos, com a mesma carga horária de quem frequenta uma escola.

As pessoas têm uma tendência a ficar indolentes quando desempenham tarefas em ambiente doméstico. Isso acaba desestimulando o praticante, que vai desistindo aos poucos.

Posturas

Hoje em dia, fica extremamente simples iniciar a prática do yoga. Basta acessar a internet e procurar vídeos que tratem do assunto. Há yoga para todos, desde os iniciantes até os praticantes habituais.

No caso dos iniciantes, convém procurar posturas específicas para essa fase. Aos poucos, o grau de dificuldade vai sendo aumentado.

Quem já pratica há mais tempo vai encontrar novas propostas, e poderá incorporá-las às posturas que já executa.

Damos, a seguir, o básico para quem quer iniciar. É somente um dos caminhos possíveis, há muitos outros, basta pesquisar.

Como Fazer Exercícios de Yoga em Casa

É uma série bastante simples, de aproximadamente 10 minutos. A partir dela, o praticante poderá criar uma dinâmica própria, à medida que adquirir vigor físico.

São somente cinco movimentos. Não adianta querer iniciar com uma série completa e complexa. Vá com calma.

Não se assuste com os nomes. O importante são os movimentos.

  • Supta padangusthasana I

 Supta padangusthasana I - artigo yoga

Deite-se de costas. Enganche um cinto ao redor do seu pé direito. Levante o pé na vertical, em direção ao teto, enquanto força as omoplatas. Conte 5 respirações e alterne as pernas.

  • Supta padangusthasana II

Supta padangusthasana II - artigo yoga

Repita a posição anterior, mas, desta vez, ao expirar, abra a perna para o lado. Novamente, conte 5 respirações e realize o movimento com a outra perna.

  • Adho Mukha sukhasana

 Adho Mukha sukhasana - artigo yoga

Sentado no chão. Pernas cruzadas na posição de Lótus. Dobre os quadris para frente. Ir andando com a ponta dos dedos no chão até sentir que os braços estejam bem estendidos. Respire cinco vezes. Volte à posição inicial. Mude o cruzamento das pernas e repita o movimento.

  •  Anjaneyasana

Anjaneyasana - artigo yoga

Levar o seu pé direito para a frente entre as mãos. Soltar o seu joelho esquerdo no chão. Trazer as duas mãos para o seu joelho direito. Depois de 5 respirações, alternar as pernas.

  • Balasana

Balasana - artigo yoga

Ajoelhe-se. Os dedões dos pés devem tocar o chão. Realize uma abertura ampla dos joelhos. Dobre-se para a frente. Descanse sua testa no chão. Esticar os braços para frente. Conte novamente 5 respirações. Volte à posição inicial e repita o movimento.

Essas são cinco posturas iniciais. Caso encontre dificuldade em entender os movimentos, basta procurar por seus vídeos na internet.

Dicas

  • Sem pressa: Por ser uma prática de relaxamento, os exercícios de yoga em casa devem ser feitos lentamente. Se os movimentos estão sendo realizados rapidamente é porque há ansiedade, e nesse caso, os objetivos não estão sendo atingidos. Preste atenção a isso.
  • Constância: Yoga é benéfico quando há constância. Não adianta praticá-lo uma vez por semana, ocasionalmente, durante duas horas. Seus resultados serão mais visíveis quando praticado diariamente, mesmo que somente 15 ou 20 minutos.
  • Variações: Procure aprender outras posturas para poder variar, dessa forma, a prática diária não se tornará monótona.

Considerações Finais

Além de ser totalmente possível, é bastante recomedável fazer exercícios de yoga em casa.

Com o passar do tempo, convide algumas pessoas para formar um grupo. Isso tornará a prática mais estimulante e divertida, mas não a abandone. Ela só lhe trará benefícios.

Você tem vontade de fazer exercícios de yoga em casa? Por que essa preferência de local? Você já praticou yoga alguma vez? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,80 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

2 comentários em “Como Fazer Exercícios de Yoga em Casa”