Como Não Engordar com o Passar da Idade

Especialista:
atualizado em 14/01/2020

Você provavelmente já ouviu falar que assim que você passa os 40 anos de idade, seu peso começa a subir a ladeira desenfreadamente. Essa força inexplicável que chamamos de metabolismo começa a funcionar um pouco mais lentamente a cada ano a partir dos 30.

Mas aqui vai uma boa notícia: a taxa em que seu metabolismo diminui é realmente bastante mínima. Na realidade, a maioria do ganho de peso que acontece na meia idade não é resultado de um metabolismo mais lento geralmente.

Em vez disso, ele se resume a uma verdade simples, mas que você pode mudar: à medida que envelhecemos, ficamos cada vez menos ativos fisicamente.

Embora isso possa soar deprimente, é realmente uma ótima notícia. Há muito que possamos fazer para neutralizar esse ganho de peso, portanto. Mas primeiro, aqui estão algumas noções básicas sobre o que é metabolismo – e o que não é.

Seu metabolismo não é apenas o seu metabolismo basal

Nossa taxa metabólica basal é uma medida de quanta energia gastamos – ou “queimamos” – quando estamos em repouso. É determinada por uma combinação de fatores, incluindo a sua altura, sexo e os genes hereditários, e não pode ser muito alterada, não importa o que você faça.

Além disso, nossos corpos parecem entrar em três fases mais distintas de queima de calorias, dependendo do que estamos fazendo. Estes três são os tipos de metabolismo aos quais nos referimos quando dizemos que fazer certas coisas, como comer comida picante ou se exercitar, pode “impulsionar” o seu metabolismo.

Quando estamos comendo, queimamos um pequeno número de calorias (cerca de 10% do nosso total de calorias queimadas no dia). Isso é chamado de efeito térmico dos alimentos, e é a primeira dessas três fases mencionadas anteriormente. Podemos intensificar um pouco este processo bebendo bebidas estimulantes como o café e comendo grandes quantidades de proteína.

“Alimentos como chá verde, cafeína e pimentas não vão ajudar você a perder quilos em excesso”, observa um trecho da ADAM Medical Encyclopedia, organizada pelo National Institutes of Health. “Alguns podem fornecer um pequeno impulso no seu metabolismo, mas não o suficiente para fazer a diferença no seu peso.”

Em vez disso, exercite-se

Sem surpresas, a atividade mais importante para queimar calorias é justamente a atividade física.

Se estamos subindo as escadas, levantando da mesa para tomar um café, ou suando em uma aula de hot yoga, estamos gastando energia. Os pesquisadores chamam esta segunda fase de despesa de atividade física.

Depois de um treino extenuante, continuamos a queimar mais calorias do que estaríamos em repouso – e essa é a terceira fase, ou o que é chamado de excesso de consumo de oxigênio pós-exercício.

Quando se trata de neutralizar o ganho de peso, essas duas fases – as relacionadas à atividade física – são as mais importantes. Sua melhor aposta para queimar mais calorias ao longo do dia é aumentar seus níveis de qualquer tipo de atividade física, seja correndo ou andando.

Mas tente fazer algo além de apenas levantar alguns pesos. Os músculos não queimam uma grande quantidade de calorias, como o NIH aponta. Mesmo sendo um hábito saudável que certamente terá um efeito extremamente útil sobre coisas como agilidade e equilíbrio, não vai estimular o seu metabolismo em grande quantidade.

E seja consciente sobre a sua dieta

De acordo com o NIH, além de ficarmos menos ativos à medida que envelhecemos, também parece que nos tornarmos menos perceptivos sobre as necessidades nutricionais do nosso corpo e o controle do apetite ao longo do tempo.

Uma boa maneira de se manter mais consciente de como você está se alimentando é comer refeições menores e repetir apenas quando você ainda está com fome, em vez de se sentar com um grande prato de comida, o que pode encorajá-lo a comer demais.

“Ao permanecer ativo e aderir pequenas porções de alimentos saudáveis, você pode afastar o ganho de peso à medida que envelhece”, diz o site do NIH.

Você continua se exercitando plenamente após passar os 40 anos de idade? Se ainda não chegou lá, pretende não parar de praticar atividades físicas, como recomendado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,60 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário