Diálogo na Relação é Chave Para Homens Casados Comerem Melhor, Afirma Pesquisa

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Que o diálogo e a boa comunicação, sem ruídos e verdades escondidas, é fundamental para a manutenção de um bom relacionamento entre um casal não é exatamente uma novidade para muita gente. Mas você sabia que ter uma conversa franca, especialmente nos assuntos que se referem à alimentação, também é importante para que os homens casados consigam efetivamente ter uma dieta mais saudável?

Quem afirmou isso foram os responsáveis por uma pesquisa realizada nos Estados Unidos. Um dos cientistas autores do estudo, Derek Griffith, que trabalha como professor-assistente da Escola de Saúde Pública da Universidade de Michigan, explicou que “a chave para os homens casados adotarem uma dieta mais saudável é que os casais discutam e negociem as novas e mais saudáveis mudanças de cardápio como uma equipe”.

Quando isso não acontece, pode até ser que os homens aceitem comer um pouco de rúcula ou couve que a esposa adicionou ao cardápio sem falar com eles, mas também é provável que quando eles estiverem fora de casa, cedam a tentação e compensem consumindo alimentos nada saudáveis.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas acompanharam 83 homens de origem afro-americana. A maioria dos participantes do estudo afirmou que as suas esposas não os consultavam na hora de montar os cardápios das refeições que os ajudassem a ter uma alimentação mais saudável. Os únicos casos relatados em que houve o pedido da opinião dos maridos em relação à dieta foi quando a mudança refletia também na alimentação dos filhos em casa.

Mesmo quando as modificações na dieta dos maridos eram recomendadas por um médico, na maioria dos casos eles não gostavam das modificações feitas pelas esposas. Entretanto, eles não iam contra o que elas determinavam para evitar algum tipo de conflito.

O problema é que por mais que não ter uma discussão acerca das refeições colaborasse para manter a harmonia do lar, alguns dos homens que participaram da pesquisa destruíam os seus esforços ao atacarem bufês de restaurantes e se permitirem comer tudo o que desejavam fora de casa.

“Eu acho que na hora do jantar muitos homens estão se alimentando de maneira mais saudável, porém eles compensam a insatisfação de não comer o que querem ao fazer escolhas não saudáveis quando estão longe de casa”, resumiu o professor Derek Griffth.

O pesquisador ainda completou afirmando que os médicos deveriam sugerir que os maridos tenham uma conversa diplomática com suas esposas.

Por exemplo, eles podem dizer de forma calma e carinhosa que entendem que a escolha de cardápio que elas fazem é um ato de cuidado e atenção, mas que ao fazer isso sem consultar a opinião deles, eles acabam ficando insatisfeitos com as refeições, comem o que não deviam na rua e não conseguem manter a dieta mais saudável que deveriam seguir.

Os outros coautores do trabalho científico são os pesquisadores Julie Ober Allen, que também trabalha na Escola de Saúde Pública da Universidade de Michigan e Henry Gaines, da Black Men for Social Changes.

Como é a sua conversa em relação à dieta e alimentação em casa, com seu marido ou esposa? Quando está fora de casa, você ou o seu marido compensa, comendo o que não deveria? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário