Entenda a condição conhecida como catalepsia ou paralisia do sono

Especialista da área:
atualizado em 25/02/2021

Você já sentiu como se estivesse acordando, mas seu corpo não obedecesse aos seus comandos? Completamente paralisado? Este é um caso de catalepsia ou paralisia do sono.

  Continua Depois da Publicidade  

A paralisia do sono é uma condição muito comum. Por isso, trouxemos algumas informações importantes para você. Descubra o que é e quais são os seus sintomas. Da mesma maneira, conheça algumas atitudes que ajudam você a evitar esta condição!

Condição paralisa os músculos durante o sono

A catalepsia ou paralisia do sono é um distúrbio em que os músculos ficam paralisados ao acordar ou durante o sono. Durante um certo período, o paciente fica sem conseguir se mexer, apresentando uma incapacidade total para mover os membros, a cabeça ou até falar.

De acordo com os especialistas, durante o período do sono REM, que é período de sono mais profundo, existe uma perda no tônus muscular. No caso da paralisia do sono, esta perda ocorre de repente durante o dia ou a qualquer momento.

Desta forma, você fica paralisado sem conseguir controlar os seus músculos. Esta sensação pode durar alguns minutos ou até horas. A boa notícia, de acordo com os cientistas, é que ela é transitória.

Os especialistas dividem a condição da paralisia do sono em dois tipos. Há a catalepsia projetiva e a catalepsia patológica.

No caso da paralisia patológica, ela ocorre quando há rigidez muscular e a pessoa não consegue se movimentar. Em muitos casos, estas pessoas parecem estar mortas.

Já a catalepsia projetiva é a paralisia do sono. Ela ocorre logo após acordar ou no momento em que se está tentando adormecer. Assim como no caso da catalepsia patológica, a pessoa não consegue se mexer.

Saiba o que pode causar a catalepsia do sono

Os especialistas ainda não descobriram quais são as causas da paralisia do sono. Apesar disso, eles acreditam que alguns fatores podem influenciar a condição.

Por exemplo, alguns medicamentos e a predisposição genética combinada com problemas neurológicos e psicológicos graves como a depressão podem causar catalepsia do sono.

  Continua Depois da Publicidade  

O estresse também é um fator relevante que leva à paralisia do sono.

Da mesma forma, existem outros fatores de risco, como:

  • Comer exageradamente durante a noite;
  • Consumo de bebidas alcoólicas à noite;
  • Consumo de bebidas estimulantes à noite;
  • Praticar atividades intensas à noite.

Portanto, evite estes fatores de risco se você quer diminuir as chances de apresentar esta condição.

Sintomas

paralisia do sono

A paralisia do sono pode aparecer de diversas maneiras e os sintomas são os mais variados.

Os sintomas aparecem principalmente quando você acorda mas não consegue mexer seu corpo. Sendo assim, você pode sentir um grande desconforto, já que pode tentar mexer os olhos ou alguma parte do corpo e não conseguir.

Da mesma forma, em alguns casos, o distúrbio impede até mesmo a pessoa de falar ou emitir algum som.

Além disso, a catalepsia do sono ainda apresenta alguns sintomas mais graves como enrijecimento dos membros, insensibilidade e até mesmo alucinações.

De acordo com os especialistas, para aliviar a situação e induzir o despertar você deve expirar e inspirar profundamente. Do mesmo modo, focar em um único músculo e tentar movê-lo ajuda a despertar completamente e a melhorar.

  Continua Depois da Publicidade  

Tratamento depende da gravidade e deve ser acompanhado por um especialista

Para tratar a catalepsia, primeiramente você deve contatar um médico especialista em distúrbios do sono.

Este profissional irá indicar um tratamento que irá variar de acordo com a gravidade dos sintomas e a duração do episódio. Sendo assim, a paralisia deve ser tratada caso a caso.

Da mesma forma, o médico irá receitar medicamentos como relaxantes musculares, antidepressivos ou hipnóticos. Dependendo do caso, o médico ainda aconselha a psicoterapia.

Em suma, procure um especialista se os sintomas aparecerem. Lembre-se, a automedicação pode agravar a situação e é perigosa.

Conheça algumas atitudes que podem ajudar a evitar a catalepsia do sono

Como vimos, diversos fatores causam a paralisia do sono. No entanto, algumas atitudes podem ajudar a evitar esta condição mais facilmente e melhorar a qualidade do sono.

Antes de mais nada, é importante cuidar da higiene do sono. Crie uma rotina para dormir. Da mesma maneira, faça com que seu quarto seja um espaço confortável.

Além disso, um cochilo durante o dia também ajuda. Exercícios físicos e uma boa alimentação são fundamentais porque ajudam a regular o seu sono e aumentar a qualidade de vida.

Você já teve a paralisia do sono ou conhece alguém que teve? Conte tudo para a gente nos comentários.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário