Ferida na córnea – Causas, sintomas e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 26/01/2021

Irritação, dor e sensação de que seus olhos estão sujos: esses podem ser sinais de ferida na córnea. Veja então as causas, sintomas e como tratar.

  Continua Depois da Publicidade  

A ferida ou abrasão na córnea geralmente é resultado de esfregar os olhos com muita força. No entanto, existem outras causas por trás dessa ferida.

Antes de mais nada, é importante lembrar o que é a córnea. Essa estrutura é a parte transparente dos olhos que cobre a íris (a parte colorida). Assim, a córnea é fundamental para proteger a pupila e a íris (a parte preta) dos olhos.

Por isso, os sintomas de um arranhão na córnea podem variar de acordo com o local que está ferido. A saber, os sinais de uma ferida na córnea incluem:

  • Desconforto em apenas um olho;
  • Dor, principalmente para abrir e fechar o olho;
  • Olho lacrimejando;
  • Vermelhidão;
  • Sensibilidade à luz;
  • Visão turva;
  • Olho seco;
  • Edema palpebral;
  • Secreção;
  • Dor de cabeça;
  • Mancha esbranquiçada no olho;
  • Sensação de que há areia no olho.

Causas de ferida na córnea

ferida na córnea

A principal causa de ferida na córnea é o mau hábito de esfregar os olhos com o dedo ou, pior ainda, com a unha. Outras possíveis causas são:

  • Cutucar o olho com o pincel de maquiagem;
  • Ter uma infecção ocular;
  • Lesionar o olho após uma pancada;
  • Entrar sujeira, poeira, inseto ou outro corpo estranho no olho;
  • Ter dificuldade para colocar as lentes de contato;
  • Praticar atividades de risco sem óculos de segurança;
  • Deixar cair produtos químicos ou produtos de limpeza nos olhos;
  • Ter olhos muito secos;
  • Usar lentes de contato sujas ou mal ajustadas.

Quando não tratada, a ferida na córnea pode evoluir para uma inflamação chamada irite ou uma úlcera de córnea – que são condições mais grave e mais difíceis de tratar. 

Como tratar a abrasão na córnea

homem fazendo exame na córnea

Na maioria das vezes, uma ferida leve na córnea melhora em 2 ou 3 dias. Por outro lado, algumas lesões podem demorar até uma semana para melhorar. De qualquer forma, é fundamental consultar um oftalmologista.

Mas há algumas coisas que você pode fazer para aliviar o desconforto enquanto o seu olho melhora, como por exemplo:

  • Aplicar compressa gelada;
  • Usar óculos escuros;
  • Colocar um tapa olhos para manter o olho fechado se doer muito para piscar;
  • Evitar esfregar o olho.

Além disso, um oftalmologista pode indicar o uso de remédios como:

  • Colírios medicamentosos;
  • Colírios ou pomadas antibióticos;
  • Corticoides;
  • Analgésicos.

Aliás, veja quais os tipos de colírios e quando usar cada um deles.

  Continua Depois da Publicidade  

Depois de seguir o tratamento, seu olho ficará bom e sem danos permanentes. Porém, às vezes podem ocorrer danos a longo prazo. Além disso, se a ferida for grave e danificar profundamente o olho, uma cirurgia de transplante de córnea pode ser necessária.

Por isso, o ideal é fazer uma avaliação médica e seguir à risca o tratamento indicado. 

Dicas de prevenção

Certamente, nem sempre é possível evitar feridas na córnea, mas dá para minimizar os riscos através de medidas como:

  • Manter os olhos limpos;
  • Tomar cuidado ao usar maquiagem ou qualquer produto perto dos olhos;
  • Cuidar bem de suas lentes de contato;
  • Garantir que seus olhos estejam sempre bem umedecidos;
  • Evitar o uso de lentes de contato por muitas horas seguidas;
  • Tratar prontamente qualquer tipo de desconforto nos olhos ou na visão.

Por fim, uma última dica é começar a piscar os olhos várias vezes ao notar que algum corpo estranho entrou no seu olho e, em seguida, lavar com bastante água, pois geralmente isso ajuda.

Dessa forma, você reduz as chances de ferir a córnea e mantém sua visão saudável.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sofreu uma lesão na córnea? Precisou visitar um oftalmologista? Comente aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Haroldo Vieira de Moraes Junior

Dr Haroldo de Moraes é Oftalmologista - CRM 380377 RJ. Formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1981. Em seguida concluiu Mestrado em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1986 e Doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1994. Pos-Doutorado no National Eye Institute do National Institutes of Health (NIH/NEI) durante 1998/1999 e Livre Docente em Oftalmologia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (2001), atualmente é Professor Titular de Oftalmologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Oftalmologia clinica e cirúrgica, atuando como Coordenador de Pos-Graduacao em Oftalmologia com área de atuação em inflamação ocular (uveites, sarcoidose e toxoplasmose). Dr. Haroldo é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Para mais informações, entre em contato com ele.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário