Fita de silicone para cicatriz

Fita de Silicone para Cicatriz – Como Funciona, Para Que Serve e Como Usar

A publicação de recomendações clínicas do International Advisory Panel que foram recentemente atualizadas fornece orientações importantes sobre o tratamento da cicatriz, e frequentemente menciona as fitas de silicone de forma relevante, já que elas foram demonstradas pelos principais estudos médicos emergentes como sendo um produto que proporciona benefícios na prevenção ou minimização de cicatrizes resultantes de doenças, uma série de traumas incluindo cirurgia, queimadura ou lesão, bem como estrias associadas à rápida mudança de peso.

A cada ano mais de 100 milhões de pacientes adquirem cicatrizes, principalmente devido a alguma cirurgia e contusão. Mesmo as cicatrizes de condições de pele comuns, como por exemplo a acne, afetam entre 40 e 50 milhões de pessoas apenas nos Estados Unidos, de acordo com o estudo Burden of Skin Disease publicado pela American Academy of Dermatology.

As cicatrizes afetam inúmeras pessoas de todas as partes do mundo, e muitas acabam sofrendo com traumas psicológicos, depressão, bullying. Por isso, cada vez mais produtos para tratar esse problema chegam ao mercado, como é o caso da fita de silicone para cicatriz.

Para que serve?

A fita de silicone para cicatriz é usada há mais de 30 anos no tratamento de cicatrizes cutâneas, e com o tempo novas fórmulas e formatos estão sendo comercializados para o uso em cicatrizes resultantes de queimaduras, cirurgias, acne e outras lesões de pele que requerem tratamento hospitalar.

Os produtos atuais foram projetados para serem usados por até 24 horas e depois devem ser lavados e reutilizados, entretanto, essa prática pode ser inconveniente e pode colocar alguns pacientes em risco de infecção de pele. As que são criadas para serem utilizadas uma única vez visam ser mais higiênicas e convenientes.

Os produtos de primeiros socorros que usam gel de silicone podem melhorar o resultado das cicatrizes que surgem após acidentes domésticos, além de oferecer proteção a feridas recentemente cicatrizadas. O tratamento de cicatrizes de acne realizado com produtos de gel de silicone também mostrou resultados positivos e, portanto, as fitas de silicone podem ser benéficas.

Como funciona?

De acordo com uma pesquisa realizada no Reino Unido e publicada na US National Library of Medicine e National Institutes of Health o efeito da fita de silicone para cicatriz é limitado à epiderme, a camada superior da pele. Basta colocá-la em cima da sua cicatriz que de alguma maneira ela irá melhorar.

Embora ainda não tenha sido completamente determinado o mecanismo de ação dos produtos à base de silicone no tratamento de cicatrizes, existem muitos mecanismos pelos quais os estudos clínicos demonstraram que afetam significativamente a melhora das cicatrizes hipertrófica e queloide.

A capacidade dessas fitas de fornecer uma melhor hidratação e cicatrização na camada superficial da ferida tem sido citada como o principal modo de ação em numerosos estudos. O impacto fisiológico de uma melhor cicatrização e hidratação em uma cicatriz em desenvolvimento é fornecer auxílio na retenção de ótimos níveis de água ao recém-formado e subdesenvolvido estrato córneo.

Se ele estiver desidratado, sinalizará para que os queratinócitos presentes na camada epidérmica da pele produzam citocinas, que por sua vez indicam aos fibroblastos que produzam quantidades excessivas de colágeno para auxiliar na retenção de água do estrato córneo. É por esse processo que os atributos indesejáveis de uma cicatriz hipertrófica são desenvolvidos, ao invés de uma pele normal.

Estudos mais recentes mostraram que uma barreira de umidade muito forte pode ter um efeito prejudicial, e ao contrário de outros curativos, essas fitas de silicone fornecem um nível de cicatrização semelhante à pele normal, que explica a razão pela qual a atividade de citocinas e fibroblastos, bem como a formação de colágeno, são significativamente reduzidas nas cicatrizes formadas por ela, e assim, a hidratação do estrato córneo é normalizada.

Outra maneira de como funciona uma fita de silicone para cicatriz é transferindo a tensão das bordas laterais da ferida para a placa de gel de silicone. A suave redução da tensão que pode ser fornecida por essas fitas de silicone fornece o ambiente ideal para o desenvolvimento normal da cicatriz e pode reduzir significativamente a taxa de cicatrização anormal e queloide.

Também descobriu-se que a fita de silicone para cicatriz inibe a reação natural do corpo de aumentar os capilares da pele através da hiperemia, o que reduz o suprimento de sangue para o local da cicatriz e o exagero do processo de cicatrização, juntamente com a intensidade da aparência e propriedades físicas da cicatriz. A pesquisa também acredita que um aumento significativo da temperatura do local da cicatriz está envolvido com a alteração do fluxo sanguíneo localizado.

Por último, os resultados da pesquisa sugerem que esse produto gera um campo elétrico estático carregado negativamente através da criação de atrito entre ele e a pele, e que isso ajuda no alinhamento das células de colágeno, resultando na melhora das cicatrizes.

Fitas de silicone para cicatriz funcionam

Os resultados em torno dos mecanismos terapêuticos sustentam a hipótese de que existem múltiplos processos combinados pelos quais essas fitas criam a homeostase da função de barreira da pele além da hidratação direta e da oclusão do local da cicatriz.

Muitos fatores considerados por especialistas sugerem que as fitas de silicone para cicatriz são eficazes, embora alguns careçam de um apoio clínico completo. No entanto, durante décadas de pesquisas clínicas e evidências práticas, os produtos à base de silicone são amplamente considerados como uma solução eficaz para a terapia de cicatrizes.

Como usar a fita de silicone para cicatriz

Usar essas fitas é bastante fácil. Apenas retire o plástico que envolve as fitas e a aplique na pele limpa e seca.

Use por no mínimo 12 horas ou até 24 horas. Elas normalmente são do tamanho de um cartão de crédito, por isso, se tiver uma cicatriz maior, utilize mais fitas para cobri-la por completo e assim alcançar aos efeitos desejados.  

Como dito anteriormente, há opções no mercado que podem ser lavadas e reutilizadas, mas as mais recomendadas são as descartáveis, principalmente para evitar que ocorra infecção de pele. 

Referências adicionais:

Você já utilizou uma fita de silicone para cicatriz? Como foram os resultados e para que tipo de cicatriz você a utilizou? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votos, média: 3,70 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*