12 pomadas cicatrizantes mais famosas – Como usar e dicas

Especialista da área:
atualizado em 29/11/2021

Quase todo mundo irá precisar usar pomadas cicatrizantes em algum momento da vida, o que torna necessário conhecer algumas delas, principalmente as mais famosas.

Essas pomadas ajudam a acelerar o processo de cura da pele, e são muito indicadas em casos de ferimentos, incisões cirúrgicas, tatuagens, queimaduras e após alguns procedimentos estéticos.

  Continua Depois da Publicidade  

Então, a seguir iremos conhecer as 12 pomadas cicatrizantes mais conhecidas, além de entender como elas funcionam e as formas de uso de cada uma.

Veja também: Alimentos que prejudicam a cicatrização de feridas, tatuagem, piercing ou cirurgia

O que é uma cicatriz?

As cicatrizes são algo bastante comum, e surgem como resultado da regeneração da pele após machucados, queimaduras, cirurgias ou até mesmo a procedimentos estéticos. Elas ocorrem porque a regeneração da pele não é um processo perfeito, e o tecido cicatricial tem uma forma e uma textura diferente da pele normal.

Além disso, de forma geral, quanto mais rápido o ferimento cicatriza, e quanto menor for a lesão, menor e mais fina é a cicatriz. Por isso, cuidar bem de um ferimento enquanto ele se cura é essencial, e a seguir mostraremos as pomadas mais indicadas para esses casos.

Pomadas cicatrizantes mais famosas

pomada na pele

1. Hipoglós

Embora não seja uma pomada indicada como cicatrizante, o Hipoglós contém óxido de zinco e vitamina A, que ajudam no tratamento e na prevenção de abrasões, assaduras e irritações na pele.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, a pomada de zinco pode ser encontrada em associação com outros medicamentos, como é o caso do antifúngico Nistatina. Assim, ela pode ser usada para o tratamento de infecções de pele.

Como usar

O Hipoglós deve ser usado na pele limpa e seca, aplicando na área lesionada após o banho ou trocas de fraldas (se for o caso), ou de acordo com orientações médicas.

2. Neosporin

Essa pomada cicatrizante pode ser utilizada em cortes e outros ferimentos na pele, e contém os antibióticos neomicina e polimixina B em sua composição, para prevenir e tratar infecções. 

Como usar

A Neosporin deve ser usada de 1 a 3 vezes por dia, com a pele limpa e seca. Por se tratar de um antibiótico, as recomendações médicas devem ser seguidas à risca e deve ser usada apenas uma pequena quantidade do produto, ou seja, o suficiente para espalhar sobre o local sem deixar excesso ao redor.

3. Aloe vera

A pomada de Aloe vera, ou babosa, é uma das mais usadas para tratar problemas na pele em geral. Trata-se de uma ótima pomada cicatrizante para queimadura e para feridas abertas. E, além da pomada, é possível usar o gel extraído diretamente do interior da folha de babosa e aplicar na pele.

Como usar

Devido ao baixo risco de efeitos colaterais, cremes e pomadas contendo Aloe vera podem ser usados várias vezes ao dia sobre a ferida ou cicatriz, mas geralmente 3 aplicações diárias são o suficiente. Lembrando que sempre é indicado limpar bem o local antes da aplicação.

  Continua Depois da Publicidade  

pedaços de aloe vera babosa

4. Corticoides

Pomadas contendo corticoides são muito usadas no tratamento de ferimentos inflamados na pele, ajudando assim numa melhor cicatrização, pois auxiliam na redução da inflamação. Além disso, também podem ser usadas para tratar alergias.

Mas, devido à grande variedade de pomadas com corticoides, o ideal é procurar a orientação de um profissional de saúde, que irá indicar a mais adequada para o seu caso. Um exemplo é o Trok ou Trok-N, utilizada tanto em adultos quanto em crianças.

Como usar

É indicado usar uma camada bem fina de pomada sobre a região lesionada 1 ou mais vezes ao dia, de acordo com a orientação médica. 

5. Fibrase

A Fibrase é uma ótima pomada para tratar lesões na pele que estão infectadas ou que podem ser infectadas com facilidade, como queimaduras, feridas e úlceras varicosas. 

Isso porque ela é composta por fibrinolisina, desoxirribonuclease e cloranfenicol, e assim combina um efeito anti-inflamatório como uma ação bactericida que impede a proliferação de bactérias.

Como usar

A fibrase deve ser aplicada topicamente pelo menos 1 vez por dia ou a cada 6 ou 8 horas, de acordo com a gravidade da lesão tratada e com as recomendações médicas. 

  Continua Depois da Publicidade  

6. Colagenase

A ação da colagenase é diferente das outras pomadas cicatrizantes, pois ela age limpando a ferida e preparando a pele para a cicatrização. Isso se deve a sua capacidade de “digerir” tecidos mortos, que de outra forma atrapalhariam o processo de cicatrização de feridas.

Por isso, ela é indicada para o tratamento de úlceras de pressão, varicosas, lesões por congelamento, queimaduras e outras condições associadas à difícil cicatrização. 

Como usar

Como essa pomada é indicada para o tratamento de diferentes tipos de lesões, a sua forma de uso pode variar. Mas de forma geral é indicado utilizar uma pequena quantidade na área de pele a ser tratada, que deve estar limpa e seca.

7. Nebacetin

A pomada Nebacetin é excelente para prevenir e tratar infecções, uma vez que contém os antibióticos neomicina e bacitracina em sua formulação. Por este motivo, ela é bastante indicada por médicos em geral, pois ela promove uma cicatrização rápida e segura.

Como usar

A pomada pode ser usada de 2 a 5 vezes por dia, de acordo com as orientações de um profissional de saúde, na lesão, que deve estar limpa e seca. Por conter antibióticos, seu uso não é recomendado por mais de 10 dias, ou sem supervisão médica.

creme sendo passado no machucado

8. Bepantol

O Bepantol é uma pomada à base de dexpantenol, muito usada no cuidado de tatuagens, e é recomendada pelos próprios tatuadores. Além disso, ela pode também pode ser utilizada no tratamento de lesões, fissuras e assaduras.

Como usar

A aplicação da pomada deve ser feita de 1 a 4 vezes por dia no local da tatuagem ou da lesão, com a pele limpa e seca, para promover a cicatrização mais rápida.

9. Cicatricure

Cicatricure é um dos produtos mais populares para o tratamento de cicatrizes. Ele estimula a regeneração da pele, acelerando a cicatrização e melhorando a textura e a aparência da pele lesionada.

Existem diferentes tipos de pomadas Cicatricure, específicas para diferentes partes do corpo. Mas a mais famosa é a Cicatricure gel para cicatrizes e estrias, que é composta por:

  • Extrato de cebola;
  • Extrato de camomila;
  • Extrato de tomilho;
  • Extrato de conchas marinhas;
  • Extrato da folha de nogueira;
  • Extrato babosa;
  • Extrato de Centela;
  • Óleo de bergamota.

Como usar

A pomada pode ser aplicada até 3 vezes por dia na cicatriz, e o tratamento costuma durar cerca de 2 meses.

10. Kelo-cote

O kelo-cote é um gel de silicone muito utilizado no período pós-cirúrgico para prevenir a formação de queloides e de cicatrizes hipertróficas. Entretanto, o gel deve ser aplicado após a ferida ou corte estar fechado, ou após a retirada dos pontos, uma vez que ela age evitando o crescimento excessivo da cicatriz.

Como usar

O uso deve ser feito de acordo com orientações médicas, mas de forma geral a aplicação do Kelo-cote é feita 2 vezes ao dia, durante um período de 1 a 2 meses.

11. Cicalfate

Esse creme é uma combinação de água termal, triglicerídeos e minerais, que age promovendo a regeneração celular, aliviando a coceira e prevenindo infecções na região afetada. 

Como usar

O fabricante indica aplicar o produto 1 ou 2 vezes por dia na região afetada, que deve estar limpa e seca, em movimentos circulares.

machucado no joelho pessoa passando pomada

12. Cicatrizan

Cicatrizan é uma pomada que, assim como o Nebacetin, apresenta antibióticos como a neomicina e a bacitracina em sua composição, além de L-cisteína, treonina e ácido aminoacético. Assim, ela atua promovendo a regeneração do tecido lesionado e prevenindo infecções.

Como usar

A pomada é usada de 1 a 2 vezes por dia em pequenas quantidades ou de acordo com orientações de um médico.

Dicas para melhorar a cicatrização

Apesar da cicatrização ser feita de forma natural pelo nosso corpo, algumas mudanças de estilo de vida e cuidados podem ajudar nesse processo.

Então, a seguir vamos conhecer algumas dessas dicas:

Fique longe dos cigarros

O hábito de fumar é um dos principais fatores que afeta a cicatrização, uma vez que ele prejudica a circulação sanguínea e diminui a quantidade de nutrientes e oxigênio que chegam à pele. Por isso, se você fuma, tente diminuir ou parar esse hábito, principalmente se estiver planejando ou precisando se submeter a algum procedimento cirúrgico ou estético.

Alimentar-se bem

Ingerir uma quantidade adequada de vitaminas e minerais é muito importante para promover um bom processo de cura. Além disso, nutrientes como zinco, magnésio, vitamina D, vitamina E, vitamina C e ômega 3 ajudam a manter o funcionamento do sistema imunológico e assim contribuem para uma boa cicatrização.

Boas opções de alimentos cicatrizantes incluem vegetais como tomates e pimentões, frutas como a laranja, verduras de folhas verdes escuras e outros alimentos como carnes, peixes e produtos lácteos.

Por fim, existem cremes e loções contendo óleo de vitamina E, que podem ser aplicados diretamente sobre a pele, e parecem ajudar no processo de cicatrização. Mas antes de iniciar o seu uso procure a orientação de um dermatologista, que indicará a formulação mais adequada para o seu caso.

alimentação saudável

Aplicar compressas quentes

O uso de compressas quentes ajuda a estimular o fluxo sanguíneo, fazendo com que mais nutrientes e oxigênio cheguem até os tecidos danificados. Assim, utilizar essa técnica pode contribuir para uma cicatrização saudável e mais rápida.

Entretanto, o uso de compressas muito quentes pode causar queimaduras, então é importante sempre checar a temperatura da água antes de aplicar no local desejado.

Manter o local limpo e seco

Manter a região sempre limpa e seca evita infecções que podem causar complicações de saúde e prejudicar a cicatrização. Por isso, a limpeza da ferida deve ser feita diariamente ou de acordo com a orientação de um profissional de saúde. 

Além disso, a limpeza frequente das mãos também é importante para evitar que você toque o machucado com as mãos sujas.

Cuidar bem da sua saúde

Mais do que usar uma pomada específica, é importante cuidar da saúde em geral. Isso é importante porque assim o seu corpo vai ter condições para se recuperar bem, melhorando o processo de cicatrização. 

Além disso, manter a saúde em dia ajuda a potencializar a ação das pomadas e dos medicamentos que promovem a cicatrização.

Desta forma, antes de sair procurando produtos para utilizar na cicatriz, pense sobre seus hábitos diários e o que pode ser melhorado neles. 

Fontes e referências adicionais

Você costuma utilizar quais pomadas cicatrizantes? Para que tipo de tratamento ou recuperação? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (14 votos, média 4,43)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário

2 comentários em “12 pomadas cicatrizantes mais famosas – Como usar e dicas”