Caroço na cabeça: o que pode ser e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 26/10/2021

Notar um caroço na cabeça, ao pentear os cabelos é, com certeza, uma dor inesquecível. Ao olhar no espelho, nos deparamos com um caroço avermelhado e dolorido, e algumas hipóteses surgem: será uma espinha, um pelo encravado, um galo? 

  Continua Depois da Publicidade  

Geralmente, o caroço na cabeça não é um problema sério e se resolve naturalmente. As principais queixas são dor, coceira, descamação e caspas. 

Mas, é importante observar a sua evolução, prestando atenção se ele aumenta de tamanho, contém pus, ou se surgem outros caroços num período de poucos dias. 

Nesses casos, é recomendado buscar a orientação de um médico, para fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento. A preocupação é a possível origem cancerosa dos caroços que crescem e se espalham rapidamente. 

Veja quais são as principais causas do aparecimento de caroço na cabeça, e o que você pode fazer em cada caso. 

Pelo encravado

pelo encravado foliculite no couro cabeludo caroço na cabeça

O pelo encravado é um problema muito comum, que pode acontecer por causa do uso de lâminas de barbear. Geralmente, a lâmina de barbear é mais usada no rosto e nas pernas. Mas, quando usada no couro cabeludo, também pode causar pelo encravado.

Os caroços ficam inchados e, em alguns, é possível ver o cabelo encravado no meio do caroço. Alguns também podem conter pus no interior. Os sintomas desse tipo de caroço são coceira, irritação e dor no local. 

  Continua Depois da Publicidade  

O que fazer para tratar o pelo encravado

Evitar a raspagem do cabelo com lâmina de barbear. Caso use a lâmina, passe um creme ou gel no local antes, para evitar o encravamento. Na lavagem, sempre use água morna.

Dermatite seborreica

É um problema de pele, que afeta principalmente o couro cabeludo. A dermatite seborreica pode surgir como resultado de intenso estresse ou de clima frio e seco

O caroço é avermelhado e tem uma casquinha amarela ou esbranquiçada, que coça. Também causa caspas e manchas no couro cabeludo.

Não se sabe ao certo a causa da dermatite seborreica, mas parece ter relação com um fungo que causa inflamação, quando o sistema imunológico está debilitado. 

O que fazer para tratar a dermatite seborreica

  • Lavar a cabeça com água morna para fria, e secar bem os cabelos e o couro cabeludo. É importante não usar água muito quente e retirar bem o excesso de shampoo e condicionador;
  • Evitar gel e spray para cabelos;
  • Evitar bonés e chapéus;
  • Diminuir fatores que enfraquecem o sistema imunológico, como situações estressantes, ingestão de álcool e alimentos muito gordurosos; 
  • Na crença popular, as pessoas costumam usar óleo de melaleuca, conhecida como “árvore do chá”, e babosa no couro cabeludo. Coloca-se 3 gotas do óleo no shampoo neutro e, depois de misturar, aplica-se no couro cabeludo, massageando bem. O gel da babosa é aplicado diretamente no couro cabeludo, com suaves massagens, deixando agir por 10 a 20 minuto, antes de lavar. Porém, são substâncias que podem irritar e causar um tipo de dermatite no couro cabeludo, inclusive piorando a situação; 
  • Usar produtos cosméticos com corticoides e antifúngicos na composição, para diminuir a inflamação, prescritos pelo dermatologista;
  • Evitar uso de escovas progressivas a base de formol, que podem desencadear ou piorar uma dermatite seborreica;
  • Veja alguns remédios caseiros para caspa.

Foliculite

foliculite

A foliculite tem a aparência de uma espinha. São caroços pequenos, avermelhados e podem conter pus. Os caroços se formam devido a uma inflamação no folículo piloso, que é a parte do fio que fica dentro do couro cabeludo. 

A foliculite pode ser causada por bactérias, fungos, vírus, pelos encravados e doenças inflamatórias da pele, que são foliculite decalvante, abscedante e queloidiana. Essas doenças podem levar à formação de cicatrizes e à perda definitiva de cabelo.

  Continua Depois da Publicidade  

Na maior parte dos casos, os caroços formados por foliculite se resolvem naturalmente e em poucos dias. Mas, se o caso for persistente e aparecem novos caroços, recomenda-se procurar um dermatologista, pois quanto mais cedo for feito o diagnóstico, maiores serão as chances de o caso não evoluir para a perda definitiva de cabelo. 

O que fazer para tratar a foliculite 

O tratamento vai depender da causa da foliculite. O dermatologista poderá prescrever os tratamentos específicos, que envolvem shampoo com antifúngico e antibióticos por via oral. 

A foliculite pode ser prevenida com ações simples, como: 

  • Não raspar a cabeça com lâmina, pois um ferimento pode causar infecção;
  • Ter uma alimentação equilibrada, para fortalecer o sistema imunológico na defesa do corpo contra infecções; 
  • Evitar bonés e chapéus, pois acumulam suor na cabeça.

Cisto sebáceo

É um caroço que se forma devido ao entupimento do poro e do canal da glândula sebácea. O poro é entupido por um excesso de oleosidade da pele e do cabelo, ou de poeira. 

O cisto sebáceo tem um formato arredondado, mede poucos centímetros e é mole ao toque. Não causa dor, mas pode doer se estiver inflamado. É importante não espremer o cisto, para que não ocorra infecção no local. 

  Continua Depois da Publicidade  

O que fazer para tratar o cisto sebáceo

O cisto sebáceo é removido através de uma cirurgia simples, feita em consultório e com anestesia local. Apesar da maioria dos cistos não representar risco de câncer, uma amostra é enviada para biópsia, principalmente se o paciente tiver histórico de câncer na família. 

Pancada

galo na cabeça pancada

A região da cabeça que sofreu uma pancada pode inchar e formar um caroço, conhecido popularmente como “galo”, que se resolve naturalmente e em poucos dias. Mas, é sempre importante ter atenção quando se trata de pancada na cabeça, pois as consequências podem ser mais sérias. 

O que fazer para tratar a pancada

  • Pancadas leves: aplicar gelo no caroço, para reduzir o inchaço. Se houver ferida aberta, limpe o local com água e sabão;
  • Concussão: os sintomas são desmaio, náusea, vômito, visão embaçada ou dupla, dor de cabeça, sonolência e perda de memória. Neste caso, procure assistência médica.

Urticária

A urticária é uma reação alérgica que é manifestada por intensa coceira. A reação costuma durar poucas horas, mas existem casos em que o problema persiste por mais de seis semanas, tornando-se crônica. 

Além da coceira intensa, aparecem caroços avermelhados no couro cabeludo. 

O que fazer para tratar a urticária

A urticária é tratada com medicamentos antialérgicos, para aliviar a coceira, e anti-inflamatórios, para diminuir a inflamação. 

  Continua Depois da Publicidade  

Lipoma

Lipoma é um tumor benigno de formato arredondado e bordas regulares. Na maior parte dos casos são pequenos, medem até 5 cm. É um caroço de gordura, que se movimenta levemente, quando pressionado. 

Lipomas pequenos não causam dor e não precisam de tratamento, pois se resolvem naturalmente. Eles vão regredindo até desaparecerem.  

É importante buscar tratamento, se o lipoma crescer rapidamente ou ficar endurecido. O aparecimento de novos caroços também é um alerta para uma investigação mais cuidadosa, pois pode indicar o desenvolvimento de câncer. 

O que fazer para tratar o lipoma

Se o caroço for dolorido, crescer ou surgirem novos, existem alguns tratamentos:

  • Extração cirúrgica: cirurgia simples, feita em consultório e com anestesia local;
  • Lipoaspiração: remoção da gordura do lipoma;
  • Injeção de esteroide: faz com que o lipoma diminua de tamanho, pois mata as células de gordura. 

Entretanto a extração cirúrgica é o método mais recomendado, por apresentar mais garantias de remoção completa, prevenindo recidivas. Os outros procedimentos têm menor taxa de sucesso, e menor comprovação científica.

Queratose seborreica

A queratose seborreica é o tipo mais comum de tumor benigno de pele. Acomete mais de 90% dos idosos, acima de 60 anos. São caroços na pele que parecem placas amarronzadas e oleosas. 

Caso o número de manchas aumente em pouco tempo, é recomendado procurar um dermatologista, para analisar se têm origem cancerosa. 

O que fazer para tratar a queratose seborreica

o tratamento feito para remover as manchas pode ser a cirurgia à laser ou a crioterapia. No dia a dia, é bom evitar a exposição prolongada ao sol e usar filtro solar.

Fontes e referências adicionais 

Você já teve caroço na cabeça? O caroço desapareceu naturalmente ou precisou de tratamento médico? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas, sabemos que a sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso, contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso, todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário