Iogurte Pós-Treino é Bom? Qual? Com Que? Quanto?

Especialista:
atualizado em 05/06/2020

Veja se tomar iogurte pós-treino é bom, qual tipo é o melhor a ser escolhido, com que acompanhamento e a melhor quantidade.

Quem gosta de tomar um iogurte de manhã ou pelo final da tarde e costuma treinar nesses horários pode se perguntar se o alimento é uma boa opção para a refeição depois do treinamento, já que se trata de um produto fonte de proteínas – veja se iogurte tem muita proteína e mais dicas.

Mas será que o iogurte realmente contribui com a nutrição e a recuperação após a prática de exercícios? Seria ele um dos melhores pós-treino?

Tomar iogurte pós-treino é bom mesmo?

De acordo com a instrutora de fitness Sunny Griffis, os músculos são submetidos a estresse e danos durante os treinamentos intensos e é uma nutrição pós-treino adequada que propicia o processo de regeneração das fibras musculares.

O valor nutricional do iogurte fornece carboidratos e proteínas essenciais que o corpo pode assimilar para a reparação muscular, a nutrição efetiva pós-treino contém carboidratos para reabastecer os estoques de glicogênio e proteínas para auxiliar a reparação muscular, de acordo com a Mayo Clinic.

Entretanto, nem todo tipo de iogurte pós-treino é bom: as versões com gordura do produto podem atrapalhar em vez de contribuir. Isso porque, conforme apontou Griffis, citando o PhD em cinesiologia (ciência do movimento) John Berardi, o consumo de alimentos que contêm gorduras deve ser evitado nas refeições pós-treino porque desacelera a digestão e a absorção dos carboidratos e das proteínas.

Nem todo iogurte contém nutrientes saudáveis que servem para as refeições pós-treino. Escolha um iogurte que seja pobre em gorduras e açúcar, que contenha culturas ativas e que tenha menos de 250 calorias por porção, recomenda a Universidade do Estado do Colorado.

Experimente o iogurte natural ou selecione iogurtes com adoçantes naturais que sejam desprovidos de ingredientes artificiais. Aproveite para conhecer os maiores erros de uma alimentação pós-treino.

Com o que combinar o iogurte pós-treino?

A Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos, recomenda o iogurte pós-treino acompanhado de frutas como uma das boas opções de escolhas alimentares para depois do término da sessão de exercícios físicos.

Ao combinar o iogurte com frutas, o praticante evita o açúcar adicionado não nutritivo que é encontrado na composição dos iogurtes que já vêm adoçados. Isso porque a presença da fruta já exerce o papel de deixar o iogurte um pouco mais docinho, porém, de uma forma mais natural e nutritiva.

Além disso, combinar frutas com iogurte pós-treino é bom porque permite consumir uma variedade de nutrientes importantes como proteínas, carboidratos, cálcio, vitamina C e outras vitaminas e minerais.

Quando consumir o iogurte pós-treino?

A Mayo Clinic recomenda fazer uma refeição que contenha tanto carboidratos quanto proteínas dentro de duas horas depois da finalização da sessão de exercícios físicos para auxiliar os músculos a se recuperarem e para repor os estoques de glicogênio.

Imediatamente depois dos treinamentos, o corpo procura por nutrientes para começar a reparar os danos musculares. Consumir uma refeição pós-treino diretamente depois dos exercícios melhora os índices de síntese muscular, de acordo com a publicação ‘Sports Medicine’ (Medicina Esportiva, tradução livre) da Universidade de Birmingham (no Reino Unido).

Um artigo do American Journal of Physiology — Endocrinology and Metabolism (Jornal Americano de Fisiologia – Endocrinologia e Metabolismo, tradução livre) ainda apontou que o tempo da nutrição pós-treino é crítico para a recuperação e o organismo recebe mais benefícios quando o alimento é ingerido imediatamente depois da prática de exercícios físicos.

Quanto tomar?

A quantia exata vai depender do tipo de treinamento realizado pelo praticante, de quais são os seus objetivos, da quantidade de proteínas e carboidratos que foi recomendada para a sua refeição pós-treino e do tipo de iogurte escolhido por ele.

Diferentes tipos de iogurte podem apresentar diferentes teores de carboidratos e proteínas. Por exemplo, enquanto um copo com 170 g do iogurte natural integral da marca Nestlé apresenta 9 g de carboidratos e 6,8 g de proteínas, um potinho de 130 g do iogurte natural grego da marca Yorgus carrega 4 g de carboidratos e 15 g de proteínas.

Além disso, a recomendação quanto à proporção da ingestão de carboidratos e proteínas após o treino pode variar conforme o tipo de exercício realizado. A regra costuma ser ingerir 4g de carboidratos para cada grama de proteínas no caso do treinamento de resistência e 2g de carboidratos para cada grama de proteínas no caso do treino com pesos.

Entretanto, não dá para afirmar que essa regra é exata e cabe para todos os praticantes, já que eles podem ter diferentes objetivos. Portanto, para saber a quantidade ideal e exata de iogurte que deve e/ou pode consumir no pós-treino, tendo em vista o seu caso em particular, o melhor mesmo é pedir a orientação de um nutricionista.

Além de saber se o iogurte pós-treino é bom

É fundamental cuidar da dieta como um todo para que, aliada à prática dos treinamentos físicos, os resultados desejados sejam alcançados. Como montar uma alimentação para construir músculos e/ou perder peso por conta própria pode ser um tanto quanto complicado, temos aí mais um motivo para correr atrás do acompanhamento de um nutricionista.

O profissional é qualificado para indicar uma dieta que auxilie a atingir os objetivos, ao mesmo tempo em que fornece os nutrientes e a energia que o organismo exige para funcionar.

Além disso, lembre-se sempre de que artigos como este servem unicamente para informar e jamais podem substituir as informações qualificadas e profissionais de um nutricionista.

Fontes e Referências adicionais:

Você já tinha ouvido falar que iogurte pós-treino é bom? Costuma consumir o quê no seu pós-treino? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário