Juntas Elas Perderam 70 kg a Fim de Parar de Tomar Medicamentos para Diabetes

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Arianna Carparelli e Michelle Anderson, de 28 e 38 anos respectivamente, perderam juntas 70 kg após uma consulta ao médico, que disse que Arianna precisaria triplicar sua dose de medicamentos para a diabetes. As duas resolveram batalhar juntas e conseguiram o grande feito.

Conheça a história dessa jornada pela perda de peso na carta escrita por ambas abaixo:

Como ganhamos peso

Arianna: Eu sempre fui uma garota gordinha, nada fora do normal, mas nunca muito magra, e sempre estive bem com isso. Meus pais não cozinhavam muito para nós, então eu vivia de merenda escolar (batatas fritas com queijo), jantares e pizzas congeladas. Eu era bastante ativa no ensino médio com alguns esportes, então consegui manter meu peso bastante e terminei o ensino médio em cerca de 79 kg.

Eu conheci a Michelle quando tinha 19 anos, e nessa época meu peso começou a subir. Eu sempre amei cozinhar, e agora eu tinha a minha própria cozinha para isso. Eu fazia grandes refeições pesadas. Ao longo dos oito anos seguinte, eu cheguei a 111 kg.

Michelle: Eu também sempre fui uma criança gordinha. Eu terminei o ensino médio com 81 kg. Os próximos oito anos da minha vida foram muito difíceis. A combinação de medicamentos e estresse levou meu peso para mais de 135 kg. Parando com os medicamentos eu consegui perder alguma coisa, mas  fiquei com 122 kg.

O ponto da virada

O ponto da virada para nós foi o mesmo. Em agosto de 2013, fomos a uma consulta médica para a Michelle e fomos informadas pelo médico que queriam passá-la um terceiro medicamento para diabetes. Nós olhamos uma para a outra e então dissemos ao médico: “Sem mais medicamentos.” Michelle queria uma chance para perder o peso. O médico entrou na onda, embora um pouco duvidoso que teria sucesso.

Como nós emagrecemos

casal

Arianna: Nós fomos para casa naquele dia e eu literalmente limpei a cozinha. Enchi alguns sacos de supermercado com todo tipo de comida não saudável, alimentos processados, qualquer coisa excessivamente rica em amido e qualquer coisa com açúcar eu doei a instituições de caridade ou para os meus amigos.

Começamos a cortar açúcares e amido e eliminamos alimentos processados e fast food. Nosso primeiro objetivo era fazer com que a doença de Michelle melhorasse. Nós não limitamos frutas ou legumes e começamos a ajustar a nossa dieta de forma muito mais saudável. Fizemos isso durante cerca de cinco meses e perdemos cerca de 13 kg cada uma.

Depois disso, começamos a atingir um platô, mas baixamos um aplicativo fitness em nossos telefones para começar a controlar todos os nossos alimentos, com o objetivo de comer cerca de 1200 calorias por dia.

Agora eu cozinho três refeições por dia, a partir do zero, todos os dias. Fazemos uma marmita do para café da manhã, lanches e almoços todos os dias para o trabalho. Passaram-se 14 meses e agora perdemos quase 35 kg cada uma!

Michelle agora não toma mais nenhum de seus remédios para diabetes e colesterol. Temos feito um pouco de exercício diariamente, caminhamos nos fins de semana, e geralmente permanecemos ativas, trabalhando em vários projetos em nossa casa. Nós ainda temos um longo caminho pela frente, mas já tendo chegado tão longe agora, não há como ter nenhum arrependimento!

Meu conselho para aqueles que procuram perder peso: cozinhe suas próprias refeições! Aprenda sobre comidas e ensine a si mesmo a cozinhar! Quanto mais você entender sobre comida e como ela funciona para o seu corpo, é mais fácil fazer boas escolhas alimentares.

Você conhece alguém que tenha emagrecido para melhorar alguma questão de saúde, como diabetes e colesterol? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário