Noz da Índia

Noz da Índia – Para Que Serve, Depoimentos, Benefícios e Como Usar

A Noz da Índia é uma castanha usada milenarmente pela medicina homeopática oriental para tratar vários problemas gastrointestinais. Seu óleo possui propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e emolientes e é tradicionalmente usado no tratamento de diferentes doenças e para a saúde da pele e dos cabelos. Em algumas partes do mundo, a Noz da Índia é usada na culinária.

Nas últimas décadas, no entanto, esta semente tem sido amplamente explorada como um poderoso emagrecedor natural com poder para perder peso e queimar gordura rapidamente. Sua vendas dispararam em quase todo mundo. Algumas pesquisas alertam, no entanto, que o seu consumo pode ser potencialmente perigoso para a saúde.

A Noz da Índia contêm substâncias tóxicas como saponinas e forbol e o seu consumo cru ou em grandes quantidades pode causar efeitos colaterais como diarreia, vômitos violentos, suor excessivo e fortes cólicas estomacais.

Neste artigo vamos explorar os possíveis benefícios da Noz da índia, saber para que serve, entender como usar esta semente e acompanhar depoimentos positivos e negativos de pessoas que já a experimentaram.

Usos tradicionais da Noz da Índia para a saúde

Original das ilhas do sul e da Amazônia, várias partes desta castanheira têm sido usadas pela medicina tradicional da maioria das áreas onde ela é nativa: na América do Sul o seu óleo é usado como purgativo e também como estimulante para o crescimento dos cabelos. As sementes, por sua vez, são usadas como laxante.

No Japão, o chá da sua casca tem sido usado para tratar tumores. Em Sumatra, as sementes são tostadas e aplicadas ao redor do umbigo para constipação intestinal.

Na Malásia, os grãos despolpados e as folhas cozidas são usados em emplastros para dor de cabeça, febre, úlceras, inchaço nas articulações, e gonorreia. Em Java, a casca é utilizada para diarreia sanguinolenta ou disenteria.

Propriedades nutricionais da Noz da Índia

A Noz da Índia contém muitos saponinos, flavonoides e polifenóis, substâncias comprovadamente benéficas para a saúde, mas que possuem variações que podem ser altamente tóxicas dependendo da quantidade e da forma como são consumidas. Ela contém proteínas, gorduras e carboidratos, além dos minerais: potássio, fósforo, magnésio, ferro, zinco, cobre e selénio. O cálcio é o mineral dominante na Noz da Índia.

Pesquisas que defendem os benefícios da Noz da Índia como substância emagrecedora afirmam que aproximadamente 50% da castanha é gordura insaturada, capaz de reduzir os níveis de LDL e de prevenir coágulos sanguíneos que causam ataques cardíacos e derrames.

Outros ingredientes essenciais da Noz da Índia são as vitaminas, folato e fitosteróis que podem danificar a enzima formadora de colesterol no fígado, inibindo assim a formação de colesterol.

Os dois tipos de proteínas presentes na Noz da Índia são os aminoácidos essenciais e não essenciais, responsáveis pelo crescimento dos tecidos e pela formação de anticorpos no nosso organismo. Vale lembrar que a avaliação do conteúdo nutricional da castanha não abrange a sua possível toxicidade.

Para que serve a noz da índia?

Várias partes da árvore de Noz da Índia são úteis pelas suas propriedades medicinais. O óleo serve como laxante e pode ser consumido em combinação com o óleo de rícino. As folhas fervidas são aplicadas topicamente ​​para curar febres, dores de cabeça, inchaço nas articulações, gripes, úlceras e gonorreia. A casca da árvore fervida é usada para tratar disenteria e diarreia e as flores e a seiva servem para curar candidíase oral em crianças.

O óleo também é um forte estimulante para os cabelos. Por ser rico em gordura poli-insaturada e ácido linoleico, ele pode ser usado para reduzir o colesterol e a gordura corporal.

Os seus extratos têm fortes propriedades antibacterianas e as sementes trituradas são tostadas e aplicadas na região do umbigo para aliviar a constipação.

A água onde a castanha é cozida é tida atualmente como um poderoso emagrecedor natural, embora esta conclusão esteja baseada praticamente em depoimentos e não em pesquisas científicas. Alguns estudos na verdade alertam para o perigo do consumo da Noz da Índia, mesmo cozida, devido aos seus possíveis efeitos tóxicos para o organismo humano e também por ainda não haver pesquisas científicas definitivas sobre a segurança da sua ingestão.

Usos da Noz da Índia na alimentação

As Nozes da Índia são frequentemente usadas como tempero nas cozinhas da Malásia e Indonésia. Em Java, faz-se um molho espesso chamado satay, que é consumido com arroz e legumes.

Devido ao alto teor de óleo e textura semelhante à macadâmia, a Noz da Índia é usada como um substituto desta em países orientais, embora tenha um gosto bem mais amargo.

Ela também é torrada e temperada com sal para formar uma pasta que é usada para fazer um condimento tradicional havaiano.

As nozes cruas contêm substâncias que as tornam tóxicas para o consumo humano. Por isso, elas devem ser consumidas invariavelmente cozidas e em pequenas quantidades.

Os efeitos da Noz da Índia no organismo

As implicações do consumo da Noz da Índia variam de pessoa para pessoa e é necessário alertar que nem todos que a consumiram apresentaram efeitos positivos em relação ao seu peso, e há relatos de reações adversas à saúde em muitos casos.

Isto provavelmente se deve ao fato de que o consumo desta semente impede que o corpo absorva adequadamente muitos nutrientes, tais como vitaminas, minerais, ácidos graxos essenciais, entre outros, o que pode causar desordens nutricionais.

Esta também é a possível causa da diversidade de efeitos colaterais que podem ocorrer durante o uso e sua variação entre diferentes indivíduos.

Alguns depoimentos de pessoas que já ingeriram a castanha com o objetivo de emagrecer relataram irritação na mucosa intestinal e diarreia excessiva, o que, eventualmente, reduz os níveis de potássio no organismo, causando dores no estômago.

Possíveis efeitos colaterais 

A Noz da Índia contêm substâncias tóxicas como saponinas e forbol. Por isso, estas castanhas não devem ser consumidas cruas e nem em grandes quantidades, visto que podem causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos violentos, cólicas estomacais, diarreia, pressão baixa, diminuição na frequência cardíaca e inconsciência.

Principais benefícios à saúde atribuídos a Noz da Índia

  1. Perda de peso: A indústria de emagrecedores preconiza a Noz da Índia como um emagrecedor milagroso originário da Floresta Amazônica. Propagandas evidenciam que ela possui propriedades notáveis que servem para ​​dissolver depósitos de gordura do corpo rapidamente, sem dieta alimentar, mas estes fatos não são comprovados cientificamente;
  2. Diminuição dos níveis de colesterol: A ingestão de Noz da Índia tem sido associada à redução e à absorção de colesterol e triglicérides em pacientes, porém apenas depoimentos atestam a sua eficácia;
  3. Redução do apetite: A ingestão desta castanha pode ajudar a reduzir o desejo por alimentos, o que ajuda na perda de peso e a adquirir novos hábitos alimentares, no entanto seus riscos à saúde ainda não são bem conhecidos;
  4. Ajuda a parar de fumar: A Noz da Índia tem sido indicada para ajudar pessoas que desejam parar de fumar porque ela reduz a ansiedade gerada pela abstinência;
  5. Melhora os movimentos intestinais e ajuda na recuperação de hemorroidas: O efeito laxante da Noz da Índia reduz a pressão sobre o intestino permitindo assim a recuperação das hemorroidas inflamadas. Alguns relatos, no entanto, alertam que seu consumo pode causar diarreias violentas e constantes;
  6. Benefícios para a pele: O óleo da Noz da Índia é muito rico em emolientes completos que, entre outras coisas, ajuda a selar a água nas células da pele e limpa os tecidos mantendo a pele mais clara e mais saudável. Além da aplicação direta, o óleo também pode ser misturado a cremes e loções a fim de ajudar a aumentar os níveis naturais de umidade do corpo;
  7. Benefícios para os cabelos: Pesquisas mostram que a aplicação de óleo de Noz da Índia pode promover um cabelo mais saudável, mais forte e proporcionar até mesmo o crescimento de novos fios em pessoas calvas. O teor de proteínas e minerais presentes nesta castanha fortalece as raízes dos fios e faz com que absorvam nutrientes que as mantêm fortes e espessas. O óleo também pode ajudar na manutenção da cor original dos fios de cabelo, tornando-os ainda mais brilhantes e evitando cabelos grisalhos.

Como Usar: Aplicar o óleo no couro cabeludo e nos cabelos. Massagear suavemente e deixar agir durante a noite. No dia seguinte, lave como de costume. Faça este tratamento uma ou duas vezes por semana para obter os resultados desejados.

Outros benefícios associados ao uso do suplemento de Noz da Índia:

  • Aumento do metabolismo;
  • Desintoxicação do organismo;
  • Limpeza dos intestinos;
  • Redução nos depósitos de gordura;
  • Remoção da celulite;
  • Tonificação da pele e dos músculos;
  • Redução da pressão arterial;
  • Diminuição das dores relacionadas à artrite.

Como usar a Noz da Índia para emagrecer?

Embora a Noz da Índia não seja aprovada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e esta receita seja indicada apenas experimentalmente por quem a comercializa, normalmente o recomendado é que a Noz da Índia seja cortada em oito partes com uma faca e coma uma das partes a cada dia. Na semana seguinte, passe a cortar a semente em quatro e ingerir uma das partes a cada dia.

Para potencializar o efeito, ferva uma castanha em um copo de água por cerca de três minutos no micro-ondas ou fogão e tome o chá quente, pouco antes de dormir.

Durante o dia, tome pelo menos dois litros de água para eliminar as gorduras e toxinas do corpo.

O tratamento deve durar de 48 a 52 dias. Durante este período é esperada a perda de cinco a nove quilos dependendo do metabolismo da pessoa.

Quando chegar ao peso ideal, recomenda-se a tomar 1/8 da castanha duas ou três vezes por semana para manter o peso.

Em caso de pessoas obesas, o tratamento poderá ser mais prolongado.

Recomenda-se tomar iogurte para manter a flora intestinal saudável durante o tratamento.

Cuidados importantes para amenizar os malefícios à saúde:

  • Nunca tome a noz da Índia em jejum;
  • Não tome bebidas alcoólicas quando estiver tomando Noz da Índia;
  • Em nenhuma circunstância tome mais de um quarto de semente por dia;
  • Reduza o tratamento para 1/8 de semente a cada dois dias se durante o tratamento (especialmente no início) houver diarreia excessiva.

Depoimentos

“Eu tentei muitas dietas e produtos dietéticos sem sucesso real. Eu comecei a usar a Noz da Índia há dois meses e meio e já perdi 10 quilos e 11 centímetros em volta da minha barriga. Eu não me senti fraca, mas com um monte de energia. Eu sofria de Síndrome do Cólon Irritável e depois de usar a Noz por três semanas eu já não tinha mais dor nenhuma e nem problema com constipação constante. Eu sou diabética tipo 2 e uso medicamentos para a hipertensão. Desde que começou a perda de peso, os níveis de insulina e a hipertensão parecem mais controlados e estáveis. Minha pele está mais firme, eu vejo menos celulite e os elogios da família e dos amigos são maravilhosos. Sei que a Noz é a resposta para curar a minha condição de obesa”.

Anita van Tonder – Publicado em 03 de junho de 2014 em NuezdeLaIndia

“O que eu aprendi é que estas sementes parecem estar fazendo mais mal do que bem. Alguns dos efeitos colaterais incluem flatulência, dores musculares, dores de cabeça fortes, subnutrição e até mesmo a morte. O efeito laxante é tão forte que também reduz a absorção de água e nutrientes essenciais como potássio (por isso que os fornecedores sugerem comer uma banana por dia). Sem água e potássio suficientes, nosso sistema nervoso não funciona corretamente e nossos músculos vão perdendo o tônus e a força. O nosso coração é um músculo também, então o que você acha que pode acontecer? É por isso que esta semente foi proibida em países como Espanha, Brasil, Austrália e Chile”.

Nancy Guima – 07 de fevereiro de 2013

“Eu decidi ferver as castanhas em água e depois beber. Depois de três meses, eu perdi 8 quilos e diminuí 2 tamanhos no manequim. Tudo isso foi feito com a Noz da Índia, com uma combinação de exercícios e observando o que eu como. Estas castanhas me ajudaram a conter os meus desejos por açúcar, o que é um grande problema para mim. Eu não posso acreditar que eu perdi todo o peso que eu tenho lutado por 15 anos. Eu me sinto mais saudável e feliz todos os dias.

Susan sanchez – Publicado em NuezdeLaIndia

“Estou tomando a Noz da Índia. Diminuí a quantidade para 1/8 da semente, porque 1/4 foi realmente muito para o meu corpo. Perdi pouco peso, mas é visível que tenho alguns centímetros a menos. Não há mais pneus nas minhas costas! Estou tomando há cerca de três semanas e estou tomando muita água e comendo uma banana por dia para evitar a perda de potássio (muito importante) Eu me sinto ótimo!”

PDT – Publicado em 25 de maio de 2012 em NuezdeLaIndia

Alerta!

A venda da Noz da Índia para emagrecimento é considerada crime no Brasil. O produto não tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), portanto é considerado medicamento clandestino e a pena prevista vai de 10 a 15 anos de reclusão e multa para quem o comercializa.

O que você acha sobre usar a Noz da Índia para emagrecer mesmo sabendo dos perigosos efeitos colaterais da mesma? Conhece alguém que tenha obtido resultados satisfatórios? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (23 votos, média: 4,17 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

7 comentários

  1. “Estou tomando a mais de um ano, perdi 15 quilos agora tomo duas vezes por semana 1/8 da semente
    incrível nunca vi algo tão maravilhoso assim , tive alguns sintomas sim como dor no corpo , diarreia , dor de cabeça mas é só diminuir , tomar um dia sim e um dia não você e que controla o seu organismo.

  2. lBom dia

    Eu gostaria de saber onde posso comprar porque em Brasilia não tem nas lojas

  3. Eu faço uso da noz ha 3 meses, e já eliminei 15 kg. De fato no inicio tive reações como, diarreia e dores no corpo mas não parei continuei o tratamento como fui instruída. Eu tinha problemas de retenção de líquidos, prisão de ventre e sentia dores nas articulações, e hoje graças a Deus e a noz da índia ñ tenho mas esses problemas. Sem falar que, minha pele melhorou a aparência e o meu cabelo parou a queda e ta crescendo mas rápido sem falar no brilho. Como 2 bananas ao dia e tomo iorgute pela manhã e a noite e bebo bastante água. Se seguimos as regras direitinho os resultados são ótimos. Hoje me sinto com o corpo mas leve, mas bonita, mas saudável e sem dores.

  4. Pessoal, eu fico completamente chocada em ver que um canal que eu considerava imparcial e sério publicar uma matéria desse teor! A matéria não lançou mão de artigos científicos para pesquisas, pelo visto pesquisou nas piores fontes. O que eu li foi que misturaram informações sobre a noz Thevetia sp e sobre a noz Aleurites Moluccanus, porém usam o nome dela para vender a thevetia. Tenho absoluta certeza que se vcs voltarem nessas pessoas dos depoimentos e apresentarem as duas espécies da planta e pedir que identifiquem qual elas usaram, vcs saberão do que estou falando! A noz que emagrece e que TODOS USAM, é simplesmente a Thevetia… pior que cada vez mais as publicações só servem para confundir… lamentável!

    • Lançar dúvida e descredibilizar algo que esta dando resultados por emperismo é missão dessas pseudo-paginas de bem estar afinal a industria de farmacia não vai patrocinar ampla pesquisa em algo que vc pode plantar no seu quintal, isso é óbviu eles deviam estar falando de subtramina, e outras drogas halopáticas que dão dinheiro pro seguimento mas o importante que eles apontam pro sul e o público com discernimento vai para o norte afinal hoje é o tempo das facknews, e lançar dúvida e temeridade em algo que vai te fazer bem e não possui patente virou moda.

  5. Eu conheço uma amiga q tomou e realmente teve resultado eu comecei agora vamos ver nos próximos dias o resultado por enquanto não posso falar nada

  6. Eduardo Galdino da silva

    perdi aproximadamente 75 quilos tomando noz da india, comecei em 2016 quando cheguei a quase 160k, voltei a ter vontade de pedalar, caminhar , e o melhor emagreci me alimentando sem dieta, na hora que da vontade como doces churrascos etc, para mim foi excelente, nada a reclamar, mas isso varia de pessoa para pessoa

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*