O que é ovo orgânico? Benefícios e diferenças

Especialista da área:
atualizado em 20/10/2021

A busca por alimentos orgânicos vem aumentando a cada dia, já que esses produtos são considerados mais nutritivos, saudáveis e saborosos.

  Continua Depois da Publicidade  

Um alimento orgânico é aquele cuja produção é sustentável. Além disso, não são usados produtos químicos artificiais ou substâncias prejudiciais à saúde. Dessa forma, na produção orgânica não ocorre o uso de fertilizantes, agrotóxicos sintéticos ou transgênicos, por exemplo.

Vários estudos indicam que os alimentos orgânicos são melhores e mais saudáveis do que os alimentos tradicionais. O ovo orgânico, por exemplo, é um deles.

Apenas observar as características de um ovo não é suficiente para identificar um ovo orgânico. Por exemplo, a cor da casca do ovo está relacionada à raça da galinha e não ao fato de o alimento ser orgânico ou não. Assim, é possível ter ovos orgânicos brancos ou marrons.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o ovo orgânico deve ser produzido em um sistema de manejo equilibrado, que respeita a saúde dos animais e do solo. Além disso, a alimentação das galinhas deve ser exclusivamente feita com ingredientes cultivados de forma orgânica.

Para que o ovo seja considerado orgânico, também é preciso que as galinhas tenham espaço para circular livremente. Por último, esses animais também não podem receber antibióticos rotineiramente para prevenção de doenças nem hormônios que estimulam o crescimento. Porém, ainda é possível usar certos antibióticos para tratar doenças, quando necessário.

Assim, é preciso cumprir e comprovar todos esses requisitos para que o produtor dos ovos obtenha o selo de certificação de produto orgânico pelo IBD (Instituto Biodinâmico).

  Continua Depois da Publicidade  

Benefícios do ovo orgânico

O ovo, não só o orgânico, é um dos alimentos mais completos em relação aos nutrientes que oferece. Confira então os benefícios de consumir ovos.

É extremamente nutritivo

Devido aos cuidados com a alimentação das aves, o ovo orgânico pode ser mais nutritivo do que o ovo tradicional.

Um ovo orgânico contém cerca de 74 calorias e aproximadamente 6 gramas de proteína. Além disso, o alimento é rico em vitaminas e minerais, incluindo as vitaminas A, D, E, K e do complexo B, além de fósforo, cálcio, zinco e selênio.

É bom para o colesterol

Apesar do alto nível de colesterol presente em um ovo, ingerir o alimento com moderação dentro de uma dieta equilibrada não causa complicações de saúde. Na verdade, o ovo ajuda a aumentar os níveis de colesterol HDL, considerado o colesterol bom. Assim, quando consumido sem excessos, o ovo não prejudica os níveis de colesterol total presente no sangue.

Pode melhorar a saúde do cérebro

O ovo é uma ótima fonte de colina, um nutriente indispensável para a saúde mental. A colina participa da produção de moléculas responsáveis por enviar sinais essenciais ao bom funcionamento do cérebro.

Contribui para a saúde dos olhos

Os antioxidantes luteína e zeaxantina presentes nas gemas do ovo ajudam a manter os olhos saudáveis. Essas substâncias agem prevenindo o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de problemas na visão, como a catarata e a degeneração macular, por exemplo.

  Continua Depois da Publicidade  

Ajuda a ganhar massa muscular

Por ser uma ótima fonte de proteínas, o ovo ajuda na hipertrofia muscular. De fato, o ovo contém todos os aminoácidos essenciais que o corpo precisa para manter ou aumentar a massa muscular.

É rico em gorduras saudáveis

O ovo oferece ácidos graxos insaturados, principalmente o ômega 3. Esse tipo de gordura reduz os níveis de triglicerídeos no organismo, o que pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares. Vale ressaltar que ovos orgânicos geralmente apresentam níveis mais altos de ômega 3 do que os ovos tradicionais.

Pode ajudar a emagrecer

Como o ovo é rico em proteínas, ele ajuda a promover a sensação de saciedade. Isso se deve à digestão lenta das proteínas pelo organismo. Assim, consumir ovo pode diminuir a fome, o que pode contribuir para um menor consumo de calorias e a perda de peso.

No entanto, também é importante seguir uma dieta hipocalórica, incluindo alimentos saudáveis, para emagrecer mais rapidamente e manter a boa saúde.

Diferenças entre ovo orgânico e outros tipos

ovo cru e cozido

Hoje em dia existem muitos tipos de ovos, incluindo o orgânico, o caipira e o cage free. Para evitar confusões e saber exatamente o que você está comendo, confira as principais características de cada um deles.

Diferenças entre ovo orgânico, caipira, cage free e de granja

Além de ser alimentada exclusivamente com alimentos orgânicos, a galinha que produz o ovo orgânico deve ter acesso livre ao ambiente externo sempre que as condições climáticas estiverem favoráveis. Elas também devem ter acesso à sombra sem ter que disputar por espaço com outras aves.

  Continua Depois da Publicidade  

Já o ovo caipira é produzido por galinhas caipiras criadas em um galinheiro, mas que tem acesso a uma área externa pelo menos durante o dia. A ração dessas galinhas não contém nenhum tipo de pigmento artificial e elas também comem verduras, legumes e ervas.

Há também o ovo cage free, que algumas pessoas confundem com o ovo orgânico. Nesse caso, tem-se galinhas livres de gaiolas, mas que não têm acesso ao ambiente externo. Elas vivem em um ambiente “livre” que contém ninhos, poleiros e luminosidade controlada. Além disso, sua alimentação é balanceada mas não é restrita a alimentos orgânicos.

frangos em gaiolas na granja

Por último, o ovo de granja (ou industrial), é o ovo tradicional produzido por galinhas criadas em gaiolas e alimentadas com ração à base de milho e soja. Apesar de ter a saúde controlada, essas galinhas podem ser expostas mais frequentemente a antibióticos, transgênicos e alimentos produzidos com agrotóxicos sintéticos.

Fontes e referências adicionais

Você já consumiu ovo orgânico? Notou alguma diferença em relação ao ovo tradicional? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

Deixe um comentário