Ocitocina Spray Faz Mal? Para Que Serve e Como Usar

Você sabe para que serve a ocitocina e como usar a substância em sua forma sintética? A ocitocina spray vem sendo estudada para melhorar algumas condições que envolvem transtornos de humor e dificuldades de socialização e a substância também é usada como um medicamento para estimular a produção de leite materno. Veja a seguir se faz mal usar a ocitocina dessa forma.

Além de entender melhor como a ocitocina age no organismo, você vai descobrir para que ela serve, quando ela deve ser usada e se o hormônio pode ser utilizado de uma forma segura.

Para as mulheres grávidas, que são o maior público dessa procura, é importante também estar cuidando muito bem da alimentação nesse período para evitar problemas maiores, seja no leite ou na própria gravidez. Sendo assim, vale a pena conferir as dicas de nutrição para uma gravidez saudável.

Sabe-se que o famoso hormônio do amor é muito importante para a função reprodutiva humana, especialmente para as mulheres.

A ocitocina é um hormônio e um neurotransmissor que tem relação com a atividade sexual, com a empatia e com a construção de vínculos e de confiança. É por isso que esse é um hormônio tão importante para a mulher durante o parto e a amamentação, por exemplo.

A ocitocina spray também está sendo estudada para ser usada no tratamento de algumas condições de saúde incluindo questões comportamentais e distúrbios como a ansiedade, a depressão e até problemas intestinais.

Se você já ouviu falar em ocitocina spray e quer entender melhor como tudo isso funciona e o que ela pode causar no organismo humano, este artigo é para você.

Ocitocina

Produzida no hipotálamo (parte do cérebro) e transportada e secretada pela glândula pituitária, a ocitocina é um neurotransmissor e hormônio que desempenha funções importantes para a reprodução.

Os níveis de ocitocina no organismo tendem a ficar mais altos quando estamos apaixonados. Isso tem uma relação direta com a preservação da espécie, já que altos níveis de ocitocina são detectados durante o sexo e também durante o nascimento de um bebê.

Presente em maior quantidade nas mulheres, a ocitocina é liberada principalmente durante o sexo, o parto e a amamentação. Durante o trabalho de parto, por exemplo, a ocitocina estimula as contrações e promove a dilatação necessária para o nascimento do bebê. Depois do nascimento, a ocitocina ajuda a aumentar a produção de leite e também auxilia no estabelecimento de um vínculo entre a mãe e o bebê para que esse novo ser humano seja capaz de aprender a interagir e a desenvolver funções sociais importantes para sua vida adulta.

A ocitocina desencadeia efeitos psicológicos que influenciam as emoções, o humor e o comportamento em sociedade. Além de ser prescrita por obstetras e ginecologistas em algumas situações, a ocitocina vem sendo estudada para auxiliar no tratamento de transtornos de ansiedade, autismo e até síndrome do intestino irritável.

Para Que Serve

A ocitocina pode desempenhar diferentes papéis no organismo humano. Os principais usos do hormônio têm a ver com o sistema reprodutivo e com as emoções.

  Continua Depois da Publicidade  

1. Amor e reprodução

A ocitocina liberada naturalmente pela glândula pituitária atua aumentando o vínculo amoroso entre casais, melhorando a atividade sexual e estimulando a criação de laços e de relações sociais de confiança.

Na vida materna, além de ajudar a estimular as contrações uterinas durante o trabalho de parto e a produção de leite materno, a ocitocina também pode ser usada na forma prescrita para acelerar o trabalho de parto ou para diminuir o sangramento depois do parto.

2. Distúrbios psiquiátricos e emocionais

Quando liberada no cérebro, a ocitocina causa impactos emocionais, cognitivos e sociais.  Segundo estudo de 2007 publicado no periódico científico Cell Metabolism, a ocitocina também pode diminuir o estresse e a ansiedade. Esse mesmo estudo indica que a ocitocina ajuda a estabelecer relações de confiança além de contribuir para o relaxamento e a estabilidade emocional.

Devido a todos esses efeitos, a ocitocina prescrita tem sido utilizada para auxiliar no tratamento de algumas alterações comportamentais e psiquiátricas.

3. Problemas intestinais

No caso do uso da ocitocina para tratar inflamações intestinais, um estudo de 2015 publicado no periódico Scientific Reports mostra que a ocitocina pode aumentar a liberação de substâncias envolvidas com o controle de inflamações como a prostaglandina E2 (PGE2) nas células que revestem o intestino.

O aumento de PGE2 ajuda a reparar lesões intestinais e a proteger o intestino de novos danos, o que pode ser muito útil para prevenir lesões no intestino causados por tratamentos agressivos como a quimioterapia e doenças como a síndrome do intestino irritável.

4. Obesidade

Pesquisadores do Massachusetts General Hospital em Boston nos Estados Unidos alegam que a ocitocina pode ajudar na luta contra a obesidade já que o hormônio ajuda a controlar melhor as emoções e a aumentar o autocontrole, fazendo com que o indivíduo controle melhor a sua ingestão calórica diária. Apesar do resultado promissor, mais estudos ainda precisam ser realizados.

Ocitocina Spray

Usos para estímulo ao trabalho de parto ou à secreção de leite materno

Embora ocitocina seja naturalmente liberada durante o parto, o médico pode sugerir o uso de ocitocina para estimular as contrações quando o trabalho de parto não está fluindo como deveria ou apenas para acelerar o processo. No ambiente hospitalar, a ocitocina é geralmente aplicada diretamente na veia e não como um spray nasal.

Já a ocitocina na forma de spray pode ser indicada por alguns médicos para aumentar a liberação de leite, o que pode ser muito útil para mulheres com dificuldades para amamentar ou que precisam estocar leite materno para voltar a trabalhar, por exemplo.

A ocitocina sintética causa a contração de células musculares mioepiteliais que ficam ao redor das glândulas produtoras de leite nas mamas. Dessa forma, a secreção de leite materno aumenta. No entanto, não existem muitos estudos que provam que o uso da ocitocina em spray para aumentar a produção de leite é realmente eficaz e não são todos os médicos que indicam o seu uso.

Usos para tratamento de distúrbios psiquiátricos e psicológicos

A ocitocina na forma de spray nasal tem sido testada para analisar os efeitos do hormônio no comportamento.

Uma pesquisa publicada em 2012 no periódico Psychopharmacology mostrou que a ocitocina intranasal foi capaz de melhorar a autopercepção dos indivíduos em situações sociais e melhorou alguns traços de personalidade incluindo a confiança, o altruísmo e a abertura a experiências.

  Continua Depois da Publicidade  

Um outro estudo de 2014 publicado na revista científica Emotion indica que as pessoas se tornaram mais empáticas e sensíveis as expressões faciais de emoção de outras pessoas após usar a ocitocina por meio de um spray nasal.

De acordo com o estudo publicado em 2007 no periódico Cell Metabolism, a ocitocina pode ajudar a melhorar a sensação de bem-estar individual e em meio à sociedade e que por isso pode auxiliar no tratamento de certos distúrbios neuropsiquiátricos como a fobia social, o autismo e a depressão pós-parto, por exemplo.

Os cientistas envolvidos no estudo acreditam que o hormônio pode ajudar a melhorar a interação social e aumentar a capacidade de confiar em outras pessoas.

Em uma pesquisa publicada em 2016 no periódico científico Molecular Psychiatry, crianças com autismo que usam um spray nasal de ocitocina apresentaram melhora significativa no que diz aos déficits de interação social observados nessas crianças.

Pesquisas como essas sugerem que crianças com autismo podem se beneficiar do uso de ocitocina em spray e que a substância também pode ajudar a controlar emoções fortes como a raiva.

Como Usar

A ocitocina em spray deve ser utilizada de acordo com a orientação de um profissional médico.

Segundo as informações contidas na bula do medicamento, a dose mais comum é de uma pulverização no nariz cerca de 2 a 5 minutos antes de amamentar ou de usar a bomba de sucção para armazenar leite materno para estimular a secreção de leite.

Para aplicar o spray, basta segurar o inalador na posição vertical em frente as narinas e pressionar a bomba. É necessário inspirar suavemente pelo nariz para que o conteúdo do spray seja absorvido.

O uso de ocitocina spray para tratar outras condições de saúde ainda não é regulamentado, pois estudos ainda estão sendo conduzidos para atestar a eficácia do medicamento.

Ocitocina Spray Faz Mal?

Como pudemos ver, a ocitocina é um hormônio muito complexo que exerce diversas funções.

– Uso nas relações sociais

Apesar de parecer ser útil no estabelecimento de vínculos e em uma melhor convivência em comunidade, o hormônio também pode acabar gerando comportamentos inadequados para “agradar” um grupo.

Foi observado, por exemplo, que a probabilidade de mentir em favorecimento de outras pessoas de um mesmo grupo social após usar ocitocina aumenta. No entanto, é preciso analisar mais estudos sobre o tema antes de tirar conclusões precipitadas.

– Uso na gravidez

A ocitocina em spray não deve ser usada durante a gravidez sem indicação médica pois ela pode causar contrações anormais no útero e ocasionar um aborto ou um parto prematuro.

– Efeitos colaterais

Também podem ser observados efeitos adversos como náusea, dermatite alérgica, dor de cabeça e irritação nasal.

– Opinião dos especialistas

Existe uma controvérsia sobre o uso de ocitocina spray no meio médico já que alguns especialistas acreditam que o uso do hormônio sintético pode fazer com que o organismo pare de produzir a ocitocina naturalmente. Por isso, eles defendem o uso da ocitocina apenas em situações em que ela é realmente necessária como para estimular contrações uterinas durante o parto ou para reduzir sangramentos excessivos após um aborto espontâneo ou depois do parto.

– Uso na lactação

Até agora, o único uso aprovado para a ocitocina spray é para lactantes que precisam de um estímulo extra para a secreção de leite materno, mas ainda assim o uso do hormônio sintético deve ser acompanhado por um profissional da saúde.

– Uso em outros casos

Nos outros casos, apesar de estudos promissores, a ocitocina ainda não é considerada um tratamento oficial para transtornos psiquiátricos ou psicológicos.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já ouviu que ocitocina spray faz mal? Conhece alguém que já usou esse produto e tenha tido bons ou maus resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Felipe Santos e Dra. Patrícia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário