Benefícios do sal amargo – Para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Especialista da área:
atualizado em 24/03/2022

O sal amargo é um composto feito a partir do mineral magnésio, que pode trazer benefícios para a saúde e o bem estar, de acordo com alguns especialistas.

Mas, o uso do sal amargo também chamado de Sal de Epsom, é alvo de algumas controvérsias, como veremos no decorrer do artigo.

  Continua Depois da Publicidade  

Então, a seguir vamos conhecer melhor este produto, seus benefícios e efeitos colaterais, além de aprender como esse sal deve ser usado.

O que é o sal amargo?

Sal amargo
O sal amargo nada mais é que o sulfato de magnésio

O sal amargo, também conhecido como sal de Epsom ou sulfato de magnésio, é um composto químico que contém em sua composição elementos como o enxofre, o oxigênio e o magnésio.

Ele foi descoberto e usado pela primeira vez na Inglaterra, como um remédio para uma série de problemas de saúde, como veremos mais adiante.

Além disso, apesar de ser chamado de sal e ser muito parecido visualmente com o sal de cozinha, o sal de Epsom não é usado na culinária devido ao seu sabor amargo e desagradável. Porém, ele é muito usado em banhos, como um composto terapêutico e por isso é muito conhecido também como sal de banho.

Benefícios do sal amargo

Muitas pessoas e até alguns profissionais da saúde relatam que o sal amargo pode ser usado como um tratamento auxiliar para várias condições de saúde. 

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, separamos alguns dos possíveis benefícios do sal amargo:

1. Fonte de magnésio

O magnésio é um dos minerais mais abundantes no corpo humano, e participa de centenas de reações bioquímicas essenciais para o bom funcionamento do sistema nervoso e de órgãos como o coração.

Mas, apesar de ser indispensável para a saúde, dados mostram que boa parte da população não consome as quantidades recomendadas de magnésio diariamente. 

Isso se deve principalmente a problemas na dieta, embora alguns distúrbios de saúde também afetem a absorção do mineral.

Por isso, o ideal é incluir na dieta alimentos ricos no mineral e, caso seja recomendado por um médico ou nutricionista, utilizar algum suplemento.

Muitos especialistas recomendam o uso tópico do sal amargo, como em banhos, como forma de absorver melhor o magnésio.

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, como mais estudos são necessários para saber se tomar banho com sal de Epsom pode ou não aumentar significativamente a concentração de magnésio no organismo, colocamos esse como um possível benefício.

Alguns estudos até aqui mostram que a absorção do mineral pela pele é pequena, e não irá suprir as necessidades diárias do organismo.

2. Alívio da prisão de ventre

Uma pesquisa publicada em 2009 no periódico científico American Family Physician mostrou que o magnésio encontrado no sal amargo pode ajudar a atrair mais água para o cólon, o que causa mais movimentos intestinais, aliviando a constipação intestinal, também chamada de prisão de ventre.

Por isso, o mineral é usado em diversos medicamentos laxantes, embora a dose exata a ser usada ainda não seja completamente definida.

Mas, em geral, para adultos a dose normalmente é de cerca de 2 a 6 colheres de chá de sal amargo para cada xícara de água. O efeito laxante que alivia a constipação geralmente ocorre entre 30 minutos e 6 horas após a ingestão.

3. Melhora do sono e do estresse

Um estudo de 2015 publicado na revista Physiological Reviews explica que o magnésio auxilia o cérebro na produção de neurotransmissores envolvidos na indução do sono e na redução do estresse. 

  Continua Depois da Publicidade  

E, além disso, o magnésio pode ajudar o corpo a produzir o hormônio do sono, conhecido como melatonina.

Desta forma, fica claro que a deficiência em magnésio pode interferir na qualidade do sono, além de aumentar os níveis de estresse.

Há vários relatos de que tomar banhos com sal de Epsom pode ajudar a aliviar o estresse e a melhorar o sono devido à absorção de magnésio através da pele.

No entanto, os especialistas acham mais provável que a melhoria desses aspectos tenha relação com a sensação de relaxamento provocada pelo banho quente, já que quantidades muito baixas de magnésio seriam absorvidas por meio da pele.

4. Melhora do desempenho no exercício e recuperação muscular

Alguns praticantes de atividades físicas afirmam que tomar banho com sal amargo pode auxiliar na redução de dores musculares, além de promover alívio para cãibras.

E de fato, dados publicados em 2006 no periódico Magnesium Research mostram que o magnésio é um mineral muito útil durante a prática de exercícios físicos, pois ajuda o corpo a utilizar a glicose e o ácido lático que se acumula no organismo.

Entretanto, ainda não existem evidências suficientes para afirmar que é possível absorver magnésio em quantidades relevantes através da pele, por meio de banhos com sal amargo em água.

Já o uso de suplementos de magnésio por via oral pode sim evitar a deficiência nutricional e beneficiar os atletas e amadores do esporte e da atividade física em geral, desde que seu uso seja orientado e acompanhado por um profissional.

5. Redução do inchaço e da dor

Muitas pessoas relatam que o sal amargo ajuda a diminuir a dor e o inchaço, tanto em músculos quanto nas articulações, além de melhorar sintomas de doenças como a artrite e a fibromialgia.

Mas, até o momento, os estudos que demonstram esses efeitos são pequenos, e ainda não existem pesquisas com boa metodologia que comprovem esse benefício.

Como usar o sal amargo?

Banho com sal amargo
A principal utilidade do sal amargo é em um banho relaxante

Agora que já vimos os benefícios que o sal amargo pode trazer, vamos agora conhecer as formas de uso desse produto:

1. Banho relaxante

O principal modo de usar o sal amargo é através da sua dissolução em água quente para tomar banho. Assim, pessoas que têm banheiras em casa, por exemplo, costumam tomar um banho relaxante com sal de Epsom para obter diversos benefícios.

Isso se deve ao fato de que, ao ser dissolvido em água, o sal amargo libera íons de magnésio e íons sulfato na água, e que, muitos afirmam, podem ser absorvidos através da pele. 

Entretanto, não existem evidências científicas contundentes de que boas quantidades de minerais possam ser absorvidos pela pele.

Como usar:

  • Adicione 2 xícaras (o equivalente a aproximadamente 475 gramas) de sal amargo à água em uma banheira
  • Então, tome um banho molhando todo o corpo por ao menos 15 minutos.

Veja também: 7 dicas para aliviar a tensão muscular

2. Sal amargo como um agente de beleza

O sal amargo também pode trazer benefícios para a saúde da pele. Assim, pessoas com espinhas, por exemplo, podem usar o sal como um esfoliante para rosto e corpo.

Para isso basta colocar meia colher de chá do sal nas mãos, umedecer a pele e iniciar a esfoliação, para promover uma limpeza profunda na pele e limpar bem os poros.

Além disso, no lugar da água, algumas pessoas usam um creme para o rosto de sua preferência para uma esfoliação mais suave.

Já no caso do cabelo, há quem misture sal amargo ao condicionar para deixá-lo com mais volume, deixando agir por pelo menos 20 minutos. Mas a aplicação de sal no cabelo é um pouco controversa, já que muitos shampoos e condicionadores do mercado têm removido o sal de suas fórmulas com a justificativa de que o sal pode prejudicar a saúde dos fios.

3. Uso oral

Primeiramente, o uso do sal amargo por via oral normalmente é indicado para casos de constipação, e só deve ser feito com a orientação de um médico. Nesse caso, é indicado comprar sulfato de magnésio na forma de um medicamento.

Já para crianças, o uso oral não deve ser realizado, pois não há estudos com pessoas dessa faixa etária.

Além disso, por causa do efeito laxante, algumas pessoas acreditam que tomar o sal amargo emagrece. No entanto, tentar perder peso por meio do uso de laxantes não é efetivo, além de ser muito prejudicial para a saúde. 

Efeitos colaterais

Apesar de ser considerado um composto seguro, o sal amargo pode causar alguns efeitos colaterais, como:

  • Diarreia
  • Dor de estômago 
  • Inchaço abdominal
  • Náuseas
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Vermelhidão na pele.

Além disso, em casos muito raros em que uma pessoa consome quantidades exageradas de sal amargo, podem ser observados quadros clínicos mais graves, como problemas cardíacos, paralisia, coma e até a morte. 

Dicas e cuidados

Caso você sofra com constipação intestinal, procure um médico para descobrir as causas e tratar adequadamente o problema.

Isso é importante porque o sal amargo, apesar de eficaz no tratamento da condição, não deve ser usado por muito tempo, pois pode causar efeitos adversos significativos.

Além disso, uma dieta rica em fibras alimentares pode ajudar a regular o funcionamento intestinal, além de contribuir para a saúde como um todo.

Fontes e referências adicionais

Você já tinha ouvido falar de tantos benefícios do sal amargo como os listados acima? Já experimentou o uso desse composto de alguma forma? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (26 votos, média 4,04)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário

5 comentários em “Benefícios do sal amargo – Para que serve, como tomar e efeitos colaterais”

  1. Sobre a Matéria: Benefícios do Sal Amargo’- OK!
    Perfeita!
    Minha amiga Esteticista, uma estudiosa dos processos olisticos,da homeopatia, da medicina ortomolecular. Com cursos na França, especializações mi, sempre inovando nos tratamentos para pele, nas massagens,nos florais…
    E um dia, essa mulher muito sabia e mística até me diz: “sabe? essa sua pele esta precisando de Sal Amargo!
    Uma colher de chá por 15 dias. Seu corpo precisa desintoxicar, limoarr o sangue… Vai ver, ficará com una pele naravilhisa!
    E FIQUEI.
    Suas palavras lembraram minha nona ( avó em italiano), que dizia a mesma coisa e nos fazia tomar para curar os arranhões, machucaduras, mordidas de insetos e batidas que deuxavam roxos enormes pelo corpo de uma infância plena e feliz correndo pelos passos, colhendo frutas, tomando banho de rio…

    Ora pois, SAL AMARGO… Que coisa boa, que bom conselho esquecido e que lembranças felizes trouxeram a matéria. Obrigada!

    Responder
    • Eu gostei do resultado.2 dias tomando e cagando suave ñ vi outro igual.primeiro dia senti muita sede.estava com dor no antebraço já fazia alguns dias e realmente melhorou.graças a DEUS!fiquei com medo de usar,pois só vim conhecer aos 38 anos😂😂pelo tiktok.apesar do medo do desconhecido rompi a barreira e tomei.bom demais

      Responder
  2. Eu tomo e émuito bom. Faz dar aquela cagada gostosa que alivia até os pensamentos e te leva para outra dimensão. A merda sai que é uma beleza.

    Responder
  3. EU TOMO SAL AMARGO E REALMENTE FUNCIONA PARA O ENTESTINO PREZZO QUANDO QUE NESSEMSARIO SEMPRE TOMO NUNCA ME FEZ MAL

    Responder
  4. Eu tomo porque tenho intestino preso nossa e muito bom mesmo, tenho dificuldade de ir ao banheiro,daí descobri o sal amargo tomo uma vez por semana.Sera que pode tomar todos os dias???

    Responder