Planta manacá – O que é e para que serve

Especialista:
atualizado em 17/11/2020

Fique sabendo o que é a planta manacá, quais são suas propriedades e para que serve essa planta no ponto de vista terapêutico e medicinal.

O manacá é uma planta muito procurada para a decoração de ambientes não só pela sua beleza, mas também pelo seu aroma agradável.

Comum na América do Sul devido à abundância de florestas tropicais, a planta manacá é tradicional na Amazônia. Por isso, ela é muito útil para a população nativa para fins medicinais.

Aliás, uma planta com propriedades parecidas com a da planta manacá é a erva-baleeira. Veja também quais são os benefícios da erva-baleeira e como usar essa erva de origem brasileira.

A planta manacá tem muitas propriedades terapêuticas, mas se destacam principalmente a capacidade da planta de eliminar toxinas, de aliviar dores e de tratar infecções.

Planta manacá – O que é

Existem vários tipos de manacá, mas aqui nos referimos à espécie Tibouchina mutabilis. A planta também é chamada de:

  • Cuipeuna;
  • Cangambá;
  • Eratataca;
  • Managá;
  • Jeratacaca;
  • Manacá da serra.

A fim de esclarecer possíveis confusões, é importante lembrar que a planta manacá é diferente da dama-da-noite (Cestrum nocturnum). De fato, a dama-da-noite tem flores muito parecidas com as do manacá-de-cheiro (Brunfelsia uniflora), que é um outro tipo de manacá.

O manacá da serra pode ser usado para fins decorativos devido ao seu aroma, beleza e facilidade de cultivo.

Além disso, há uma variedade menor chamada de manacá-da-serra-anão que atinge de 0,5 a 4 metros de altura e que fica lindo em jardins. Enquanto isso, o manacá tradicional pode atingir até 8 metros de altura.

Certamente, as flores perfumadas e coloridas transformam qualquer ambiente. De acordo com a estação do ano, as flores adotam uma cor diferente. Assim, elas variam entre tons de branco, lilás e roxo – sendo que no inverno predominam as cores mais escuras e no verão as mais claras.

Apesar de folhas, flores e frutos bonitos que servem de ornamento, são as raízes da planta manacá as responsáveis pelas suas propriedades terapêuticas.

Para que serve

manacá da serra

As raízes da planta manacá têm muitos compostos ativos responsáveis por suas propriedades medicinais.

No Brasil, outras partes do manacá também são usadas para fins fitoterápicos, mas ainda assim a raiz é a parte mais rica da planta.

Isso porque é na raiz que se encontram compostos como:

  • Cumarinas;
  • Alcaloides;
  • Lignanas;
  • Sapogeninas.

A saber, as cumarinas e os alcaloides atuam melhorando a coagulação do sangue, reduzindo a dor e estimulando o sistema linfático na eliminação de toxinas.

Enquanto isso, as lignanas e as sapogeninas podem ajustar desequilíbrios hormonais.

Tais efeitos podem ajudar no alívio de sintomas relacionados a:

Sendo assim, o manacá da serra tem propriedades:

  • Diuréticas;
  • Analgésicas;
  • Anestésicas;
  • Bactericidas e antifúngicas;
  • Antiespasmódicas;
  • Anti-inflamatórias.

Em suma, todos esses efeitos trabalham em conjunto para aliviar dores, desintoxicar o fígado e o sangue, tratar infecções e melhorar desconfortos digestivos.

No entanto, todos esses usos são anedóticos. Isso significa que eles ainda não são comprovados pela ciência e que se trata apenas de um conhecimento popular passado de geração em geração.

Dessa forma, são necessários estudos científicos que avaliem de forma detalhada e que comprovem a eficácia do manacá para cada um desses possíveis usos.

Como usar

O manacá é mais usado na forma de chá ou decocção. Confira então como preparar a bebida!

Chá de manacá

Ingredientes:

  • Raízes de manacá;
  • ½ litro de água.

Modo de preparo:

Antes de mais nada, higienize bem as raízes da planta manacá. Em seguida, adicione as raízes em um recipiente com água e leve ao fogo por 10 minutos.

Logo após esse período, deixe a mistura tampada por mais alguns minutos antes de coar.

Esse chá pode ser tomado antes das refeições sem açúcar ou com um pouco de mel. 

Uso ornamental

O manacá também é usado na decoração de ambiente por causa de suas belas flores.

Ele pode ser plantado em vasos ou diretamente na terra em um jardim, por exemplo.

As flores ficam mais bonitas na primavera e no verão, mas em locais em que clima é predominantemente quente como no Brasil, o manacá acaba florescendo o ano todo.

Extrato alcoólico da raiz

Outra forma de usar o manacá é extraindo as propriedades da raiz através de uma solução alcoólica.

Para isso, é preciso imergir a raiz em uma solução de álcool altamente concentrado por vários dias.

Uma vez que o extrato fica pronto, ele pode ser armazenado e usado topicamente para tratar:

  • Sintomas de doenças reumáticas;
  • Febre;
  • Dores;
  • Picadas de cobras;
  • Doenças respiratórias.

Mais usos

As folhas frescas também são benéficas, mas são menos biologicamente ativas do que as raízes do manacá da serra.

Há também um óleo essencial extraído das flores que pode ser usado na pele ou em aromaterapia.

A planta manacá pode causar algum mal?

O manacá não está livre de efeitos colaterais. Alguns deles podem incluir:

  • Aumento na frequência de evacuação;
  • Diarreia;
  • Alteração na coagulação sanguínea;
  • Interação medicamentosa com a aspirina, potencializando a ação do medicamento.

Certamente, o manacá é potencialmente tóxico em doses altas. Isso porque ele pode conter um alcaloide venenoso conhecido como manacina que pode causar sintomas de intoxicação como:

  • Salivação excessiva;
  • Vertigem;
  • Paralisia parcial da face;
  • Visão embaçada;
  • Edema na língua.

Em animais, já foram observados alguns efeitos como ansiedade, inquietação, aumento da frequência cardíaca e respiratória, salivação, vômito e espasmos musculares.

Assim, ao observar qualquer um desses sintomas, é recomendado interromper o uso do manacá e procurar um médico. 

Por outro lado, quando usado com moderação, é pouco provável que o manacá cause qualquer alteração física. Mas ainda assim, é bom consultar a opinião de um médico sobre o uso medicinal da planta ou aguardar mais estudos sobre o tema.

Fontes e Referências Adicionais

Você pretende usar o manacá como uma planta medicinal? Já conhecia essa espécie de planta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário