Mudanças hormonais da gravidez e sintomas que causam

Especialista da área:
atualizado em 09/06/2021

Os hormônios têm grande influência no corpo da mulher durante a gestação. Por isso, saiba quais as mudanças hormonais da gravidez e sintomas que elas causam.

  Continua Depois da Publicidade  

Existem muitas variações hormonais durante a gravidez. Aliás, uma delas é no hormônio beta-hcg (gonadotrofina coriônica humana), que permite saber se você está grávida por meio de um teste de gravidez.

Além desse hormônio – que só aparece durante a gestação – existem outras mudanças hormonais específicas dessa fase da vida da mulher. Entenda quais são essas alterações e o que elas causam no seu corpo.

Mudanças hormonais da gravidez

barriga de grávida

As mudanças hormonais mais significativas durante a gravidez e que causam mais mudanças no corpo são o aumento nos níveis de estrogênio e progesterona.

Mas o papel de outros hormônios como a prolactina e a ocitocina também são essenciais para uma gravidez e parto saudáveis. Confira abaixo!

Estrogênio

O estrogênio aumenta muito no início da gravidez. Esse hormônio em altas quantidades no primeiro trimestre é essencial para permitir o desenvolvimento do bebê.

Além disso, ele é importante para a formação da placenta – que vai assumir o papel de nutrir o bebê.

No fim da gravidez, a queda do estrogênio também é responsável por ajudar no preparo do corpo para a amamentação e por ajudar no trabalho de parto – permitindo então que o útero contraia em resposta à ocitocina (um outro hormônio essencial).

Assim, as principais mudanças que o estrogênio causam no corpo são:

  • Dores nas costas e na pelve;
  • Sensibilidade mamária;
  • Escurecimento das aréolas;
  • Estrias na pele;
  • Aumento dos seios.

Além disso, esse hormônio pode causar sintomas como náusea e prisão de ventre.

  Continua Depois da Publicidade  

Progesterona

O hormônio progesterona é indispensável para preparar o revestimento do útero para receber o feto. Assim como o estrogênio, a progesterona também ajuda a nutrir o bebê nos primeiros meses de gravidez.

Além disso, ela aumenta o fluxo sanguíneo para o útero – de modo que o bebê receba mais nutrientes.

As mudanças que isso causa no seu corpo são:

  • Aumento do volume sanguíneo;
  • Aumento do tamanho do útero e, consequentemente, da barriga;
  • Maior retenção de líquidos.

Altos níveis de progesterona também são associados a sintomas desagradáveis do início da gestação, como por exemplo:

Prolactina

A prolactina é o hormônio que permite que as glândulas mamárias passem a produzir leite.

Esse hormônio começa a aumentar no segundo trimestre e chega ao seu ápice logo após o parto.

Como resultado, a mulher pode notar alterações que incluem:

  • Redução da libido;
  • Secura vaginal.

Ocitocina

A ocitocina é um hormônio que surge na hora do nascimento do bebê. É ele que estimula o trabalho de parto e ajuda a reduzir o risco de hemorragia.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, esse hormônio também ajuda a aliviar a dor do parto e a estimular a produção de leite materno.

Mais sintomas que as mudanças hormonais causam

grávida na consulta médica

Além das mudanças acima, há muitas outras alterações que a mulher sente no corpo e nas emoções durante a gravidez, como por exemplo:

  • Mudanças sensoriais como as alterações no paladar e no olfato;
  • Mudanças de postura e equilíbrio por causa do aumento do abdômen e dos seios que alteram a curvatura da coluna durante a gravidez;
  • Redução da circulação de fluidos corporais na parte inferior do corpo, causando inchaço e retenção de líquidos;
  • Crescimento e aumento do volume do cabelo;
  • Coração passa a bombear sangue mais rápido, podendo causar congestão, sangramento nasal, hemorróidas e varizes;
  • Aumento dos níveis de glicose e de triglicérides para nutrir o bebê – o que pode resultar em complicações como diabetes gestacional, pressão alta ou ganho excessivo de peso.

Algumas gestantes sentem mais o impacto de algumas mudanças do que outras. Por isso, a gravidez é algo muito particular – já que nem todas as mulheres têm a mesma experiência.

Assim, caso você observe alguma mudança que te incomoda muito ou que está difícil de se adaptar, converse com o seu obstetra, pois ele vai saber explicar o que está acontecendo e sugerir medidas que possam aliviar o seu desconforto.

Fontes e referências adicionais

Você já esteve grávida? Chegou a sentir todas essas mudanças durante a gravidez? Comente então abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Alexandre Seraphim

Dr. Alexandre Seraphim é Nutrologista - CRM 52.978779. Formou-se médico pela Universidade do Grande Rio e é pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. Possui diversos cursos na área de emagrecimento, hipertrofia e medicina ortomolecular que o qualificam ainda mais como um grande especialista da área. Atualmente, exerce sua especialidade em uma clínica localizada na Barra da Tijuca e também em Bangu, ambas no Rio de Janeiro. Para mais informações, entre em contato com ele em sua conta oficial no Instagram (@dr.alexandre.seraphim).

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário