Óleo de olíbano

Óleo de Olíbano – O Que é, Para Que Serve, Benefícios e Como Usar

Alfapineno, actanol, acetato de bornil, linalol, acetato de octilo, e acetato de incensole são apenas alguns componentes do óleo de olíbano, também conhecido como óleo de incenso. Ele é capaz de promover benefícios impressionantes para a saúde, e por esse motivo o seu uso é feito há séculos.

Há relatos de que o óleo de olíbano foi encontrado nos restos de antigas civilizações egípcias e anglo-saxônicas, além disso, ele tem uma forte relação com as tradições e ritos religiosos, pois foi um dos primeiros presentes dados ao menino Jesus.

Se você tem interesse em conhecer todos os benefícios do óleo de olíbano, além de entender para que ele serve e como usar, não deixe de continuar a leitura.

Óleo de Olíbano – O Que é?

O óleo de olíbano é uma substância extraída da goma ou resina de olíbano. Ele é derivado de Boswellia carterii, Boswellia ferreana ou Boswellia serrata, que são  árvores cultivadas na Somália e regiões do Paquistão.

Seus compostos são repletos de agentes anti-inflamatórios, entre eles terpenos e ácido boswélico, que são fortemente anti-inflamatórios e protetores das células saudáveis. O óleo também demonstra capacidade de interagir com o sistema límbico do cérebro e influenciar o sistema nervoso, entre muitos outros benefícios que ajudarão a promover a sua saúde de várias maneiras.

Os principais componentes deste óleo essencial são alfapineno, actanol, acetato de bornil, linalol, acetato de octilo, incensole e acetato de incensole.

Para que serve o óleo de olíbano?

O óleo de olíbano também é conhecido como incenso, e ele é um tipo comum de óleo essencial usado de diferentes formas. Pode ser ingerido, utilizado como um vapor, compressa e até misturado a outros produtos ou usado puro para ser aplicado na pele.

Pesquisas indicam que ele possui agentes antibacterianos e antissépticos, adstringentes, antidepressivos e anti-inflamatórios e toda essa mistura ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade crônica, reduz dores diversas e a inflamação, aumenta a imunidade do organismo, o que também contribui com a prevenção de muitas doenças e até ajuda a combater células cancerígenas.

O olíbano também se mostrou eficaz para tratar problemas bucais, como as cáries e gengivites, curar feridas, promover uma pele saudável e até ajudar a regular os hormônios e promover a fertilidade.

Diante desses inúmeros benefícios e outros, conseguimos ter a percepção do quanto esse óleo pode contribuir com a manutenção da nossa saúde. Sendo assim, incluir o óleo de olíbano na sua rotina pode fazer muita diferença.

Benefícios do óleo de olíbano

1. Ajuda a reduzir o estresse e sintomas de depressão

O óleo de olíbano pode ser um aliado para combater o estresse e a depressão. Ele mostra uma eficácia capaz de combater a ansiedade e reduzir sintomas relacionados à depressão, como os sentimentos negativos que são muito comuns nesses casos.

Quando é inalado, ele diminui a frequência cardíaca e a pressão alta, permitindo um relaxamento, e ao contrário dos medicamentos prescritos, não tem efeitos colaterais negativos nem causa sonolência indesejada.

Um estudo realizado com camundongos mostrou que a “queima” do óleo teve efeitos antidepressivos. Seus componentes foram capazes de estimular a psicoatividade e estimular algumas áreas do cérebro, implicando na percepção de calor na pele.

Além disso, pode ser útil na redução dos níveis de ansiedade ou estresse crônico que podem impactar o sono. Seu aroma calmante pode naturalmente estimular o sono, pois ajuda a abrir as vias respiratórias, permite que o seu corpo atinja uma temperatura ideal para o sono e elimine a dor que o mantém acordado.

2. Ajuda a diminuir a inflamação e a dor 

A artrite, asma, distúrbios intestinais e muitas outras condições costumam ser provocadas pela produção de moléculas inflamatórias. Como o óleo apresenta uma capacidade anti-inflamatória, ele pode ser usado para prevenir a quebra do tecido da cartilagem, o que reduz significativamente os níveis de inflamação perigosa e dolorosa no corpo. Ele pode ser uma opção natural de tratamento para condições relacionadas à dor que afetam os músculos, articulações e tendões, como a artrite.

3. Pode ajudar a combater o câncer ou lidar com os efeitos colaterais da quimioterapia

O óleo de olíbano tem relevância como um anti-inflamatório e antitumoral. O óleo tem se mostrado eficiente para combater células de câncer, foi o que revelou um estudo.

Ele relatou que um composto químico chamado AKBA presente no óleo foi eficiente para matar células cancerígenas que se tornaram resistentes à quimioterapia, o que o torna uma opção natural para o tratamento do câncer.

Chineses também pesquisaram os efeitos anticancerígenos do óleo de olíbano e óleo de mirra em cinco linhas de células tumorais em um estudo de laboratório. Descobriram que algumas delas, como a de mama e pele, mostraram maior sensibilidade à combinação de óleos essenciais.

4. Promove a boa digestão

O fato do óleo de olíbano estimular a secreção de enzimas digestivas, aumentar a produção de urina, relaxar os músculos do trato digestivo e também ajudar a melhorar a circulação potencializa a digestão, pois isso ajuda o sistema a se desintoxicar corretamente e evacuar. Também pode ajudar a reduzir as cólicas estomacais e aliviar náusea e eliminar o excesso de água do abdômen, o que pode causar inchaço.

Por esse motivo, ele tem se mostrado benefício para reduzir sintomas da síndrome do intestino permeável, colite crônica, colite ulcerativa, doença de Crohn e síndrome do intestino irritável.

5. É antibacteriano, antisséptico e adstringente

O óleo de olíbano pode ser usado como um ingrediente para prevenir a formação de germes na pele, boca e até mesmo nos ambientes. Por esse motivo, ele é muito usado para tratar de forma natural alguns problemas de saúde bucal e evitar a ocorrência de gengivite, mau hálito, cáries, dor de dente, feridas na boca e outras infecções.

Além disso, pode ser aplicado em feridas para protegê-las do tétano e sepsia, sem nenhum efeito colateral. Seu uso se estende para feridas internas, evitando o desenvolvimento de infecções. Todos esses benefícios estão relacionados à sua capacidade antibacteriana e antisséptica.

O óleo de olíbano também é um adstringente poderoso e pode ser uma excelente alternativa para fortalecer as raízes capilares, tonificar e erguer a pele, contrair os músculos, os intestinos e os vasos sanguíneos. Essas propriedades também podem reduzir o aparecimento de rugas e combater a flacidez dos músculos abdominais, associados à idade. Essa condição também permite que ele atue como um coagulante, ajudando a parar o sangramento de machucados mais rapidamente.

6. Ajuda a impulsionar a memória

O óleo de olíbano pode impulsionar a memória. Isso é o que sugerem algumas pesquisas realizadas com ele, que apontaram a melhoria das funções de memória e aprendizado.

Em alguns estudos, o óleo foi usado em animais fêmeas gestantes e foi possível perceber um aumento na memória da prole de uma mãe. Em um deles, houve um aumento significativo no poder de aprendizado, na memória de curto prazo e na memória de longo prazo de seus filhos.

7. Pode melhorar a fertilidade

O óleo de olíbano possui uma estrutura química que atua de forma parecida com os esteroides no corpo e por esse motivo alguns estudos afirmam que ele pode ser usado como um agente promotor da fertilidade.

Durante o estudo, quando o olíbano foi usado internamente em ratos, ele aumentou a fertilidade e a motilidade e a densidade dos espermatozoides.

Então, se o objetivo for melhorar a fertilidade, o óleo de olíbano pode ser uma alternativa natural.

8. Ajuda a equilibrar os hormônios

Os hormônios são responsáveis por uma série de sintomas, principalmente no período que antecede a menstruação. Cólicas, prisão de ventre, dores de cabeça, ansiedade, náuseas, fadiga  e alterações de humor são apenas alguns, e o óleo de olíbano pode reduzir esses desconfortos associados à menstruação e à menopausa, pois ele equilibra os níveis hormonais.

Também pode ajudar a regular a produção de estrogênio e reduzir o risco de desenvolvimento de tumor ou cisto em mulheres na pré-menopausa, além de manter o útero da mulher saudável, regulando os ciclos menstruais adequados. Por fim, pode tratar ou regular condições ginecológicas ou estressores que podem levar a disfunções complicadas em certas mulheres.

9. Promove uma pele mais bonita e saudável

Quando o assunto é a pele, o óleo de olíbano pode ajudar de diversas maneiras, pois ele é capaz de fortalecer a pele, melhorar a elasticidade, atuar contra bactérias ou manchas, combatendo o envelhecimento. Pode ajudar a reduzir o aparecimento de cicatrizes, acne, curar feridas e ajudar a melhorar a aparência e cor da estrias, cicatrizes e até ajudar a hidratar a pele seca ou rachada.

Estudos sugerem que a estrutura pentacíclica triterpênica do óleo age como um calmante sobre a pele irritada e uma revisão publicada no Jornal de Medicina Tradicional e Complementar mostrou que ele ajudou a reduzir a vermelhidão e irritação da pele, além de produzir um tom mais uniforme.

10. Estimula a eliminação de água e toxinas

Ele é seguro e não tem efeitos colaterais adversos. Por esse motivo, o óleo de olíbano pode ser uma alternativa natural e livre de riscos para estimular a micção e ajudar o corpo a eliminar água, gorduras, sódio, ácido úrico e várias outras toxinas nocivas para o organismo.

11. Reduz problemas respiratórios

Os problemas respiratórios podem ser muito beneficiados com o óleo de olíbano, pois ele é capaz de acalmar a tosse, eliminar as secreções presas nas vias respiratórias e nos pulmões. Também pode ser útil para tratar a bronquite, congestão nasal, laringite, faringite, brônquios e pulmões.

Tudo isso é possível porque suas propriedades anti-inflamatórias ajudam a relaxar as vias respiratórias, o que reduz os perigos dos ataques de asma. Já as suas qualidades antissépticas o tornam um impulsionador do sistema imunológico, ajudando a aliviar dores no corpo, dores de cabeça, além de equilibrar a temperatura corporal, sintomas comumente associados às gripes e resfriados.

Como usar?

O primeiro passo para usar o óleo de olíbano é comprar o produto. Ele não é difícil de achar, uma rápida visita a uma loja de produtos naturais ou uma busca na internet já te coloca diante de uma infinidade de produtos diferentes – mas não compre qualquer um.

Evite versões como “óleo de fragrância” ou “óleo de perfume”, pois estes costumam ser sintéticos e não relacionam todos os benefícios sinalizados. Procure por óleos considerados “óleo essencial puro” ou “óleo essencial 100%”, pois esses oferecem uma melhor qualidade.

Os preços e quantidade de produtos são os mais variados. Para ter uma ideia, algumas versões contendo 5 ml e 10 ml podem variar entre R$ 19,00 e R$ 103,00. Ou seja, nessa escala existem opções para todos os gostos e bolsos.

Veja agora como usar o óleo de olíbano para tratar algumas situações:

  • Aliviar a inflamação e a dor: Para melhorar a circulação, diminuir os sintomas de dor nas articulações ou musculares relacionadas à artrite, distúrbios digestivos e outros, experimente massagear o óleo na área dolorida. Você também pode adicionar uma gota de óleo à água fervente e molhar uma toalha; em seguida, colocar na região ou sobre o rosto para inalar o óleo, o que ajudará e diminuir dores musculares. Também pode combinar várias gotas com um óleo transportador e massagear seus músculos, articulações, pés ou pescoço.
  • Aliviar o estresse: Para obter o alívio do estresse, relaxamento e sensação de satisfação, adicione algumas gotas de óleo a um banho quente; se não for possível, adicione o olíbano a um difusor de óleo ou vaporizador. Essa condição também ajuda a combater a ansiedade.
  • Produto de higiene bucal natural: O óleo de olíbano é um ótimo complemento para a saúde bucal, então para usar, faça uma mistura de óleo de olíbano com bicarbonato de sódio e use no lugar da pasta de dente. Outra opção é comprar produtos já prontos que contenham o óleo.
  • Cuidados com a pele: Já vimos que o olíbano pode ajudar a pele de várias formas. Para usufruir desses benefícios, misture seis gotas de óleo de olíbano em 30ml de um óleo sem perfume e aplique na pele. Antes de usar, faça um teste de alergia. Aplique uma pequena quantidade no antebraço e deixe o óleo em contato com a pele por 24 horas, se não apresentar nenhum sinal de irritação pode usar sem preocupação.
  • Digestão: Para tratar os problemas digestivos ou ajudar a potencializar a digestão dos alimentos, adicione uma ou duas gotas de óleo em 250ml de água e beba, mas só faça isso se o óleo for 100% puro. De forma alguma faça a ingestão de óleos de fragrâncias ou perfumes.
  • Curar cicatrizes, feridas e marcas de acne: Para ajudar a cicatrização, diminuir a aparência das cicatrizes, reduzir o aparecimento de manchas escuras causadas pela acne, estrias, eczema, misture duas a três gotas de óleo com um óleo transportador ou loção sem perfume e aplique diretamente na pele.
  • Tratar problemas respiratórios: Quando tiver um resfriado ou gripe e todos os sintomas que acompanham, aplique algumas gotas em um pano e inspire ou use um difusor com o óleo e respire o vapor.
  • Limpador natural para uso doméstico: O óleo de incenso é um antisséptico, então utilizar na limpeza doméstica vai ajudar a eliminar bactérias e vírus. Também pode ser usado em um difusor de óleo essencial para ajudar a reduzir a poluição interna e desodorizar e desinfetar qualquer ambiente ou superfície de sua casa. Para usar, acrescente algumas gotas de óleo na água ou no difusor.

Efeitos colaterais e interações

  • O óleo de olíbano é considerado seguro e bem tolerado e até o momento não há efeitos colaterais graves relatados por causa de seu uso. Mas não abuse, procure ingerir apenas algumas gotas de qualquer óleo essencial de cada vez com água ou outra bebida.
  • É raro, mas pode acontecer do óleo de olíbano causar algumas reações; essas envolvem pequenas erupções cutâneas e problemas digestivos, como náuseas ou dores de estômago.
  • Ele também é conhecido por ter efeitos de afinamento do sangue, então qualquer um que tenha problemas relacionados à coagulação não deve usar óleo, ou deve falar com um médico primeiro. Caso contrário, o óleo pode ter potencial para reagir negativamente com certos medicamentos anticoagulantes.

O óleo de olíbano é impressionante e muito fácil de usar. Não deixe de incluir esse excelente produto na sua rotina e se beneficiar de todas as vantagens que ele pode proporcionar para o seu corpo e para a sua pele.

Na hora de usar, você pode combinar com óleos transportadores como o óleo de jojoba, coco, manteiga de karité, limão, laranja e outros óleos cítricos, além do óleo de benjoim, bergamota, lavanda, mirra, pinho e sândalo.

Então, faça essa mistura de acordo com o benefício que procura. Por exemplo, óleos cítricos como óleos de limão misturados com olíbano agem como um estimulante, já uma combinação com óleos de lavanda funciona como um relaxante. Você também pode criar outras versões e obter benefícios extras, conforme as suas necessidades.

Referências adicionais:

Você já tinha ouvido falar no óleo de olíbano? Já experimentou algum tipo de utilidade desse óleo? Como foram os resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*