Omeprazol – Para Que Serve, Como Tomar e Indicações

Especialista:
atualizado em 13/12/2017

Com o aumento expressivo dos níveis de estresse, ansiedade e também com os hábitos ruins de alimentação, houve um aumento dos índices de problemas estomacais no mundo todo hoje em dia.

Pesquisas mostram que o estresse crônico é hoje responsável por inúmeras doenças, pois este desregula várias funções do organismo e enfraquece o sistema imunológico, deixando o organismo mais suscetível a muitas doenças, entre elas as doenças estomacais como as gastrites e as úlceras.

O omeprazol é um dos medicamentos mais utilizados para estes problemas e muitas pessoas questionam se este remédio faz mal e como ele deve ser utilizado corretamente. Conheça, abaixo, o que é o omeprazol, saiba para que serve, como tomar e quais as indicações deste medicamento tão utilizado.

Problemas e doenças estomacais

O estômago é um órgão muscular, oco e elástico que é capaz de sofrer dilatação ao receber alimentos, auxiliando na digestão e na passagem dos alimentos para o resto do trato digestivo. O estômago libera, aproximadamente, 3 litros de líquidos por dia, incluindo o muco, a água e as enzimas digestivas.

O ácido estomacal é importante para a realização da digestão e decomposição dos alimentos, auxiliando também na defesa contra micro-organismos invasores que podem entrar através dos alimentos ou bebidas no estômago.

O suco gástrico é formado, basicamente, por água, enzimas (entre elas o pepsinogênio, que é ativado como pepsina e tripsina quando entra em contato com a água), sais inorgânicos, ácido clorídrico e ácido lático. Sua função principal é proporcionar a digestão dos alimentos, principalmente das proteínas, e seu pH é normalmente de 2,5.

O alimento pode permanecer no estômago por até quatro horas ou mais, misturando-se ao suco gástrico auxiliado pelas contrações da musculatura estomacal.

O nível de acidez é fundamental para garantir a adequada liberação das enzimas digestivas, no entanto, quando ocorre uma alteração no pH ou no volume das secreções ácidas do estômago, isto pode afetar a função digestiva, danificando partes da parede do estômago.

Tanto a baixa quantidade de ácido no estômago (conhecida como hipocloridria) quanto a elevada quantidade de ácido (conhecida como hipercloridria) podem causar problemas significativos de saúde.

O que é o omeprazol e para que serve este remédio?

O omeprazol é um medicamento genérico que age no organismo reduzindo a quantidade de ácido produzida pelo estômago. Este medicamento é bastante indicado para tratar os inúmeros problemas de saúde causados pelo excesso de produção de ácido no estômago, entre eles os problemas de úlceras gástricas e duodenais, os problemas de refluxo gastroesofágico (que ocorre quando o suco gástrico do estômago sobe até o esôfago), podendo também ser utilizado em conjunto com medicamentos antibióticos para tratar as úlceras causadas pelas infecções associadas à bactéria Helycobacter pylori.

O omeprazol também pode ser utilizado no tratamento da doença de Zollinger-Ellison que é uma condição em que o estômago passa a produzir mais ácido do que o normal. Além disso, o omeprazol pode ser usado para evitar o sangramento do trato gastrintestinal nos pacientes muito doentes, podendo ser usado para tratamento de dispepsia e redução dos sintomas de azia, indigestão, arrotos e acidez elevada.

Quais os efeitos colaterais e contraindicações do omeprazol?

Muitas pessoas questionam se o omeprazol faz mal. E, como qualquer medicamento, este pode apresentar diversos efeitos colaterais com seu uso.

Muitas das reações adversas, quando presentes, geralmente aparecem com intensidade leve, desaparecendo com a continuação do tratamento ou mesmo com a suspensão do uso do remédio. Os efeitos colaterais mais comuns são dores de cabeça, diarreia, constipação, dores abdominais, náuseas e vômitos, flatulência, perda de apetite, cansaço, fraqueza e mal-estar. Na presença de qualquer reação adversa, procure um médico imediatamente.

Outros sintomas menos frequentes, mas que podem estar presentes com o uso deste medicamento, são tonturas, insônia, vertigem, sonolência, parestesia (sensação de queimação, dormência e coceira na pele), aumento das enzimas hepáticas, erupção ou prurido, urticária, vermelhidão nos olhos, confusão mental, bolha ou sangramento labial, urina escura ou com sangue, agitação, agressividade, alucinações, depressão, boa seca, estomatite, candidíase gastrintestinal, fraqueza muscular, taquicardia, apatia, nervosismo, ansiedade, entre muitos outros.

Alguns estudos também mostram que o uso excessivo de omeprazol pode prejudicar a absorção de vitaminas e minerais, causando, assim, muitos problemas de saúde, como a osteoporose e a anemia. Pesquisadores concluíram que isto ocorre porque o omeprazol inibe a produção de substâncias que auxiliam na absorção de nutrientes pelo organismo. Este medicamento reduz a acidez do estômago que é fundamental para evitar a chegada de bactérias ao intestino.

Com a utilização excessiva do omeprazol, o estômago fica por muito tempo com baixa acidez, reduzindo a metabolização e prejudicando a retirada de alguns minerais dos alimentos, como o ferro e o cálcio. A falta de ferro pode causar a anemia e a falta de cálcio pode levar ao desenvolvimento da osteopenia e, posteriormente, da osteoporose.

Com relação às contraindicações, o omeprazol não é recomendado para pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, com problemas de alergias a outros medicamentos semelhantes, com histórico de doenças do fígado ou doenças hepáticas, entre outros. O medicamento também não deve ser usado por mulheres grávidas sem a orientação de um médico.

Qual a posologia e como tomar?

O omeprazol é encontrado em cápsulas de uso oral e estas devem ser tomadas imediatamente antes das refeições, preferencialmente pela manhã. Os pacientes com dificuldades em engolir as cápsulas podem abrir e misturar os microgrânulos numa pequena quantidade de água ou suco de frutas, ingerindo imediatamente após a abertura da cápsula. Estes microgrânulos não devem ser mastigados e devem ser bem misturados antes de ingeridos.

O alívio dos sintomas pode demorar alguns dias, portanto, para auxiliar no alívio das dores estomacais, os antiácidos podem ser utilizados em conjunto com o omeprazol, devendo, porém, ser recomendado com orientação médica.

Não interrompa o tratamento mesmo que esteja se sentindo bem ou que haja redução dos sintomas. Se se esquecer de tomar uma dose, tome assim que possível, mas nunca tome duas doses ao mesmo tempo.

A dose oral para adultos recomendada é de 20 mg, devendo ser administrada uma vez ao dia antes do café da manhã, durante 2 a 4 semanas no caso de úlceras duodenais e durante 4 a 8 semanas para úlceras gástricas e esofagite de refluxo.

Em pacientes com Síndrome de Zollinger-Ellison, a posologia recomendada normalmente é de dose inicial e única de 60 mg. Posologias superiores a 80 mg/dia devem ser administradas em duas vezes. Já a dose recomendada para esofagite de refluxo para crianças com idade superior a 1 ano é de 10 mg em dose única, para crianças acima de 20 kg, deve-se utilizar a dose de 20 mg.

O omeprazol é encontrado em farmácias contendo cápsulas de 10 mg, 20 mg e 40 mg, em diversas quantidades. O preço pode variar entre 10 e 40 reais, dependendo do tamanho da caixa e também do estabelecimento. É facilmente encontrado, mas necessita de receita médica para a compra.

Conclusão

O omeprazol é um medicamento genérico que age no organismo reduzindo a quantidade de ácido produzida pelo estômago. Este medicamento é bastante indicado para tratar os inúmeros problemas de saúde causados pelo excesso de produção de ácido no estômago, entre eles os problemas de úlceras gástricas e duodenais, os problemas de refluxo gastroesofágico e úlceras causadas pelas infecções associadas à bactéria Helycobacter pylori.

Muitas pessoas questionam se o omeprazol faz mal e, como qualquer medicamento, este pode apresentar diversos efeitos colaterais com seu uso, entre elas dores de cabeça, diarreia, constipação, dores abdominais, náuseas e vômitos, flatulência, perda de apetite, cansaço, fraqueza e mal-estar. Este medicamento pode ser encontrado em cápsulas com preço variando de 10 a 40 reais por caixa.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia para que serve o Omeprazol e suas indicações? Já foi receitado este medicamento para tratar alguma delas? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,25 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário