Remédio para enjoo na gravidez faz mal? E o remédio caseiro?

Especialista da área:
atualizado em 28/05/2021

O enjoo é algo extremamente comum na gravidez, mas muitas mulheres ficam receosas sobre o uso de remédio para o problema, pois acham que faz mal.

  Continua Depois da Publicidade  

E esse medo é justificado, uma vez que muitos medicamentos são contraindicados para grávidas, principalmente nos primeiros meses de gestação.

Por isso, vamos agora conhecer os melhores remédios para tratar o enjoo na gravidez, e descobrir algumas outras dicas para aliviar o problema.

Enjoo na gravidez

O enjoo na gravidez, muitas vezes chamado de enjoo matinal por ocorrer principalmente durante a manhã, é um sintoma muito comum e também muito desagradável.  

Mas as náuseas dos primeiros meses da gestação são uma fase normal da gravidez, e tendem a desaparecer quando se inicia o segundo trimestre. 

grávida com enjoo

Remédio para enjoo na gravidez faz mal?

O medo de usar medicamentos para enjoo na gravidez se deve principalmente aos efeitos do uso da talidomida, que causou uma série de problemas em bebês de mães que a utilizaram.

Mas existem medicamentos de farmácia e remédios caseiros que são seguros tanto para a mãe quanto para o bebê, desde que seu uso seja sempre acompanhado e orientado pelo seu médico.

  Continua Depois da Publicidade  

Medicamentos de farmácia

Apesar do medo, existem alguns medicamentos bastante seguros para serem usados durante a gravidez. São eles:

1. Dramin

O Dramin, cujo princípio ativo é o dimenidrinato, é um medicamento muito conhecido, usado para o tratamento de enjôo. É possível encontrar o Dramin em gotas e em comprimidos de 25 mg, 50 mg e 100 mg.

2. Dramin B6

Esse medicamento é uma associação entre dimenidrinato e a piridoxina, também conhecida como vitamina B6.

Ele é encontrado em comprimidos de 50 mg de dimenidrinato e 10 mg de piridoxina, além de estar disponível como solução oral.

3. Meclin

O Meclin, ou cloridrato de meclizina, é um medicamento usado para enjoo, inclusive durante a gravidez, além de também ter um efeito antivertiginoso. Ele está disponível em comprimidos de 25 mg e 50 mg.

Remédios caseiros 

Além dos medicamentos de farmácia, existem remédios caseiros que podem ajudar a aliviar o enjoo característico da gravidez. São eles:

  Continua Depois da Publicidade  

1. Gengibre

O remédio caseiro para enjoo na gravidez mais usado é o gengibre, e muitas mulheres relatam que o chá com gengibre pela manhã ajuda a aliviar os sintomas, além de existirem vários estudos que comprovam essa eficácia. 

Mas é importante moderar o consumo, para evitar efeitos colaterais, principalmente no sistema digestivo.

2. Limão

O consumo de frutas cítricas e ácidas parece ajudar a reduzir as náuseas, embora possam piorar um outro sintoma, também comum na gravidez: a azia.

Por isso, o consumo deve ser feito sem exageros.

3. Especiarias

Embora não seja comprovado cientificamente, alguns especialistas afirmam que especiarias como a erva-doce em pó, o extrato de cominho e a canela parecem ajudar a reduzir a gravidade dos enjoos durante a gravidez.

4. Ervas

Algumas pessoas relatam que tomar chá de ervas como hortelã-pimenta, erva-cidreira e camomila ajudam a aliviar os enjoos, ao menos momentaneamente.

  Continua Depois da Publicidade  

Medicina alternativa

Outras formas naturais de aliviar esses enjoos matinais incluem técnicas alternativas, como:

Outros medicamentos

Existem outros medicamentos que são comumente usados para enjoo, como a metoclopramida e a ondansetrona. 

Mas eles só podem ser usados por gestantes caso os sintomas sejam mais severos, como na hiperêmese gravídica, e o médico avalie que os riscos sejam menores que os benefícios.

Então, nunca use medicamentos durante a gravidez sem o conhecimento e a orientação de seu médico. 

mulher gravida enjoada

Outras dicas

Além dos remédios já citados, é importante prestar atenção em alguns hábitos e escolhas do dia a dia que podem influenciar a ocorrência desses enjoos.

1. Cuide da alimentação

Escolher bem os alimentos que serão ingeridos é essencial, tanto para melhorar os enjoos quanto para manter a saúde durante a gravidez. Por isso, se possível, procure o acompanhamento com um nutricionista.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Hidrate-se

Beber água também é essencial para evitar problemas como desidratação, que podem ocorrer caso os vômitos não sejam controlados adequadamente. 

3. Fuja de gatilhos de enjoo

Outra dica é tentar, caso seja possível, evitar aquilo que desencadeia o seu enjoo. Por exemplo, existem grávidas que ficam enjoadas apenas quando expostas a certos cheiros como o de alguma comida específica. Se esse for o caso, a melhor maneira de evitar a náusea é evitando esses estímulos.

4. Respire ar fresco

Sempre que puder, respire ar fresco e dê uma volta quando se sentir enjoada, pois o ar livre e o vento no rosto ajudam a aliviar o enjoo. Além disso, respirar lenta e profundamente também ajuda a aliviar as náuseas.

5. Faça exercícios físicos

A prática de exercícios físicos é importante durante a gravidez, embora seja fundamental seguir as orientações de um profissional habilitado.

Mas, ainda que não consiga realizar atividades mais intensas, uma caminhada diária pode ajudar a aliviar os enjoos e a manter a saúde geral.

6. Durma bem

Por fim, a fadiga e o estresse podem piorar os enjoos. Assim, é recomendado ter boas noites de sono para que o corpo possa relaxar e repor o estoque de energia.

Fontes e referências adicionais

Você chegou a tomar remédio para enjoo na gravidez? Qual deles? Os resultados foram bons ou acabou criando algum efeito indesejado? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário