Benefícios do chá de erva-doce e como preparar

Especialista:
atualizado em 22/01/2021

O chá de erva-doce muito usado na medicina tradicional para tratar os mais diversos problemas, e seus benefícios o tornam cada vez mais popular.

  Continua Depois da Publicidade  

A erva-doce é uma planta medicinal originária do Mediterrâneo, que é cultivada em regiões de clima mais ameno, e tem propriedades antiespasmódicas, relaxantes, vermífugas, anti-inflamatórias, diuréticas e antioxidantes.

Abaixo você aprenderá todos os benefícios do chá de erva-doce, e quais cuidados você terá que ter ao utilizá-lo.

Sementes secas de erva doce
Sementes secas de erva doce

Benefícios do chá de erva-doce

A Pimpinella anisum, ou erva-doce, contém diversos nutrientes importantes para o funcionamento do organismo, como fibras, ferro, cálcio, zinco, cobre, vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina C.

Por isso, o seu consumo traz uma série de benefícios para a saúde, como veremos adiante:

1. Saúde do sistema digestivo

A erva-doce é utilizada como uma planta medicinal para auxiliar o funcionamento do sistema digestivo desde os tempos antigos, pelos povos romanos e egípcios.

E, seguindo o uso tradicional, pesquisadores árabes avaliaram o efeito da erva-doce no desenvolvimento de úlceras gástricas. Os resultados foram publicados no periódico World journal of gastroenterology, e demonstraram uma ação protetora importante dessa erva.

Além disso, utiliza-se também a erva-doce como tratamento para o excesso de gases e a má digestão.

2. Alívio da cólica em bebês

O chá de erva-doce também é muito utilizado como um remédio natural para tratar cólicas em bebês.

Esse efeito, publicado no periódico Journal of Chemical and Pharmaceutical Research, pode representar um alívio para muitos pais, uma vez que as cólicas são bastante comuns nos primeiros meses de vida do bebê.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas é importante consultar um pediatra sempre que for iniciar o uso de alguma planta medicinal, principalmente para que ele avalie o problema e possa prescrever a quantidade indicada, de acordo com o peso do bebê.

3. Combate o mau hálito 

A halitose, ou mau hálito, geralmente é causada por problemas digestivos, o que coloca o chá de erva-doce como um provável auxiliar no combate a esse desagradável problema.

E você ainda pode usar o chá de erva-doce como enxaguante bucal, uma vez que ele tem uma aroma agradável e suave.

4. Alívio de sintomas menstruais e da menopausa

Utiliza-se tradicionalmente o chá de erva-doce como um medicamento natural e popular para tratar a dismenorreia, que são as cólicas que surgem durante o período menstrual das mulheres.

Esse efeito se deve às propriedades antiespasmódicas e anti-inflamatórias da erva-doce, que atuam juntas, acalmando os músculos uterinos.

Além disso, esta planta medicinal também contribui para o controle dos níveis de estrogênio, o que alivia sintomas da menopausa, como as ondas de calor.

5. Combate a retenção de líquido

Graças ao fato de ter propriedades diuréticas, a erva-doce ajuda a combater a retenção de líquido e, consequentemente, o inchaço.

Em outras palavras, o chá de erva-doce promove a eliminação do excesso de água presente no corpo, por meio da urina.

  Continua Depois da Publicidade  

6. Saúde dos olhos

A erva-doce também pode ajudar a tratar olhos doloridos ou inchados, além de infecções no local.

Nesses casos, basta molhar uma bolinha de algodão no chá de erva-doce morno e aplicar sobre os olhos fechados, deixando por cerca de cinco minutos.

7. Combate a ação dos radicais livres

Por fim, a erva-doce também apresenta uma ação antioxidante, graças a seus nutrientes, como as vitaminas A e C.

Isso significa que o consumo regular da erva-doce ajuda a regular o funcionamento do sistema imunológico, evitando problemas como:

  • Doenças inflamatórias e autoimunes, uma vez que a regulação da imunidade contribui para a prevenção de reações inflamatórias exageradas;
  • Certos tipos de câncer, pela ação dos antioxidantes contra os danos causados pelos radicais livres ao DNA das células;
  • Doenças cardiovasculares, pois os antioxidantes previnem a inflamação e o acúmulo de gorduras nas paredes das artérias.

Receita de chá de erva-doce

Chá de erva-doce
Chá de erva-doce

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa erva-doce seca;
  • 1 litro de água;
  • Açúcar ou mel a gosto (opcional).

Modo de preparo:

  1. Primeiro, ferva a água;
  2. Depois, adicione a erva-doce, desligue o fogo e deixe a mistura descansar por cinco minutos;
  3. Por fim, coe e, caso queira, adoce com açúcar ou mel.

Dicas e cuidados

  • Sempre consulte um médico antes de iniciar um tratamento com alguma planta medicinal, como a erva-doce;
  • Quando usada com moderação a erva-doce não costuma causar efeitos colaterais. Entretanto, o excesso do uso da planta pode levar ao aparecimento de alguns sintomas, como desconforto gástrico, coceira e manchas na pele;
  • Como ocorre com a maior parte das plantas medicinais, o uso em mulheres grávidas ou que estejam amamentando deve ser feito com cautela, sempre com a orientação de um profissional de saúde;
  • Além disso, pessoas com alergia a cenoura e aipo podem apresentar reações alérgicas à erva-doce.
Fontes e referências adicionais
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

39 comentários em “Benefícios do chá de erva-doce e como preparar”

  1. Obrigado pelas maravilhosas informações sobre as finalidades e uso do Cha de Erva Doce. Eu gosto do gosto da semente e do cha. A minha saudosa mãe sempre preparava esses tipos de iguarias para nos quando crianças e adolescentes. Ainda hoje eu aprecio esse tipo de coisas naturais.

  2. A erva doce pode ser misturada a camomila para fazer o chá. Há alguma contra-indicação?
    Também as de saquinhos vendidas em supermercados resolvem para se fazer o chá?

  3. Tomei o chá de erva doce ee deu muito sono…
    Fiquei calminho.
    Ótimo eu estava BV precisando relaxar um pouco.
    Gostei muito,