Respirar Pela Boca Faz Mal?

Especialista:
atualizado em 14/01/2020

É perfeitamente normal respirar pela boca em determinados momentos, como quando uma pessoa levanta um peso ou está se exercitando. Porém, o hábito diário e frequente de respirar pela boca faz mal, podendo trazer diversos problemas de saúde. Estes problemas podem ser especialmente graves para as crianças, porque pode afetar o desenvolvimento da face a longo prazo.

Certos indivíduos, sejam crianças ou adultos, têm uma tendência a respirar pela boca ao invés do nariz. Se você estiver se exercitando, dormindo ou realizando outras atividades do dia a dia, é sempre preferível fazer a respiração nasal ao invés da respiração bucal. Quando você respira através de sua boca, seu cérebro é levado a pensar que o dióxido de carbono está escapando do corpo muito rapidamente e isso estimula a produção de mucosa e o corpo tenta atrasar a respiração.

A maioria das pessoas inspira através do nariz. O nariz é projetado para agir como um umidificador natural e possui um sistema de filtragem limpando o ar que se respira de possíveis detritos e sujeiras. Quando uma pessoa não consegue obter ar suficiente através do nariz, a boca assume esse papel, auxiliando a obter mais oxigênio, mas em casos específicos.

A boca atua com esse papel apenas em momentos de emergência, seja em momentos que o nariz está por algum motivo impossibilitado de inspirar o ar, seja por coriza de um resfriado, ou quando se realiza alguma atividade extenuante que faz com que seja necessário obter ainda mais oxigênio através de outras formas. Porém, o ato frequente de respirar pela boca faz mal sim. Entenda os motivos abaixo.

Por que respirar pela boca faz mal?

A respiração bucal é um hábito que se adquire e que pode se desenvolver por vários motivos, como alergias, problemas de amígdalas ou adenoides, congestão nasal crônica, hábito de sucção ou infecção respiratória. Cada um desses cinco fatores tornam fisicamente impossível para uma pessoa realizar a respiração nasal.

Se a respiração nasal não é possível, o corpo reage instantaneamente a isso e começa a respirar pela boca. A respiração oral altera a forma como a língua funciona e desenvolve um “impulso língua”. Um impulso língua afeta a fala, deglutição, respiração e mastigação de formas problemáticas.

Respiração Nasal x Bucal

A respiração nasal é mais saudável do que a respiração bucal por várias razões. Os pulmões absorvem o oxigênio do ar através da inspiração e eliminam gás carbônico através da expiração. Inalar e exalar através do nariz, que é menor do que a boca, cria uma maior pressão de ar e, por consequência, uma inalação mais lenta. Isso dá os pulmões tempo extra para extrair uma maior quantidade de oxigênio.

Já a respiração oral é comum em indivíduos cujas passagens do nariz são bloqueadas ou restritas. Por exemplo, um septo desviado ou um nariz pequeno pode levar uma pessoa a respirar através da boca, na maioria dos casos, ao invés do nariz. A respiração pela boca é ineficiente e leva à hiperventilação. Este, por sua vez, provoca ou agrava os sintomas da asma, doenças do coração e de pressão alta.

Crescimento e Desenvolvimento Facial

Acredite ou não, a respiração bucal pode realmente mudar a forma do seu rosto e alterar sua aparência. Quando dissemos que respirar pela boca faz mal especialmente às crianças, nos referimos ao processo de crescimento facial e dental, que podem ser anormais se o problema não for tratado a tempo.

Os sintomas incluem faces longas e bocas estreitas, ossos da face menos definidos, pequenas mandíbulas inferiores e queixos “fracos”. Outros sintomas incluem dentes e sorriso torto. Os sintomas obtidos da respiração bucal geram uma expressão facial diferente da que as pessoas estão acostumadas, podendo fazer com que isso atrapalhe a autoestima da criança, levando a problemas de depressão e bullying na escola.

Exercício

Respirar pela boca faz mal também porque respiração nasal é muito mais eficiente em termos de fornecimento de oxigênio ao corpo. Ao realizar exercício aeróbico é preferível inspirar e expirar pelo nariz. Se você estiver se exercitando e estiver com dificuldades para respirar, é mais rápido expirar pela boca do que o nariz, mas isso vai reduzir a quantidade de oxigênio extraído de cada expiração. Além disso, as narinas desempenham um papel na filtragem e aquecem o ar que é inalado para dentro dos pulmões.

Este efeito de filtragem é útil para manter as bactérias e partículas fora do seu corpo. No exercício em tempo frio, respirar pelo nariz impede que o ar frio passe direto para seus pulmões e cause dor no peito e na garganta.

Ronco

Respirar pela boca durante o sono está associado com ronco alto. Isso acontece por causa da maneira que a respiração é regulada por nervos das passagens nasais. Uma área do nariz conhecida como mucosa nasal é um sensor do ar inalado, e quando ocorre a respiração nasal, ela envia estímulos aos nervos de controle de respiração.

Quando a respiração bucal ocorre, a mucosa nasal não envia esses estímulos aos nervos e isso pode resultar em um padrão de respiração irregular. Isso pode levar a problemas cardíacos ou ao desenvolvimento de apneia do sono, em que uma falta de regulação da respiração leva a curtos períodos de sufocação.

Outros efeitos sobre o corpo

Respirar pela boca perturba os mecanismos naturais do corpo. Ele pode afetar uma série de funções corporais e levar a sintomas como dores de cabeça, gengivite, dor de garganta e sintomas de resfriado, mau hálito e maior risco de cáries, fadiga crônica e sono, distúrbios digestivos, gases, problemas de estômago, refluxo, etc.

A base do problema em muitos casos é a privação de oxigênio. Quando se aspira o ar através da boca, o oxigênio é menos capaz de ser absorvido pela corrente sanguínea, diferente do que ocorre com o nariz, que está diretamente interligado aos vasos sanguíneos facilitando o transporte. Pessoas que dormem pouco ou dormem mal também levam a níveis mais baixos de oxigênio. Em crianças, isso pode afetar negativamente o crescimento e desempenho acadêmico, estando assim diretamente relacionado ao ADD e TDAH.

Em adultos, a concentração baixa de oxigênio na corrente sanguínea tem sido associada a pressão arterial elevada, problemas cardíacos, apneia do sono e outros problemas médicos. Respirar pela boca faz mal à sua postura também. A fim de abrir as vias aéreas, a cabeça assenta numa posição para a frente e os ombros caem, gerando problemas na coluna vertebral a longo prazo.

Respirar pela boca também pode afetar a posição dos dentes e interferir na qualidade da mordida. A postura de repouso dos lábios e da posição da língua também podem causar problemas com o tempo e o tratamento ortodôntico com aparelhos pode ser mais longo, além das chances dos problemas voltarem após os aparelhos serem removidos também serem maiores.

Melhorando a respiração nasal

Concentrar-se na respiração nasal durante todo o dia irá ajudar a aumentar a respiração nasal e reduzir a respiração bucal. Meditação e exercícios respiratórios também podem ajudar. Devido ao nariz ser menor do que a boca, a respiração nasal é consequentemente mais lenta do que a respiração pela boca e isso irá ajudar a reduzir o estresse e hipertensão.

Se a respiração bucal durante o sono é um problema para você, tente usar adesivos nasais, que se encaixam como um curativo sobre a ponta do nariz e ajudam a abrir as vias aéreas nasais para promover a respiração nasal correta. Outros remédios para pessoas que sofrem de ronco estão disponíveis em farmácia e auxiliam a aumentar a respiração nasal.

Como tratar?

Depois que você sabe que respirar pela boca faz mal e percebe que comete esse erro, pode parecer fácil mudar esse hábito, pois basta fechar a boca, certo? Infelizmente, não é assim tão fácil. Isso ocorre porque todos os músculos da face e da boca foram programados para ajudá-los a respirar de uma forma disfuncional e seu corpo não sabe como respirar normalmente.

A fim de parar a respiração pela boca, os músculos devem ser “re-treinados” para funcionar de uma nova maneira, completamente diferente do que vinha ocorrendo até então e isso pode ser um verdadeiro desafio.

Um terapeuta miofuncional pode ser uma figura fundamental para ajudar uma pessoa, seja criança ou adulta, a aprender a respirar de forma saudável, através do nariz. Terapeutas miofuncionais são hábeis em ajudar as crianças e adultos a ganhar controle sobre os hábitos de padronização muscular, incluindo os envolvidos na respiração bucal.

Uma consulta com um terapeuta miofuncional pode ser muito importante, bem como outros médicos. Se os músculos não forem treinados e adaptados, os problemas com a saúde em geral, o tratamento ortodôntico, saúde bucal, deglutição e respiração podem persistir por toda a vida. Quando este problema for observado na fase inicial da criança, as chances de ter uma melhora em pouco tempo crescem, por isso, sempre procure um médico para esclarecimentos no caso de qualquer problema.

Você tem o hábito de respirar pela boca? Acredita que consegue evitar este problema e mudar o hábito? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (14 votos, média: 3,79 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário

13 comentários em “Respirar Pela Boca Faz Mal?”

  1. Tive bactéria h.pylori a 5 meses…tratei…depois comecei a sentir cansaço/ofegante…foi diagnosticado ansiedade generalizada. Tomo medicação e caminhada. Porém, continuo com essa ofegancia constante, a noite durmo melhor. Dizem que vou melhorar, que foi da debilidade tbm.

  2. QUeria ver correr uma maratona respirando pelo nariz!! Ou quem sabe correr um 5km a 90% do vo2max! E nadadores respirando pelo nariz, seria bem interessante!

  3. Desde os 23 anos, sofro com crises de APNÉIA do SONO. Centenas de vezes acordo violentamente durante o sono acometido de APNÉIA do SONO, quase morrendo sem respirar e assustando familiares e amigos. Quando comecei a ter essas crises, ninguém sabia sequer o nome disso. Fiz Cirurgia há 14 anos mas não eliminou o problema. Tenho que perder peso e fazer atividades físicas. De uns 05 ou 06 anos para cá, percebí que não consigo dormir 01 hora seguida, pois acordo com a boca completamente seca, como se houvesse deglutido talco ou algo parecido. Isso me leva a APNÉIA do SONO e me impede de ter um SONO REPARADOR. Por isso, há cerca de 05 anos uma médica ALERGISTA ensinou-me a dormir com duas FITAS DE ADESIVO MICROPORE colocadas em ‘X’ sobre os lábios e assim, forçosamente de boca fechada é que consigo dormir melhor, sem BOCA SECA ou mesmo a APNÉIA . Mas , pergunto : até quando ?? Terei que usar esse recurso a vida toda ??

    • Comecei a tampar a boca com esparadrapo durante a noite….parei de roncar e tenho dormido muito bem….recomendo

  4. estou assim desde de crianças com problemas respiratórios, causando dores, respiro pela boca . + ainda esta sendo um grande desafio respirar pelo nariz

  5. Eu respiro pela boca desde criança e tenho varios desses sintomas. Sempre tive olheiras, tive q usar aparelho nos dentes, durmo mal e sofro com dores de cabeça constante. Fora problemas respiratorios.

  6. Eu tbm respiro demais pela boca e sinto dores no peito, dor de cabeça eeus dentes são tortos, mesmo que usei aparelho, durmo mal e tenho olheiras, me identifiquei muito com o artigo, e o achei completo, muito obrigada?

  7. Ótimo artigo. Eu respiro pela boca, pois sempre tive nariz entupido. No ultimo ano que melhorei com a ajuda de um remédio que uso todos os dias, assim meu nariz fica livre, mais mudar o costume de respirar pela boca, está difícil, estou lutando até hoje.