Sulfato de magnésio – Para que serve e como usar

Especialista:
atualizado em 05/02/2021

O sulfato de magnésio traz muitos benefícios – principalmente digestivos – para a saúde. Confira para que serve e como usar esse sal.

  Continua Depois da Publicidade  

Conhecido também como sal amargo ou sal de Epsom, o sulfato de magnésio é geralmente usado para aliviar a constipação.

No entanto, existem muitas outras aplicações para esse sal.

É possível encontrar o sulfato de magnésio como um pó em qualquer farmácia. Entenda então como e quando usar esse suplemento mineral.

Para que serve o sulfato de magnésio

sal amargo

O sal amargo é considerado um remédio e às vezes um suplemento. Seus principais usos são para:

  • Promover efeito laxante;
  • Atuar como um antiácido;
  • Aliviar a má digestão;
  • Tratar casos de convulsão;
  • Corrigir a deficiência de magnésio;
  • Tratar a dor muscular;
  • Remover toxinas;
  • Limpar e esfoliar a pele.

Além disso, o sal amargo parece ter efeito anti-inflamatório, proteger o coração e atuar contra a ansiedade e a depressão – já que o magnésio participa da produção de serotonina (hormônio indispensável para o bem estar).

Por fim, algumas pessoas acreditam que o banho de imersão com sulfato de magnésio ajuda a reduzir o estresse.

Benefícios do sal amargo

Entenda mais sobre os benefícios do sulfato de magnésio para a saúde.

1. Pode tratar a constipação

O sal de Epsom gera um efeito laxante que ajuda a lidar com a prisão de ventre. No entanto, é importante ter cautela com a dose para a sua prisão de ventre não se transformar em uma diarreia. 

2. Melhora o desempenho físico e a recuperação muscular

O magnésio ajuda a remover o ácido lático em excesso nos músculos durante o exercício. De fato, é o acúmulo de ácido lático que causa a fadiga muscular.

  Continua Depois da Publicidade  

Sendo assim, quanto menos ácido lático houver no seu organismo, mais produtivo será seu treino e você sentirá menos dor após o término do exercício.

De acordo com um estudo publicado em 2014 na revista PLoS One, o uso de sulfato de magnésio antes da atividade física foi capaz de remover o ácido lático mais rapidamente em relação àqueles que não usaram o sal.

No entanto, o estudo foi feito com animais e é importante ter cautela.

Por outro lado, um estudo de 2015 da Journal of the International Society of Sports Nutrition mostrou que um suplemento de magnésio melhorou o desempenho físico no supino em 13 atletas.

3. Ajuda a controlar a dor

A falta de magnésio no corpo pode resultar em cãibras, inflamações e outros problemas de saúde.

No entanto, observa-se que tomar um banho relaxante com sal amargo parece aliviar a dor muscular e a diminuir a inflamação.

Não existem estudos sobre esse efeito, mas vale a pena tentar já que o sal amargo na pele não faz mal.

4. Diminui o estresse

O magnésio está envolvido com o metabolismo de vários neurotransmissores responsáveis pelo nosso bem estar. Aliás, uma publicação de 2017 da revista Nutrients afirma que baixos níveis de magnésio pode interferir no sono e elevar o estresse.

  Continua Depois da Publicidade  

Embora não existam estudos específicos sobre o sulfato de magnésio na redução do estresse, algumas pessoas afirmam que tomar um banho com o sal pode aumentar a absorção de magnésio através da pele e ajudar a aliviar o estresse.

Como usar o sal amargo

sal de epsom

A dosagem depende do uso do sal de Epsom. Mas em geral, o pó é dissolvido na água para tomar por via oral ou para passar na pele usando compressas ou banho de imersão..

No caso da prisão de ventre em adultos, a indicação é diluir 2 colheres de chá de sulfato de magnésio em um copo de água.

Além disso, o sulfato de magnésio também pode ser usado em quadros mais graves por via intravenosa ou intramuscular.

No caso de convulsões ou de hipomagnesemia (condição em que é preciso repor os eletrólitos), a dose é ajustada individualmente e aplicada por via intravenosa ou intramuscular.

Riscos e cuidados

Existem outros suplementos de magnésio – como o dimalato de magnésio, por exemplo – que é uma opção melhor para repor a deficiência de magnésio.

Não espere que tomar banho com sal de Epsom vai resolver uma deficiência nutricional. Nesses casos, é importante buscar outros suplementos ou usar o sulfato de magnésio por via intramuscular.

Por isso, sempre converse com seu médico sobre qual é o tratamento mais eficaz e seguro de acordo com o seu caso.

O sulfato de magnésio não é uma boa escolha para pessoas com:

  • Disfuncao renal;
  • Vermes intestinais;
  • Gravidez em andamento;
  • Inflamações no intestino – como doença de Crohn, colite e obstrução intestinal crônica;
  • Problemas cardíaco;
  • Insuficiência respiratória grave.
  • Além disso, é importante estar atento à diarreia – que é um efeito colateral comum do sulfato de magnésio. 

Embora seja raro, se você apresentar sinais como rubor, suor excessivo, redução dos reflexos e pressão baixa, pode ser que você esteja enfrentando um caso de intoxicação por magnésio. Nesse caso, procure atendimento médico imediato.

Fontes e Referências Adicionais

Você já usou o sulfato de magnésio? Conhecia o sal por outro nome como sal amargo por exemplo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Alexandre Seraphim

Dr. Alexandre Seraphim é Nutrologista - CRM 52.978779. Formou-se médico pela Universidade do Grande Rio e é pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. Possui diversos cursos na área de emagrecimento, hipertrofia e medicina ortomolecular que o qualificam ainda mais como um grande especialista da área. Atualmente, exerce sua especialidade em uma clínica localizada na Barra da Tijuca e também em Bangu, ambas no Rio de Janeiro. Para mais informações, entre em contato com ele em sua conta oficial no Instagram (@dr.alexandre.seraphim).

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário