Especialista da Área:

Vale a Pena Usar um Cinto Lombar Para Musculação?

A prática de exercícios físicos sem acompanhamento e atenção para a postura pode resultar desde consequências leves a graves à sua saúde. É fundamental que, independente dos esportes, haja uma preocupação com preservação de nosso corpo. O cinto lombar para musculação destaca-se exatamente nesse aspecto. Muitas pessoas notam a utilização desse acessório em academias e treinos específicos, mas poucos sabem como ele pode prevenir impactos sobre a região lombar da coluna, a qual é muito sobrecarregada durante os treinos de alta intensidade e maior alvo para desconfortos, dores e lesões.

Por isso, devemos tentar compreender a funcionalidade e avaliar se é válido usar ou se ele age apenas como figurante. Vamos conhecer melhor o cinto lombar para musculação, assim você reconhecerá se vale a pena usar um em seus treinos, ou se são apenas especulações.

O que é o cinto lombar para musculação?

Há quem pense que o cinto lombar para musculação serve para potencializar o desempenho, mas a principal finalidade é proteger a região que mais sofre impactos em treinos de alta intensidade. É inevitável se questionar se está se levantando corretamente ao realizar agachamentos, por isso, a região da sua coluna deve estar forte o suficiente para sustentar corretamente a carga e seu próprio peso.

Você pode encontrar o cinto nas versões em materiais sintéticos ou até mesmo de couro, sendo que esse segundo pode oferecer uma melhor segurança para levantamento de cargas pesadas, mas pode gerar desconfortos durante os exercícios. O cinto para agachamento, como também é conhecido, entra em jogo quando você precisa de apoio extra para aumentar as cargas, assim reduzindo significativamente a probabilidade de ocorrência de lesões.

A maioria das pessoas acha que um cinto de elevação apoia a sua volta. A verdade é que um bom cinto lombar para musculação é projetado para aumentar a pressão intra-abdominal, que estabiliza todo o seu meio. É por isso que o design do seu cinto é muito importante.

Há um tipo específico de cinto para agacamento estreito na frente e largo na parte de trás, dessa forma não cobrindo a área de superfície abdominal suficientemente para fornecer o suporte necessário. Para realizar movimentos com peso, como o agachamento e levantamento terra, você precisa de um cinto que tenha superfície ampla a toda volta e irá apoiar os seus músculos abdominais e oblíquos. Esse apoio contra os músculos abdominais já foram apontados como pontos negativos, pois pode reduzir a capacitação dos músculos da região.

Benefícios

  • Pode ajudar a evitar acidentes com a região lombar durante levantamento de cargas pesadas;
  • Pode aumentar o desempenho.

Contras

  • Pode inibir a aprendizagem motora nos músculos abdominais;
  • A região lombar pode não ficar tão forte.

Onde comprar

Você pode comprar seu cinto lombar para musculação em lojas de acessórios esportivos. Há sites que disponibilizam a venda online, mas o ideal é que você analise pessoalmente, para que assim reconheça se as medidas são compatíveis com sua estrutura corporal.

Tipos de cinto

Existem três modelos básicos de cinto lombar para musculação. Os cintos de velcro são os mais comuns nas academias. Eles podem ser facilmente retirados, e não contam com fivelas, que podem incomodar ou prejudicar os exercícios.

Cintos lombares vêm em duas espessuras de base, 10 milímetros e 13 milímetros. Os modelos de 13 milímetros são mais difíceis, mas os de 10 milímetros precisam de ajustes para serem mais confortáveis. É interessante optar pelos modelos de 1 pino, em vez de pino duplo, porque é mais fácil de apertar.

Cinto lombar para Powerlifting

belt_2_1024x1024

Cinto de velcro

cinto2

Cinto lombar tradicional

cinto3

Enquanto você pode facilmente usar este cinto para cada elevador, há também cintos especiais para fins específicos. Para levantamento terra, você pode obter um cinto mais fino sem fivela. O design mais fino torna mais fácil chegar até a barra. Alguns levantadores vão usar um cinto lombar padrão com a fivela para trás, para não haver incômodos.

Cinto para Powerlifting (cinto para agachamento)

É o modelo mais indicado para você realizar os seus agachamentos. Permite que você agache com mais pesos. O benefício potencial para a segurança é a região de proteção. Cintos projetados especificamente para agachamentos de cargas altíssimas podem ser duros e pesados, porém, com a mesma largura de circunferência.

O fato é que pode-se atingir uma superfície maior de sua região lombar e abdominal. O seu fecho garante uma pressão interna fundamental, pois devemos destacar que mais pressão é igual a mais estabilidade, e isso pode resultar em mais peso, ou seja, se esse é o seu objetivo, você pode reconhecer que vale a pena usar um cinto lombar para musculação.

Cinto lombar e os exercícios motores 

A primeira preocupação é se o cinto lombar irá inibir a aprendizagem motora ou não. Muitos dos melhores exercícios na academia exigem um padrão correto de posicionamento para os músculos abdominais. Aquela questão de “contrair” os músculos pode se tornar difícil. É importante ressaltar que essa questão pode ser solucionada se você tiver um bom instrutor.

Para exercícios no banco, você pode utilizar um cinto mais estreito, dessa forma não haverá incômodos durante a realização dos movimentos. A conclusão sobre valer a pena usar cinto lombar ou não é uma questão muito pessoal, a qual deve ser tida a partir das características pessoais de cada um.

Cintos de velcro

Eles são geralmente feitos de algum material sintético, e por ser mantido em seu corpo apenas com velcro, há um limite para a força a ser exercida contra ele, pois caso haja uma força excessiva, pode ocorrer o desprendimento do velcro. A quantidade de pressão intra-abdominal gerada é muito menor. Você pode obter alguma proteção adicional contra lesões, mas com o uso deste, você não vai ter um aumento significativo de desempenho.

Como usá-lo

O cinto deve ser posto em torno de suas costas, com a fivela cobrindo seu abdômen inferior. Ele deve ser usado em altura baixa, mas não cobrir a região do seu quadril, pois pode prejudicar em agachamentos e levantamentos terra.

Técnica Belt

É fundamental que você tire bom proveito do uso de seu cinto lombar para musculação, mas o que você não sabe é que até a respiração pode contribuir para a prevenção de lesões; por isso, a técnica belt pode auxiliar de uma forma positiva. Você pode tomar um grande gole de ar, e prendê-lo. Essa ação também pode forçar a região lombar contra o cinto lombar, por isso é importante não apertar o cinto demais.

Quando usá-lo

Você não precisa utilizar o cinto lombar para musculação em todos os exercícios, por isso, utilize-os em exercícios de levantamento de cargas pesadas, ou seja, você deve utilizá-lo quando acreditar que ele pode contribuir para uma melhor execução de movimentos e proteção. Há pesquisas que afirmam que o uso do cinto lombar pode enfraquecer a região lombar, já que ela não se tornará resistente aos possíveis impactos.

Estudos mostraram que independente dos objetivos, ao escolher o modelo mais adequado, você poderá reconhecer que vale a pena usar um cinto lombar para muscualção, pois ele poderá otimizar a execução dos movimentos e ainda contribuir para o aumento da intensidade de seus treinos.

Quanto custa 

Os valores podem variar de acordo com os modelos e materiais utilizados na confecção de determinado cinto lombar para musculação. Os preços podem variar de R$39,90 até R$172,90.

Você já experimentou usar um cinto lombar para musculação? Ele realmente ajuda a evitar dores na lombar ao fazer agachamento e outros exercícios? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (23 votos, média: 4,48 de 5)
Loading...

1 comentário em “Vale a Pena Usar um Cinto Lombar Para Musculação?”

Deixe um comentário