5 Benefícios do Pilates para Coluna

O pilates é um método de exercício desenvolvido por Joseph Pilates que enfatiza o desenvolvimento equilibrado do corpo por meio do fortalecimento do core e da flexibilidade.

Considerada uma atividade de nível médio de intensidade, o pilates se foca em aspectos como concentração e respiração e atinge principalmente a região do core, ainda que possa fortalecer os braços e as pernas.

O método também é conhecido por ser de baixo impacto, promovendo o engajamento dos músculos em uma maneira suave e, ao mesmo tempo, forte, por utilizar o peso corporal e melhorar a mobilidade das articulações.

Mas quais os benefícios do pilates para coluna?

Se você sofre com qualquer tipo de problema de coluna, deve conversar com o médico antes de começar a fazer o pilates. Lembre-se que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir a orientação médica.

Com o alerta feito, vamos conhecer na lista a seguir alguns dos benefícios do pilates para coluna.

1. Os músculos do core e a coluna

O pilates trabalha a região do core, que fica na região do abdômen e compreende os músculos abdominais reto e transverso, os músculos da parte inferior e da parte exterior do meio das costas, os músculos oblíquos e até os músculos da parte superior das pernas.

Pois bem, conforme uma rede de consultórios de quiropraxia dos Estados Unidos, para ter um core forte, que suporta uma coluna saudável, não é necessário possuir um abdômen tanquinho.

Trabalhar os músculos do core para tonificá-los, de maneira que eles se tornem mais fortes, já auxilia a compensar a carga da coluna.

2. Alinhamento da coluna

Outro benefício do pilates para coluna refere-se ao seu alinhamento porque o método também dá importância ao chamado alinhamento neutro da coluna.

Segundo a rede de consultórios de quiropraxia dos Estados Unidos, isso significa que o pilates foca na manutenção do alinhamento anatomicamente correto da coluna por parte do praticante da modalidade.

Além disso, o pilates trabalha no fortalecimento dos músculos para apoiar esse alinhamento e tem o mesmo objetivo do quiropraxista, que é manter a coluna saudável e funcionando no seu melhor.

3. Diminuição das chances de lesões

Acabamos de ver que o pilates pode auxiliar em relação ao fortalecimento do core e ao alinhamento da coluna, não é mesmo?

Pois bem, conforme a The Joint Chiropratic, quando o core está forte e o alinhamento da coluna está correto, as chances de desenvolvimento de uma lesão por disfunção ou restrição da articulação são mais baixas.

No mesmo sentido, o pilates é uma técnica reconhecida para a prevenção de problemas na coluna no Brasil.

4. Prevenção de dores na coluna

Os exercícios do pilates aumentam a flexibilidade e melhoram a postura, prevenindo algumas dores comuns na região da coluna.

5. Postura

o The Joint Chiropratic também afirmou que o pilates pode auxiliar em relação aos problemas de postura dos praticantes da modalidade.

De acordo com eles, é por fazer o praticante “mais consciente da postura e do corpo, que o pilates ajuda a resolver esses problemas através do fortalecimento”.

Por outro lado

Para as pessoas que tiverem recentemente uma lesão nas costas, devem adiar a prática do pilates para coluna até que o médico autorize o retorno à atividade.

Quem sofre com dor na lombar (lombalgia) deve consultar o médico para saber se é uma boa ideia fazer pilates e, depois que receber o aval médico, contar com o acompanhamento de um instrutor de pilates com no mínimo diversos anos de experiência trabalhando com pessoas com lombalgia.

Cuidados e contraindicações do pilates

Antes de começar a praticar qualquer tipo de atividade física, o que inclui o pilates, é fundamental marcar uma consulta médica para checar como a saúde anda e certificar-se de que está realmente apto a praticar o exercício e saber em que nível pode realizar o treinamento.

Quem quem passou recentemente por uma lesão nos joelhos deve deixar de fazer pilates até que o médico autorize voltar a praticar a atividade.

As mulheres que estiverem grávidas devem consultar o médico a respeito da prática do pilates, fazendo as mudanças e adaptações necessárias para a prática da atividade durante a gestação, caso o médico dê a liberação.

Também é necessário contar com o acompanhamento de um profissional de saúde qualificado para atuar como instrutor de pilates. Com isso, tem-se ao lado um profissional capacitado para ensinar como cada um dos exercícios do treino deve ser executado, o que é importante para evitar lesões.

Antes de dar início às aulas, o instrutor da modalidade deve fazer uma avaliação para identificar os principais problemas e as limitações do aluno.

E caso você venha a se machucar, a presença do profissional já é de grande ajuda, tendo em vista que ele pode prestar os primeiros socorros e encaminhar para um médico ou hospital, se houver a necessidade.

Referências Adicionais:

Você já conhecia os benefícios do pilates para coluna? Pretende implementar na sua rotina? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe um comentário