Alimentos densos em nutrientes

Os 6 Alimentos Mais Densos em Nutrientes que Devem Estar na sua Dieta

Evitar doenças como câncer e doenças cardíacas e promover a saúde e longevidade pode ser tão simples quanto ir ao mercado ou à feirinha. Embora os macronutrientes – proteínas, carboidratos e gorduras – sejam essenciais, sua dieta pode estar sobrecarregada com eles e perdendo micronutrientes que combatem doenças, como vitaminas, minerais e antioxidantes.

Sua expectativa de vida saudável é proporcional à densidade de micronutrientes por caloria de sua dieta. Devemos obter o máximo possível de micronutrientes em cada porção calórica. As porções de betacaroteno, vitamina A e licopeno devem acompanhar cada grama de carboidrato ingerida. As batatas doces são boas nisso; pães e rosquinhas, não.

Para ajudar você a começar, apresentamos seis dos alimentos mais ricos em nutrientes que promovem a saúde e a longevidade. Aqui estão eles:

Feijões

Feijões

Leguminosas são carboidratos densos em nutrientes que vêm com muita fibra, e como seu corpo os digere lentamente, eles têm um efeito estabilizador no açúcar no sangue. Vários estudos sugerem que o feijão pode diminuir o risco de câncer de cólon, assim como outros tipos de câncer.

Cebolas

Estes legumes tão úteis na cozinha são muito mais poderosos do que você imagina. De fato, as cebolas são superalimentos. Eles têm concentrações super altas de antioxidantes de flavonoides – como a quercetina, combatentes da inflamação que também diminuem o risco de câncer de cólon e outros.

As cebolas são tambémuma fonte de organossulfurados, compostos que combatem os carcinogênicos e suprimem o crescimento de células cancerígenas.

Cogumelos

Cogumelo shimeji

Não importa o tipo de cogumelo que você prefere – portobello, shiitake ou shimeji – os cogumelos têm nutrientes que combatem a inflamação, evitam danos ao DNA e muito mais. Eles também contêm inibidores de aromatase. Estes bloqueiam a produção de estrogênio no corpo, levando a reduções significativas no risco de câncer de mama.

Bagas

Bagas

Você provavelmente já ouviu falar em bagas, que são frutas como morangos, framboesa, mirtilos, etc. Elas são brilhantes e coloridas devido aos seus poderosos antioxidantes, como os flavonoides, e estudos já as associaram a uma longa lista de benefícios para a saúde, incluindo o aumento do poder do cérebro, prevenção do câncer e redução da pressão arterial.

Sementes

As sementes tendem a ser ricas em proteínas e minerais. Todas as sementes de linhaça, chia e cânhamo contêm altas doses de ômega-3, as sementes de gergelim são ricas em cálcio e as sementes de abóbora vêm com cálcio, ferro e zinco. Sementes de linhaça e gergelim também contêm lignanas, associadas ao menor risco de alguns tipos de câncer.

Verduras

Verduras

Não importa quantas vezes você está comendo verduras no seu dia a dia, você provavelmente ainda pode comer mais. Além de proteínas, as verduras contêm cálcio, folato e uma grande quantidade de antioxidantes.

Vegetais verdes crucíferos como brócolis e couve também liberam isotiocianatos (quando suas células são quebradas mastigando, cortando ou misturando), compostos ligados ao menor risco de câncer.

Você já tem o costume de consumir a maioria desses alimentos densos em nutrientes na sua dieta? Qual deles pretende ingerir mais a partir de agora? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*