A Dieta Detone – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 24/06/2020

A dieta Detone foi idealizada pelo Dr. Ian Smith, que escreveu o livro “SHRED: The revolutionary Diet” (vendido como “Detone!”, no Brasil; Ed. Objetiva) e “SUPER SHRED: The big results diet”.

Dr. Smith foi formado em Harvard e na Escola de Medicina Pritzker da Universidade de Chicago, sendo nomeado pelo presidente Obama para o conselho presidencial para a boa forma, os esportes e a nutrição, em 2010. Ele contribui, ainda, no programa de TV “Rachel Ray” e no “HealthWatch”, no American Urban Radio Networks.

Dr. Smith escreveu para várias publicações, incluindo o Time, Men’s Health e o New York Daily News. Ele é autor de 11 livros, sendo 5 deles best sellers (incluindo o livro da dieta Detone).

Como funciona

A dieta Detone se diz ideal para pessoas que não conseguem emagrecer mais e estão presas ao efeito platô, que ocorre quando a perda de peso fica estagnada. No livro “Detone!”, o Dr. Smith associa tudo o que conhece sobre estratégia de dieta em um único plano, criando uma combinação que ele acredita ser eficaz.

Dr. Smith decidiu começar a trabalhar nesse tipo de dieta quando viu uma amiga alcançar o sucesso de perder 35% de sua gordura corporal, mas não encontrar meios para perder os quilos que ainda restaram.

Essa dieta possui um cardápio que evita os alimentos glicêmicos; combina, ainda, o espaçamento e reposições de refeições. Aqueles que seguirem a dieta Detone estarão comendo constantemente 4 refeições ou reposições (como sopas, smoothies e shakes), além de 3 lanches por dia, por um período de seis semanas.

A dieta Detone promete ajudar as pessoas a perderem os quilos estagnados, podendo diminuir até 10cm de circunferência abdominal.

Como qualquer outra dieta, a dieta Detone deve ser feita aliada a exercícios físicos – o recomendável é 30 minutos de exercícios aeróbicos por dia, no mínimo cinco vezes por semana. Além disso, deve haver um intervalo de no máximo 4 horas entre as principais refeições, evitando os picos de gordura que podem ser acumuladas no organismo.

O livro argumenta que a dieta Detone coloca o corpo em um estado de balanço energético negativo, fazendo com que o corpo queime os estoques de energia (como a gordura), utilizando-os como combustível.

Os exercícios físicos são essenciais para que isso ocorra. Os menus diários são construídos para que a maioria dos alimentos tenham origem vegetal. Esta é uma dieta onívora com uma densidade muito grande de nutrientes.

Confunda o organismo

Outro conceito que a dieta introduz é o da “confusão dietética”. Essa prática confunde o corpo e isso faz com que sua performance seja acelerada. Para entender melhor esse processo, basta associá-lo aos treinos de academia: da mesma maneira que você precisa variar seus treinos e exercícios físicos, para não acostumar o corpo, a dieta Detone faz o mesmo com os alimentos ingeridos: é necessário variar as refeições, ou seja, mudar os alimentos que são ingeridos.

Essa prática faz com que o corpo não se acostume com o processo de digestão daqueles alimentos, impulsionando seu metabolismo e tornando-o mais eficiente no processamento dos alimentos. Isso também evita o tédio alimentar, quando cansamos de comer os mesmos alimentos e muitas vezes acabamos ingerindo outros (gordurosos e menos nutritivos) fora da dieta.

Sendo assim, a dieta detone conta, de forma dosada, com pizzas, hambúrgueres, refrigerantes diet e outros alimentos que facilitam o andamento da dieta e que evitam o tédio alimentar.

Ciclos

A dieta Detone possui seis ciclos que fazem com que o corpo passe por diferentes rotinas de semana para semana.

O primeiro é a “preparação”, o ciclo iniciante que prepara o corpo para o restante da dieta, focando no espaçamento entre refeições, lanches específicos e técnicas de acabar com a fome sem consumir muitas calorias.

O segundo é o “desafio”. Essa parte da dieta consiste em impulsionar a confiança e mostrar as pessoas que apesar de erros do passado ou outras dietas que não funcionaram, é possível suceder. Neste ciclo, ainda, novos hábitos serão adquiridos e reutilizados mesmo quando os ciclos da dieta Detone acabarem.

O terceiro é a “transformação”. Essa é a semana mais pesada, mas também é quando as pessoas começam a notar os resultados.

Depois da semana mais difícil da dieta, vem o quarto ciclo, denominado “ascensão”, que consiste em uma combinação de conhecimento e habilidades que foram aprendidas nas primeiras três semanas da dieta. Neste ciclo, o esforço não parece tão exaustivo quanto no ciclo anterior; há uma sensação de vigor e energia que serão fundamentais para a conclusão da dieta.

O quinto ciclo é conhecido como “limpeza”, onde o foco é aumentar a habilidade do fígado de desintoxicar o sangue. Não só vai melhorar a saúde física, como também continuará com a perda de peso.

Por fim, o último ciclo é a “explosão”, onde a quantidade e variedade de alimentos e bebidas motivam a seguir de um dia para o outro durante a semana. Se o objetivo esperado não for alcançado, o Dr. Smith aconselha que a pessoa comece outro ciclo após a conclusão da dieta.

Cardápio

1. Preparação

– Café da manhã:

  • Opção 1: 1 taça de salada de fruta + ½ xícara (chá) de mingau feito com leite desnatado e 1 colher (sopa) de aveia;
  • Opção 2: 1 omelete feito com 2 claras de ovo, folhas verdes e ervas de sua preferência;
  • Opção 3: 1 tigela pequena de leite desnatado com 1 colher (sopa) de flocos de cereal sem açúcar + 1 iogurte (200 g) semidesnatado + 1 copo (200 ml) de suco fresco de laranja

– Lanche da manhã: ½ banana congelada mergulhada em 2 quadradinhos (15 g) de chocolate amargo derretido

– Almoço:

  • Opção 1: 1 copo (250 ml) de vitamina de frutas + 1 taça de salada de frutas + 1 filé de frango grelhado;
  • Opção 2: 1 copo (250 ml) de shake de proteína (porção de até 250 kcal) + 1 tigela de sopa de lentilha com purê batata.

– Lanche da tarde: ½ xícara (chá) de iogurte grego desnatado com 1 pitada de canela e 1 colher (chá) de mel.

– Jantar:

  • 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura +1 pedaço (150 g) de frango grelhado ou 1 pedaço (150 g) de peru assado ou 1 posta (150 g) de peixe assado.
  • Bebidas 30 minutos após a refeição: 1 copo (250 ml) de limonada fresca ou 1 copo (250 ml) de água aromatizada ou 1 copo (250 ml) de água de coco ou 1 copo (250 ml) de chá gelado sem açúcar ou 1 copo (250 ml) de leite semidesnatado.

– Lanche da noite: 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura +  1 xícara (chá) de feijão cozido.

– Ceia: 2 fatias grelhadas de abacaxi.

2. Desafio

– Café da manhã: 2 fatias de pão 100% integral + 1 taça de frutas picadas + 2 colheres de queijo cottage + 1 copo de suco de frutas.

– Lanche da manhã: 1 xícara (chá) de morangos com 2 colheres (sopa) de iogurte grego desnatado.

– Almoço:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas + 1 prato raso de salada de folhas verdes, pepino e tomate + 2 colheres de batata doce cozida;
  • Opção 2 : 1 copo (200 ml) de shake de proteínas (porção de até 250 kcal) + 1 tigela de canja de galinha ou 1 taça de frutas picadas.

– Lanche da tarde: 3 biscoitos de centeio com 2 colheres (sopa) de queijo cremoso light.

– Jantar:

  • 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura + 1 pedaço (150 g) de frango grelhado ou 1 pedaço (150 g) de peru assado ou 1 posta (150 g) de peixe assado ou 1 fatia de queijo branco;
  • Bebida: 1 copo de suco de melancia com gengibre ou 1 copo de suco de abacaxi com hortelã.

– Lanche da noite:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas;
  • Opção 2: 1 copo (200 ml) de shake de proteína (de até 250 kcal);
  • Opção 3: 1 tigela de sopa de legumes sem batata;
  • Opção 4: 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura.

– Ceia: 2 biscoitos cream cracker integrais com 1 colheres (sopa) rasa de creme de avelã.

3. Transformação

– Café da manhã: 1 copo (220 ml) de água com 1 limão espremido e 1 colher (sopa) de açúcar + 1 maçã + 1 torrada integral + 2 colheres de requeijão light.

– Lanche da manhã: 3 minicenouras.

– Almoço:

  • Opção1: 1 copo (200 ml) de milk-shake feito com leite desnatado e 2 bolas de sorvete light + 2 colheres de whey protein + 1 filé de peixe grelhado;
  • Opção 2: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas + 1 colher de whey protein + 1 filé de frango assado;
  • Opção 3: 1 copo (200 ml) de shake de proteína (porção de até 200 kcal) + 1 pêra + 1 prato de salada à vontade.

– Lanche da tarde: ¾ de xícara (chá) de abacaxi cortado em cubos + 1 pote (150 g) de iogurte natural desnatado.

– Jantar:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de milk-shake feito com leite desnatado e 2 bolas de sorvete light;
  • Opção 2: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas;
  • Opção 3: 1 copo (200 ml) de shake de proteína (porção de até 200 kcal);
  • Opção 4: 1 tigela de sopa de feijão-preto.

– Lanche da noite:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de milk-shake feito com leite desnatado e 2 bolas de sorvete light;
  • Opção2: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas;
  • Opção 3: 1 copo (200 ml) de shake de proteína (porção de até 200 kcal);
  • Opção 4: 1 banana + 1 colher de canela em pó.

– Ceia: Salada feita com ¼ de xícara (chá) de grão-de-bico, 1 colher (sopa) de cebolinha picada, ¼ de xícara (chá) de tomate picado, temperada com um pouco de suco de limão.

4. Ascensão

– Café da manhã: 1 copo (220 ml) de água com 1 limão espremido e 1 colher (sopa) de açúcar + ½ xícara (chá) de morangos + 1 copo (200 ml) de suco natural de melancia.

– Lanche da manhã: 1 tira de mozarela de búfala light com ½ maçã fatiada.

– Almoço:

  • Opção 1: 1 sanduíche de frango no pão 100% integral com alface a gosto, 2 rodelas de tomate, 1 fatia de queijo e 1 colher (chá) de mostarda;
  • Opção 2: 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura.

– Lanche da tarde: ½ xícara (chá) de queijo minas frescal cortado em cubinhos.

– Jantar:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de milk-shake feito com leite desnatado e 2 bolas de sorvete light;
  • Opção 2: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas;
  • Opção 3: 1 copo (200 ml) de shake de proteína (porção de até 200 kcal);
  • Opção 4: 1 tigela de sopa de grão-de-bico.

– Lanche da noite: 6 tiras de batata frita ou 1 prato (raso) de salada de folhas verdes.

– Ceia: 3 damascos

5. Limpeza

– Café da manhã:

  • Opção 1: 1 copo (220 ml) de água com 1 limão espremido e 2 colheres (sopa) de sementes de linhaça moídas + ½ xícara (chá) de morangos;
  • Opção2:  ½ xícara (chá) de mingau de aveia;
  • Opção 3: 1 omelete feito com 2 claras de ovo, folhas verdes e ervas de sua preferência.

– Lanche da manhã: 2 biscoitos de água e sal com 1 colher (sopa) de queijo cottage.

– Almoço: 1 xícara de chá de hibisco + 1 prato (raso) de salada de folhas verdes, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura + 1 filé pequeno de frango grelhado.

– Lanche da tarde: ½ xícara (chá) de purê de batata feito com leite e manteiga.

– Jantar:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de suco de cranberry sem adição de açúcar + 1 sanduíche no pão integral com alface a gosto, 2 rodelas de tomate, 1 fatia de queijo, 1 fatia de peito de peru e 1 colher (chá) de maionese;
  • Opção 2: 1 prato (raso) de salada de brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas, couve-galega, pimentão e berinjela.

– Lanche da noite: 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura + 1 tigela pequena de macarrão ao sugo ou 1 cheeseburger ou hambúrguer pequeno ou 1 tigela de sopa de legumes sem batata ou 1 pedaço (140 g) de peito de peru sem pele assado ou 1 filé (140 g) de frango sem pele grelhado ou 1 posta (140 g) de peixe assado.

– Ceia: 15 cerejas frescas.

6. Explosão

– Café da manhã: 1 taça de frutas picadas + ½ xícara (chá) de mingau de aveia ou 1 omelete feito com 2 claras de ovo, folhas verdes e ervas de sua preferência ou 1 tigela pequena de leite desnatado com 1 colher (sopa) de flocos de cereal sem açúcar ou 1 copo (200 g) semidesnatado ou desnatado ou 1 copo (200 ml) de suco natural de sua preferência.

– Lanche da manhã: 1 barra de cereal light.

– Almoço:

  • Opção 1: 1 copo (200 ml) de vitamina de frutas;
  • Opção 2: 1 copo (200 ml) de shake de proteína (200 kcal por porção);
  • Opção 3: 1 tigela de sopa de lentilha com batatas;
  • Opção 4: 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência.

– Lanche da tarde: 5 unidades de sushi vegetariano de arroz integral.

– Jantar: 1 prato (raso) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres (sopa) de molho sem gordura + 1 pedaço (150 g) de peito de peru assado sem pele ou 1 filé (150 g) de frango grelhado ou 1 posta (150 g) de peixe assado ou 1 fatia de queijo branco.

– Lanche da noite: 1 prato (fundo) de salada de folhas verdes de sua preferência, temperada com 3 colheres de azeite extravirgem.

– Ceia: 1 picolé de fruta.

Dicas

A seguir, algumas dicas que podem ser úteis durante a dieta Detone.

  • Lanchar de forma estratégica: lanches são uma excelente forma de perde peso por duas razões. Primeiro, sendo eles do tipo certo, ou seja, saudáveis, podem evitar exageros nas próximas refeições. Segundo, os lanches evitam que você sinta fome durante o dia.
  • Exercícios de alta intensidade: exercícios devem fazer parte de qualquer programa de perda de peso. Uma dica de exercício que ajuda a queimar um maior número de calorias é o que a pessoa exercita-se fortemente em curtos períodos de tempo. Esse tipo de exercício é capaz melhorar o metabolismo e aumentar o consumo de oxigênio, duas coisas que levam a uma maior queima calórica.
  • Metade dos nutrientes diários devem vir de produtos de origem vegetal. Plantas tendem a conter menos calorias e muitas fibras, que fazem com que a sensação de saciedade se prolongue, prevenindo, também, o consumo de alimentos calóricos nos períodos do dia em que o metabolismo está desacelerando.
  • Não consuma o mesmo número de calorias todos os dias. Desafie o seu corpo para continuar mudando os tipos de alimentos que consome. O objetivo é manter o corpo desacostumado com relação aos alimentos ingeridos.
  • Ocasionalmente, opte por um smoothie ou sopa que seja rica em frutas e/ou fibras. Você pode reduzir a quantidade de calorias que consome, mas continuar se alimentando com muitas vitaminas, minerais e outros poli nutrientes que necessita.
  • A água está liberada e o refrigerante zero também – desde que seguindo os padrões da dieta detone.
  • Coma a cada 3 ou 4 horas; nunca pule refeições ou consuma um número de calorias que exceda ao da dieta. A última refeição deve ser feita 90 minutos antes de dormir.
  • Meça seu peso toda a semana.
  • Os shakes e vitaminas do cardápio devem ter no máximo 300 calorias.
  • As sopas podem ser consumidas com dois biscoitos de água e sal.
  • Tome um copo de água antes das refeições e outro durante.
  • Ketchup, maionese e molho shoyo são permitidos na dieta detone, mas apenas 1 colher de chá em cada refeição.
Fontes e Referências Adicionais:

Você tem vontade de seguir a dieta Detone? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votos, média: 3,60 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

2 comentários em “A Dieta Detone – Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. Eu estou decida fazer essa dieta detone, só o que não entendi, por quanto tempo tenho que fazer casa estapa, qual o momento que mudo de um ciclo para o outro.