A Dieta dos 2 Dias – Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista da área:
atualizado em 10/06/2020

A dieta dos 2 dias, ao contrário de tantas dietas, funciona sem qualquer contagem de calorias, jejum ou o chamado “pular” refeições. A dieta se baseia em um programa que visa uma alimentação pobre ou nula em carboidratos por apenas dois dias por semana, sendo que o restante dos dias pode-se comer normalmente, mas sempre seguindo algumas diretrizes de alimentação saudável, para que os esforços desses dois dias não sejam perdidos.

  Continua Depois da Publicidade  

Os autores do livro “A dieta dos 2 dias”, Dr Michelle Harvie e Prof Tony Howell, alegam que esse pequeno período de tempo pode trazer mais resultados, como a perda de gordura e de centímetros ao redor da cintura, do que qualquer outra dieta que tenha o controle de calorias.

Além disso, os autores associam à dieta a redução de riscos de câncer, o controle da pressão sanguínea, efeitos anti-idade e a melhora da sensação de bem estar, humor e energia. A dieta tem baixos índices calóricos, mas não faz as pessoas passarem fome; é balanceada em vitaminas, minerais e proteínas; fácil de ser ajustada em qualquer estilo de vida e rotina.

Como funciona

Sendo assim, a dieta dos 2 dias funciona da seguinte maneira: por dois dias não consecutivos da semana, você deve limitar as calorias ingeridas no dia para 500 (600 para homens), sendo que nos restantes pode-se comer normalmente (ou seja, de forma saudável e nutritiva, sem extrapolar).

Nos dois dias da dieta, o corpo entra em um estado de “reparação”, sem sentir fome. Esse estado faz com que ele restaure as células danificadas, processo que gasta mais energia; já o estado de “fome” faz com que o corpo estoque gordura, o que não é benéfico.

Nos dois dias de restrição, a dieta volta-se para alimentos de baixa caloria, ricos em proteínas, pobres em carboidratos e há limitações com relação aos produtos de origem láctea. Nos 5 dias restantes, deve-se consumir moderadamente alimentos calóricos, controlar o consumo dos que são ricos em proteína e em carboidratos processados, dar preferência para alimentos com pouca gordura e limitar a ingestão de produtos lácteos.

Benefícios da dieta

Os principais pontos positivos da dieta dos 2 dias são que, por ser uma dieta a curto prazo, há mais motivação para segui-la até o final, diferente das dietas que duram semanas. Esse pequeno período de tempo ainda consegue dar um descanso para o sistema digestivo. Outros benefícios que ainda estão em estudo alegam que essa dieta pode reduzir os riscos de que se desenvolvam diabetes do tipo 2 e que a dieta também melhora o sistema cognitivo e ajuda a prevenir uma série de doenças mentais.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, o fato é que a dieta dos 2 dias é fácil de se seguir e enquadra-se em qualquer estilo de vida.

Os contras da dieta

O principal contraponto da dieta é que pode ocorrer, depois dos dois dias de restrições, comilanças e exageros que estragam os esforços dos dias anteriores. Além disso, podem ocorrer mudanças grandes de humor devido a esse contraste de poucos dias de dieta restrita e outros de liberdade na alimentação.

Alguns efeitos colaterais podem surgir com essa dieta, como por exemplo: dificuldade para dormir, má respiração, desidratação e ansiedade. Algumas pessoas ficam tontas, têm mal-estar ou até mesmo desmaiam. Alguns nutricionistas alertam que diabéticos não devem seguir esse tipo de dieta.

Como essa dieta é muito restrita, podem faltar alguns minerais essenciais e nutrientes que o corpo precisa.

Cardápio

Café da Manhã:

  • Opção 1: 2 unidades de biscoito cream cracker, 2 pontas de faca de requeijão, 1 xícara de chá de café com leite;
  • Opção 2: 1 fatia de pão light, 1 polenguinho light, 1 copo 200mL de leite desnatado com 1 col sopa de nescau light;
  • Opção 3: 2 torradas, 2 fatias de queijo-de-minas finas, 1 copo de iogurte desnatado com 0% de gordura;
  • Opção 4: 1 pão francês sem miolo, 1 fatia de queijo mussarela light, 1 xícara de café de cappuccino light.

Lanche da Manhã:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Opção 1: 1 maçã;
  • Opção 2: 1 banana;
  • Opção 3: 2 fatias de abacaxi;
  • Opção 4: 1 xícara de chá de mamão picadinho.

Almoço:

  • Opção 1: Salada de alface, tomate e cebola à vontade somente com 1 fio de azeite, 2 colher sopa de arroz, 2 colheres sopa de feijão-preto, 1 filé (60 g) de frango grelhado;
  • Opção 2: salada de cenoura e beterraba raladas, alface crespa e tomate em rodelas à vontade, 1 colher sopa de purê de batata, 2 colheres sopa de grão-de-bico, 1 filé (60 g) de peixe grelhado com molho de ervas finas,shoyu ou aspargos;
  • Opção 3: Salada de brócolis, agrião e tomate cereja à vontade, 1 colher sopa de farofa simples, 1 fatia de carne assada, 1 colher sopa de arroz com ervilha;
  • Opção 4: salada de rúcula, tomate seco, nirá e cogumelos à vontade, 1 colher sopa de purê de inhame, 1her col sopa de arroz com lentilha, 1 coxa de frango assada sem pele.

Café da Tarde:

  • Opção 1: 1 barra de cereal, 1 copo 200mL de chá verde gelado;
  • Opção 2: 1 pacote de Club Social integral, 1 xícara de chá-mate diet;
  • Opção 3: 5 unidades de biscoito maisena, 1 xícara de café com adoçante;
  • Opção 4: 1 barra de cereal, 1 copo 200mL de cappuccino light.

Jantar:

  • Opção 1: 1 envelope individual de creme de milho, 2 colheres sopa de carne moída, salada de alface e tomate à vontade;
  • Opção 2: 1 sopinha de envelope individual de queijo, 1 colher sopa de atum com salada de agrião e rúcula;
  • Opção 3: 1 sopinha de galinha,1 ovo cozido, salada verde à vontade;
  • Opção 4: 1 sopa individual de caldo de feijão com macarrãozinho, 2 almôndegas, salada verde à vontade.

Ceia:

  • Opção 1: 1 pote de gelatina diet natural com ½ copo de iogurte natural com mel;
  • Opção 2: 1 copo de iogurte 0% de gordura; Opção 3: 1 Yakult; Opção 4: 1 maçã com 1 fatia de queijo prato light.

Dicas

Caso você seja uma pessoa que sofre com dores de cabeça constantes, faça questão de beber cerca de 2 litros de água por dia e de comer todas as frutas, vegetais e proteínas do cardápio. As dores de cabeça podem ser associadas à falta de cafeína que a dieta exige.

  Continua Depois da Publicidade  

Algumas comidas devem ser evitadas durante a dieta dos 2 dias. Algumas delas são: carnes gordurosas, peixes ricos em mercúrio, óleo de coco, castanhas, leite integral, queijos gordurosos, leite de arroz ou de aveia, frutas com muito açúcar e sucos, legumes ricos em carboidratos, amido, doces, alimentos processados e álcool.

Você acredita que conseguiria passar pela dieta dos 2 dias tranquilamente? Conhece alguém que tenha a adotado e obtido bons resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (57 votos, média 3,72)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

6 comentários em “A Dieta dos 2 Dias – Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. Boa Tarde .
    Esta lendo sobre a dieta de 2 dias , gostei . Mais la não fala qual é a perca de peso estimavel ? Gostaria de saber .

    Responder
  2. Boa Tarde .
    Esta lendo sobre a dieta de 2 dias , gostei . Mais la não fala qual é a perca de peso estimavel ? Gostaria de saber .

    Responder